Ganhador.com

Brasileirão Série A

Jogando menos do que podem no returno do Brasileirão, Corinthians e Grêmio se enfrentam pela 29ª rodada

Em jogo de 6 pontos, o Grêmio tentará superar a má-fase batendo o Corinthians no Itaquerão

Foto: Agência Corinthians

Após disputarem no primeiro turno do Campeonato Brasileiro a partida que foi chamada de “final antecipada”, Corinthians e Grêmio perderam muito rendimento no returno e fazem nesta quarta-feira no Itaquerão, a partir das 21:45, o jogo que pode definir o rumo dos times na reta final da competição e, talvez, determinar o fim de minha estadia no sofá depois que provoquei a ira de minha esposa gremista aqui, aqui, aqui e aqui.

 

O líder já não tem mistérios

Ganhando ou não o título Brasileiro de 2017, o Corinthians de Fábio Carille já entrou para a história do campeonato como dono da melhor campanha do primeiro turno na era dos pontos corridos. E com méritos. Mas depois de brilhar nas 19 primeiras rodadas – muito em função de seu sólido sistema defensivo – o alvingero vem acumulando tropeços no returno e, não fossem os resultados igualmente ruins de seus concorrentes diretos e a “gordura” acumulada nos “tempos de fartura”, já teria perdido a liderança há algum tempo.

A queda se justifica também pela perda de rendimento de alguns atletas que são a base do “estilo Corinthians” de jogar. Jadson, por exemplo, depois que precisou se afastar por 30 dias em função de uma fratura sofrida no jogo diante do Avaí, em 19 de julho, não conseguiu repetir as boas atuações que vinha tendo até então – e começou a perder espaço para Marquinhos Gabriel. Rodriguinho é outro que não tem sido tão decisivo no returno como foi nas 19 primeiras partidas. Romero que, embora limitado tecnicamente, cumpria uma função tática importante, também caiu de produção e levou consigo Guilherme Arana que estava voando na lateral-esquerda.

O banco de reservas corintiano não é dos mais animadores. Tirando Clayson e Marquinhos Gabriel – que “pedem passagem” há algum tempo – o restante do elenco não corresponde às expectativas (Pedrinho e Carlinhos ainda são promessas com muito potencial). Com uma maneira de jogar muito bem definida e já “interpretada” pelos adversários, o Corinthians é incapaz de mudar um jogo trocando seus jogadores. Prova disso foi a derrota do último domingo para o Bahia por 2 a 0. O time de Paulo Cézar Carpegiani fez aquilo que outras equipes já haviam feito com sucesso: deixou a bola com o Timão e matou o jogo no erro do adversário.

 

Cadê o melhor futebol do Brasileirão?

Mesmo mantendo o título de melhor ataque do Campeonato Brasileiro com 42 gols e tendo a terceira melhor defesa com apenas 23 gols sofridos, o Grêmio não faz um bom segundo turno. Concentrando toda a sua energia na Copa Libertadores, o tricolor gaúcho – desfalcado – vem fazendo apresentações abaixo de seu pontencial, mesmo quando não tem que se dividir entre as duas competições. Prova disso foi o jogo contra o Coritiba no último domingo. Com um futebol pobre e muito, muito ruim, o time de Renato Gaúcho arrancou a vitória por 1 a 0 nos acréscimos com o chute de Ramiro sem chances de defesa para Wilson. Valeram os 3 pontos, é claro, mas novamente o Grêmio não foi bem e começa a levantar dúvidas sobre sua capacidade de seguir adiante na Libertadores – e, se jogar como na última rodada, a resposta é “não avança”.

A boa notícia é que para o duelo de amanhã Renato Gaúcho poderá contar com todos os seus titulares, em especial Luan, único no elenco tricolor capaz de desequilibrar o jogo com um lance individual. Lucas Barrios, que viu seu futebol diminuir na ausência do companheiro, agradece.

 

Desempenho recente

Tanto Corinthians quanto o Grêmio não mostram o mesmo futebol do primeiro turno. Os números não deixam mentir: dos últimos 15 pontos disputados, o alvinegro conseguiu 8. Seu aproveitamento que chegou a ser superior a 80% agora está em 69% – ainda bom, mas longe de assustar os adversários mais próximos na briga pelo título.

No caso do Grêmio, os números são ainda piores: 6 pontos conquistados em 15 possíveis. A média de aproveitamento do tricolor é, neste momento, de 58% – assim como a do Corinthians, boa, mas nada que assuste.

 

Nosso palpite

Depois de cumprir suspensão em função dos gestos obscenos que fez para a torcida do São Paulo no empate entre os dois times válido pela 25ª rodada, o volante Gabriel estará de volta ao Corinthians. A comissão técnica acredita que, desta forma, a defesa do Timão ficará menos exposta – Camacho, que vinha substituindo o volante não tem a mesma característica de marcação. Além disso, o staff do clube trabalha contra o tempo para colocar Pablo em condições de jogo até quarta. Se conseguirem, o Timão irá para o duelo sem desfalques – ou seja: com Jadson e Romero em má-fase como titulares.

Como também deve ir o Grêmio, que não pensa em poupar ninguém e sabe que esta é a sua melhor chance de tirar 6 pontos de diferença do líder em duas rodadas – os 3 que conseguiu na vitória contra o Coritiba e os 3 de um eventual triunfo sobre o Timão.

Mas, infelizmente para minha esposa gremista e gaúcha, não acredito que o Grêmio saia vitorioso do Itaquerão. O que não quer dizer que o Corinthians vencerá. Longe disso. O momento dos dois times é igualmente ruim. Cássio na área do Bahia para tentar um cabeceio que garantiria o empate na Fonte Nova é o retrato do momento corintiano, assim como a dificuldade em derrubar o Coritiba é o do Grêmio. Com tantas dificuldades nos dois lados, o empate é o resultado mais provável.

O Santos – que perdeu uma grande oportunindade de se aproximar do líder ao empatar ontem com o Vitória –, agradece, é claro (e eu também já que este pode ser o meu passaporte para fora do sofá).

 

Jogos da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro

Quarta-feira, 18 de outubro

  • 19:30 – Coritiba x Cruzeiro – palpite: Cruzeiro
  • 19:30 – Atlético-GO x Vasco – palpite: Atlético-GO
  • 21:00 – Atlético-MG x Chapecoense – palpite: Atlético-MG
  • 21:45 – Fluminense x São Paulo – palpite: empate
  • 21:45 – Corinthians x Grêmio – palpite: empate
  • 21:45 – Avaí x Botafogo – palpite: Botafogo

Quinta-feira, 19 de outubro

  • 20:00 – Palmeiras x Ponte Preta – palpite: Ponte Preta
  • 20:00 – Vitória x Atlético-PR – palpite: empate
  • 21:00 – Flamengo x Bahia – palpite: Bahia
  • 21:00 – Sport x Santos – palpite: Santos

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar