Ganhador.com

Carioca

Domingo é dia de Fla-Flu na final da Taça Guanabara! Veja o prognóstico

Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

Decisão do primeiro turno do Carioca é marcada por polêmicas com respeito à torcida única; em campo, rubros-negros demonstram mais consistência e têm ligeira vantagem técnica.

Como havíamos previsto, deu Flamengo e Fluminense na final da Taça Guanabara. Porém, durante a semana que antecede o clássico — marcado para o próximo domingo (05), às 16h, no estádio Nilton Santos — mais se falou em termos jurídicos do que táticas e venda de ingressos para a decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca. Depois de sorteio, o Tricolor das Laranjeiras ficou com o mando de campo e, consequentemente, o direito de disputar o confronto com a presença exclusiva de sua torcida.

Aliás, a questão do público move, até agora, a diretoria dos dois clubes. Como a ação do Ministério Público do Rio de Janeiro (que exige a realização dos clássicos cariocas no Estado, com torcida única), foi acatada pela Justiça, os dirigentes, apoiados pela FERJ (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) tentam todas as medidas cabíveis para reverter a decisão ou mesmo conseguir um recurso.

O juiz Guilherme Schilling manteve integralmente a proibição de jogos entre clubes grandes com torcida mista no Rio de Janeiro, em audiência realizada ontem (02) à tarde, depois que o MP se manifestou. Com isso, a dupla Fla-Flu tentará uma última cartada: a aprovação de uma ação conjunta para derrubar a liminar.

O plano B seria o adiamento da final, já que o próprio Ministério Público, na próxima segunda-feira (06), um dia após a decisão, irá propor uma espécie de multa em caso de morte ou lesão grave de torcedores em clássicos – o suficiente para que a ação seja retirada, desde que os clubes aceitem os termos. Até mesmo a realização da partida com portões fechados já foi especulada.

 

FLA-FLU NO CAMPO

Era inevitável abordar todas as dificuldades e incertezas que envolvem o clássico de domingo entre Flamengo e Fluminense, um dos mais charmosos do Brasil, eternizado por meio da genialidade profética do tricolor Nelson Rodrigues – o maior dramaturgo brasileiro de todos os tempos. Nelson também se notabilizou como grande cronista esportivo. Aliás, o tamanho do derby é definido por uma frase cunhada pelo nosso bardo. Abre aspas:

“O Fla-Flu começou 40 minutos antes do nada.”

Mas se todo o imbróglio judicial for resolvido, como todos querem, o que esperar de mais uma decisão entre tricolores e rubros-negros? Aliás, ponto para o Ganhador, que previu a realização do Fla-Flu na final. E sobre a campanha na fase de grupos, ambos terminaram na primeira colocação, em seus respectivos grupos, com 100% de aproveitamento. Até aí, equilíbrio total.

Na semifinal, porém, o Flu surpreendeu negativamente a todos, quando quase foi eliminado pelo Madureira – o jogo terminou em 0 a 0. A equipe de Abel Braga só passou para a finalíssima porque o regulamento previa que o líder de cada chave teria a vantagem do empate. Já o Flamengo não quis saber de se garantir no benefício do placar igual e venceu o Vasco, por 1 a 0, em Volta Redonda.

Os rubros-negros realizam ótima participação não só no Carioca, como também na Primeira Liga – o time já garantiu classificação para as quartas de final. O meia Diego e o atacante Paolo Guerrero, astros da companhia, começaram a temporada com tudo e são os principais responsáveis pelas exibições consistentes da equipe comandada pelo técnico Zé Ricardo.

Com relação ao Flu, 2017 mal começou, e o Tricolor já está envolvido em três competições: Estadual, Primeira Liga (disputa vaga nas quartas de final em confronto direto contra o Brasil de Pelotas) e Copa do Brasil, na qual se garantiu na Terceira Fase, após bater o Sinop, por 3 a 1, fora de casa.

Enquanto o Fla acena com a possibilidade de entrar em campo (caso realmente tenhamos a decisão), com força máxima, o Fluminense corre contra o tempo para recuperar seu principal jogador. Após sair contundido do duelo contra o Madureira, no último sábado (25), Gustavo Scarpa passou a ser dúvida para a decisão. Mas o habilidoso meia tem mostrado boa evolução no tratamento, com o desinchaço do tornozelo, e já anima a comissão técnica com a real possibilidade de ser escalado.

 

RETROSPECTO RECENTE DA DUPLA FLA-FLU

No âmbito do Campeonato Carioca, os tricolores venceram apenas um dos últimos dez clássicos contra o Flamengo, que ganhou seis vezes, no período, e empatou os outros três duelos.  Números que dão ainda mais confiança à equipe da Gávea.

Mas na final da Taça Guanabara, disputada em jogo único, os dois clubes não terão qualquer vantagem nos 90 minutos. O campeão será definido nos pênaltis em caso de empate no tempo normal.

Odds: Fluminense (2.99), Flamengo (2.50), empate (3.46).

Palpite: é um clássico que envolve muita magia, nostalgia e alguma dose de superstição. O Flu tem boas lembranças, como o gol de barriga de Renato Gaúcho (na final do Estadual de 1995) e a soberania da dupla Washington-Assis sobre os rubros-negros na década de 1980. Mas, atualmente, o Flamengo mostra-se uma fortaleza, com um grupo muito coeso e em enorme sintonia. É duro para qualquer time do país derrotar o Fla. E, no domingo, teremos título da Taça Guanabara nas cores vermelho e preto, com um gol de diferença.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar