Mineiro

Fórmula do Campeonato Mineiro de 2018 irrita os grandes América, Atlético e Cruzeiro

Novo regulamento Campeonato Mineiro
Foto: FMF

Em maioria, clubes pequenos votaram por novo regulamento.

Um dos certames estaduais de formato mais simples e justo do país ganha novo regulamento a pedido das associações do interior. Os grandes da capital, América, Atlético e Cruzeiro, foram voto vencido. Nova mudança só pode ser votada em 2019 e válida a partir de 2020. Entenda:

 

Em busca de datas e receitas

Desde 2011, o Campeonato Mineiro é disputado por doze clubes que se enfrentam em turno único na primeira fase. Os dois últimos são rebaixados e os quatro primeiros jogam as semifinais em ida e volta. A final também tem 180 minutos.

A mudança para 2018 e 2019 determina que os oito melhores se classifiquem para o mata-mata e as quartas de final se realizem em um único round. Por que isso agrada aos pequenos? Os classificados ganham mais uma data no calendário oficial, uma nova receita e mais exposição na mídia.

E por que incomoda os grandes? É mais uma data no calendário que já está superlotado por causa da Copa do Mundo, Taça Libertadores, Copa Sul-Americana, Brasileirão, Copa do Brasil e Primeira Liga. Quanto mais partidas desnecessárias, maior o desgaste dos atletas e maior o prejuízo financeiro.

A grande responsável por isso é a estrutura de competições da Confederação Brasileira de Futebol, que exclui a maior parte dos times de futebol de seu calendário nacional. Assim, quando o Campeonato Brasileiro começa, os participantes das Série A e B têm 38 encontros agendados, o que garante atividade até o fim do ano a América, Atlético, Boa e Cruzeiro. Quem está na Série C tem apenas 18 datas certas na primeira fase e a Série D garante apenas seis. Sem criar a quinta, sexta, sétima divisões, muitas instituições fecham as portas em maio e só as reabrem em janeiro, pois não há compromissos. É claro que os jogadores acabam dispensados e desempregados. Além dos já mencionados, apenas o Tupi, na terceirona, e Caldense, Uberlândia e URT têm vagas na quartona nacional de 2018.

Participam do Mineiro de 2018: Atlético, atual campeão, América, Cruzeiro, URT, Caldense, Uberlândia, Tombense, Tupi, Villa Nova, Democrata, de Governador Valadares, Patrocinense, campeão da segunda divisão, e Boa, vice-campeão da série B.

A primeira rodada está marcada para 17 de janeiro e a grande final para 08 de abril.

 

Cruzeiro na fila

Atual campeão, o Atlético é o maior laureado da história de Minas Gerais, com 44 troféus. O Cruzeiro está na fila desde 2014 e já comemorou o Estadual 36 vezes. A última das 16 conquistas do América foi em 2016. Já o Ipatinga foi o último concorrente de fora de BH a festejar, em 2005.

 

Doze clubes no Módulo II

Algumas agremiações tradicionais desfilam pela segunda divisão de Minas Gerais. Entre elas estão o Nacional, de Muriaé, o Guarani, de Divinópolis, o Uberaba, e o Democrata de Sete Lagoas, atual vice-campeão da terceirona. Eles se juntam a Betinense, de Betim, Tupynambás, de Juiz de Fora, Social, de Coronel Fabriciano, Mamoré, de Patos de Minas, e ao Clube Atlético Portal, de Uberlândia. Além do Jacaré, chega a este nível, o Ipatinga, campeão do andar de baixo, e América, de Teófilo Otoni, e Tricordiano, que perderam seus espaços na elite este ano.

 

Filial do Galo na segunda divisão

A série C mineira se chama Segunda Divisão. Vá entender! Quem participou dela em 2017 ou caiu do Módulo II tem direito a concorrer novamente no torneio. Quem ficou de fora pode se refiliar à federação. O filho mais ilustre do subsolo de Minas Gerais é o “Galinho”, ou Atlético “B”, que testa seus jovens encarando quadros profissionais. Coimbra, Poços de Caldas, União Luziense, Ponte Nova, Inter de Minas, Betis e os que desceram da segundona, Araxá e Formiga, completam a lista.

 

Os campeões

Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:

  • 1915 – Atlético

Campeonato Mineiro:

  • 1916 – América

Campeonato Mineiro da Série A:

  • 1917 – América

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1918 – América
  • 1919 – América
  • 1920 – América
  • 1921 – América

Campeonato Mineiro da Série A:

  • 1922 – América

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1923 – América
  • 1924 – América

Campeonato Mineiro da Série A:

  • 1925 – América

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1926 – Atlético
  • 1927 – Atlético

Campeonato Mineiro da Série A:

  • 1928 – Palestra Itália
  • 1929 – Palestra Itália

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1930 – Palestra Itália
  • 1931 – Atlético

Campeonato Municipal de Belo Horizonte – Série A:

  • 1932 – Atlético / Villa Nova

Campeonato Mineiro:

  • 1933 – Villa Nova
  • 1934 – Villa Nova
  • 1935 – Villa Nova
  • 1936 – Atlético

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1937 – Siderúrgica

Campeonato Mineiro:

  • 1938 – Atlético
  • 1939 – Atlético
  • 1940 – Palestra Itália
  • 1941 – Atlético

Campeonato Municipal de Belo Horizonte:

  • 1942 – Atlético
  • 1943 – Cruzeiro
  • 1944 – Cruzeiro
  • 1945 – Cruzeiro
  • 1946 – Atlético
  • 1947 – Atlético
  • 1948 – América
  • 1949 – Atlético
  • 1950 – Atlético
  • 1951 – Villa Nova
  • 1952 – Atlético
  • 1953 – Atlético

Campeonato Mineiro:

  • 1954 – C Atlético M

Campeonato da Cidade de Belo Horizonte:

  • 1955 – C Atlético M

Campeonato Municipal de Belo Horizonte:

  • 1956 – Atlético / Cruzeiro
  • 1957 – América

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1958 – Atlético
  • 1959 – Cruzeiro
  • 1960 – Cruzeiro
  • 1961 – Cruzeiro

Campeonato Mineiro da Divisão Extra:

  • 1962 – Atlético
  • 1963 – Atlético
  • 1964 – Siderúrgica
  • 1965 – Cruzeiro
  • 1966 – Cruzeiro
  • 1967 – Cruzeiro
  • 1968 – Cruzeiro
  • 1969 – Cruzeiro

Campeonato Mineiro:

  • 1970 – Atlético

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1971 – América

Campeonato Mineiro:

  • 1972 – Cruzeiro

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1973 – Cruzeiro
  • 1974 – Cruzeiro
  • 1975 – Cruzeiro
  • 1976 – Atlético

Campeonato Mineiro:

  • 1977 – Cruzeiro

Campeonato Mineiro da Divisão Extra:

  • 1978 – Atlético

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1979 – Atlético
  • 1980 – Atlético

Campeonato Mineiro da Primeira Divisão:

  • 1981 – Atlético
  • 1982 – Atlético
  • 1983 – Atlético
  • 1984 – Cruzeiro
  • 1985 – Atlético
  • 1986 – Atlético
  • 1987 – Cruzeiro
  • 1988 – Atlético
  • 1989 – Atlético
  • 1990 – Cruzeiro
  • 1991 – Atlético
  • 1992 – Cruzeiro
  • 1993 – América
  • 1994 – Cruzeiro
  • 1995 – Atlético
  • 1996 – Cruzeiro

Campeonato Mineiro do Módulo I:

  • 1997 – Cruzeiro
  • 1998 – Cruzeiro
  • 1999 – Atlético
  • 2000 – Atlético
  • 2001 – América
  • 2002 – Caldense
  • 2003 – Cruzeiro
  • 2004 – Cruzeiro
  • 2005 – Ipatinga
  • 2006 – Cruzeiro
  • 2007 – Atlético
  • 2008 – Cruzeiro
  • 2009 – Cruzeiro
  • 2010 – Atlético
  • 2011 – Cruzeiro
  • 2012 – Atlético
  • 2013 – Atlético
  • 2014 – Cruzeiro
  • 2015 – Atlético
  • 2016 – América
  • 2017 – Atlético

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar