Brasileirão Série B

Jogo do acesso? A um ponto da elite, Internacional enfrenta Oeste em meio à crise na Série B

Inter Série B
Foto: Ricardo Duarte/SCI

Apesar da proximidade da Série A, Colorado “ganhou” mais um problema na temporada; empate em casa contra o Vila Nova rendeu a demissão de Guto Ferreira

Acumulando quatro jogos sem vitória, o Internacional entra em campo nesta terça-feira (14 de novembro), em Barueri, para cravar o acesso à Série A e diminuir a tensão que se instala no Beira-Rio. Depois de mais um frustrante empate no fim de semana com o Vila Nova, que adiou o retorno do clube à elite do futebol brasileiro e culminou na perda da liderança para o América-MG, o Colorado viu seu técnico Guto Ferreira ser demitido e ainda iniciar-se uma onda de protestos após o apito final. Longe de casa, os gaúchos têm a oportunidade de garantir a vaga contra o Oeste, quinto colocado e ainda vivo por uma posição no G-4 da competição. Confira o prognóstico da partida válida pela 36ª rodada.

 

Falta de identidade

O ano tinha tudo para ser de reconstrução ao Internacional. Depois de amargar o seu pior momento da história, caindo para a Série B, o clube apostou em Antonio Carlos Zago reencontrar sua identidade em 2017. Mas durou apenas cinco meses, ou melhor, 30 partidas e quase 58% de aproveitamento. Guto Ferreira, considerado um dos técnicos mais experientes quando o assunto é segunda divisão, foi chamado e, apesar da inconstância da equipe, levou o time à liderança do Brasileirão.

Porém, quando chegou a “hora da verdade”, o time não engrenou. Os últimos três jogos do Colorado no Beira-Rio (uma derrota e dois empates) foram fundamentais para a queda do treinador. Além disso, o clube tinha há três rodadas a oportunidade de garantir vaga antecipada, o que, obviamente, não ocorreu. Foram três empates na sequência, contra CRB (0x0) e Vila Nova (1×1), em casa, e Luverdense (2×2), em Goiás. Depois de mais um tropeço em Porto Alegre, o treinador não resistiu. Foram 33 partidas do ex-treinador a frente do clube gaúcho, sendo 17 vitórias e um aproveitamento de 60%.

A demissão de Guto Ferreira aumenta a lista de técnicos que não deram certo nos últimos dois anos no Colorado. Ele é o sétimo treinador a cair no Inter no período. Antes dele, passaram pela equipe Diego Aguirre, Argel, Paulo Roberto Falcão, Celso Roth, Lisca e Antonio Carlos Zago.

 

As contas

Próximo do retorno à Série A, o Internacional repetirá o término de 2016: atuando com um técnico interino. Depois de Lisca nas rodadas finais do clube na primeira divisão, a “bomba” agora está nas mãos de Odair Hellmann, então auxiliar-técnico e que terá a missão de conquistar o acesso nos três jogos restantes da temporada. Basta apenas um ponto, seja contra o Oeste, em Barueri; Goiás, no Serra Dourada; ou então o Guarani, no Beira-Rio, para o vice-líder – 64 pontos – da competição assegurar o acesso.

 

Desfalque de peso

A primeira batalha de Odair a frente do clube é encontrar um substituto para D’Alessandro. O capitão colorado recebeu o terceiro cartão amarelo contra os goianos e é peça importante fora do baralho para o confronto em São Paulo. A meia Camilo, que ainda não mostrou o seu bom futebol dos tempos de Botafogo, deve ganhar uma chance. Outro que pode estar na formação inicial é o atacante Carlos, que apesar de ter dado um susto no treino de domingo, não será problema. É pode pintar na vaga de Leandro Damião, que não está 100% fisicamente.

 

Perigo à vista

Muito se fala do retorno do Inter à Série A, mas é bom muito cuidado com o jogo de logo mais. O Oeste, em quinto, está dois pontos atrás do Paraná, o quarto colocado, e pode ser o novo vilão colorado. O rubro-negro paulista está seis jogos sem perder no campeonato. Tudo bem que foram quatro empates no período, mas uma das duas vitórias valeu o “dobro”, contra o Paraná, derrubando a sequência tricolor de nova vitórias consecutivas em Curitiba.

Se vencer os gaúchos, a equipe comandada por Roberto Cavalo continua com tudo na briga pelo G-4, já que o Paraná deve passar pelo já rebaixado Santa Cruz. O Ceará, em terceiro com 60 pontos, pode garantir a vaga contra o Paysandu, no Castelão.

 

Palpite

O drama colorado tem tudo para durar mais uma rodada. Vindo de um jogo duro contra o Juventude, na Serra Gaúcha, o Oeste está com a confiança lá em cima e pode aprontar para cima dos gaúchos. Uma vitória rubro-negra não será surpresa…

 

Jogos da 36ª rodada do Brasileirão da Série B 2017

Terça-feira, 14 de novembro

  • 19:15 – Criciúma x Náutico – Palpite: Criciúma
  • 19:15 – Londrina x Guarani – Palpite: Londrina
  • 20:30 – Brasil de Pelotas x ABC – Palpite: Brasil de Pelotas
  • 20:30 – Vila Nova x Figueirense – Palpite: Vila Nova
  • 20:30 – Oeste x Internacional – Palpite: Oeste
  • 21:30 – Ceará x Paysandu – Palpite: Ceará
  • 21:30 – Santa Cruz x Paraná – Palpite: Santa Cruz
  • 21:30 – América-MG x Juventude – Palpite: América-MG
  • 21:30 – Luverdense x Boa Esporte – Palpite: Luverdense
  • 21:30 – CRB x Goiás – Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar