Ganhador.com

Tênis

Como apostar em tênis: aprenda a lucrar com os melhores palpites no US Open e demais torneios do circuito

Djokovic e Nadal
AP Images

Depois do futebol, outras modalidades muito populares preparam seu retorno em meio à pandemia do novo coronavírus. Uma delas é o tênis, que conta com algumas vantagens em relação aos demais esportes. Afinal, não há contato direto entre os atletas e, nos jogos de simples, cada competidor atua sozinho em sua metade da quadra. A previsão é de que alguns dos principais torneios da temporada sejam realizados, ainda que sem público.

 

Os fãs de tênis torcem principalmente pela confirmação do US Open, que pode marcar uma das últimas oportunidades de ver o histórico trio de craques formado por Novak Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer. Para variar, eles pintam como favoritos ao título nas casas de apostas como o Bodog. Com a contagem regressiva para a volta do circuito da ATP, o Ganhador apresenta as melhores palpites para quem quer começar a apostar.

 

Palpite: Novak Djokovic campeão, com odds de R$ 2,50 para 1 no Bodog

 

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

 

Apostas nos favoritos do circuito de tênis

A modalidade vive uma fase de transição: os três craques que marcaram época, junto com o sempre competitivo Andy Murray, estão nos capítulos finais de suas carreiras. Ou seja, o tênis viverá uma revolução nos próximos anos, com a saída de cena de Federer, Djokovic e Nadal. Não faltam bons candidatos para assumir o topo: nomes como Daniil Medvedev (russo, 24 anos), Dominic Thiem (austríaco, 26 anos) e Stefanos Tsitsipas (grego, 21 anos).

 

No momento, os veteranos ainda são os favoritos nos principais torneios – como dá para notar nas cotações para apostas do tipo “outrights”, de longo prazo, em quem vai faturar o título do US Open (confira abaixo). Mas fique de olho: é possível que as surpresas sejam mais frequentes a partir de agora, com a ascensão de novos e promissores tenistas. Você pode optar pelo menor risco e investir nos favoritos, ou buscar lucros maiores nas zebras.

 

Diferentes tipos de palpites em tênis

 

A forma mais fácil e simples de colocar suas fichas no circuito de tênis nos sites de apostas como o Bodog é fazer um palpite no vencedor de uma partida específica. Sem segredo: é só escolher seu favorito e indicar quem ganha o jogo. Essa é a opção mais indicada para o apostador iniciante. Quem já tem mais experiência no universo das apostas pode escolher palpites mais elaborados, como resultado exato. Nesse tipo de aposta, você escolhe qual será o placar em sets. Por exemplo: Djokovic vai derrotar Nadal por 3 sets a 2.

 

Outro tipo de palpite dos mais interessantes é total de sets (ou de games). Aqui, a casa de apostas fixa um número de sets ou games para um confronto e você indica se o número final ficará acima ou abaixo do que foi estimado. Jogos entre astros como Federer e Nadal costumam ir para o quinto set e têm muitos games, já que o duelo é muito parelho. Mas se Djokovic pega um azarão, por exemplo, é bem possível que ele ganhe por 3 sets a 0 – e que as parciais sejam baixas, como 6/0, 6/1 ou 6/2.

 

Por fim, existem as apostas com handicap, uma das melhores opções em duelos entre um grande favorito e um atleta pouco conhecido. Nesse tipo de palpite, você aposta que seu favorito vencerá por no mínimo uma certa diferença de games ou sets. Isso sem contar os já citados outrights, que são ótimos para quem gosta de avaliar um torneio de forma mais abrangente. Por exemplo: Djokovic é craque em quadras com piso rápido e já faturou oito vezes o Aberto da Austrália. Com isso, ele se credencia a ser o grande favorito do torneio.

 

E o US Open, quem leva?

 

Por falar nas competições do Grand Slam, a pandemia não deve impedir que o torneio que fecha a série de maior prestígio do circuito seja realizado. Como o US Open só começa no fim de agosto, os dirigentes acreditam que haverá tempo para preparar sua realização de forma segura, ainda que sem público. Com odds de R$ 2,50 para 1 no Bodog, Djokovic tem o favoritismo. Ele busca o tetracampeonato em Nova York. Nadal, atual campeão e dono de quatro títulos em Flushing Meadows, vem em seguida, com o pentacampeão Federer – que faturou seus cinco títulos de US Open em sequência, entre 2004 e 2008 – logo atrás.

 

Cotações dos principais candidatos ao título do US Open

 

Novak Djokovic – R$ 2,50 para 1 no Bodog
Rafael Nadal – R$ 4,00
Roger Federer – R$ 7,00
Daniil Medvedev – R$ 10,00
Dominic Thiem – R$ 13,00
Andy Murray – R$ 15,00
Stefanos Tsitsipas – R$ 15,00
Alexander Zverev – R$ 17,00
Juan Martin Del Potro – R$ 26,00
Nick Kyrgios – R$ 26,00

 

Confira também os guias do Ganhador sobre apostas em futebol e no basquete da NBA.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar