Ganhador.com

e-Sports

Começou a fase de grupos, e os coreanos da SK Telecom T1 são favoritos para vencer o MSI 2017

SK Telecom T1 no MSI Brasil
Foto: Flickr Oficial da Riot Games / Divulgação

Depois de um Play-in daqueles que fazem a gente pular da cadeira, as melhores equipes de League of Legends de cada região do mundo começam hoje a disputar a fase de grupos do Mid-Season Invitational. Apesar da eliminação da Red Canids — representante do Brasil na competição —, a torcida brasileira continua indo à loucura com o torneio! Grandes ídolos do e-Sport disputarão essa fase principal, no Rio de Janeiro. E os holofotes estão virados para a equipe coreana, SK Telecom T1, grande favorita para se sagrar campeã.

Confira abaixo quais são os times que participam da fase de grupos! Você confere o calendário completo e assiste ao Mid-Season Invitational aqui.

 

SK Telecom T1 (Coreia do Sul)

Vinda da região mais competitiva em League of Legends do mundo, a SKT é atual Bicampeã Mundial. Além disso, venceu o último Mid-Season Invitational e ficou em segundo lugar no anterior. Não à toa, três de seus jogadores estão listados no top 20 de melhores do mundo: o jungler Peanut, o bot laner Bang e o mid laner e queridinho da torcida Faker.

A SK Telecom T1 se classificou para o MSI ao se tornar campeã do LCK Spring. Sua campanha invicta contou com sete vitórias e dois empates na fase de grupos, disputada em melhor de 3. Na final, encarou a KT Rolster, no clássico Telecom War. Porém, o que era para ser uma disputa acirrada acabou resultando em um massacre por 3 a 0.

Agora, a SKT chega com tudo para o Mid-Season Invitational que está acontecendo no Brasil. Nas demais equipes, os jogadores comemoram a chance de poder jogar contra a campeã da Coreia do Sul.

 

Flash Wolves (Taiwan)

Se tem uma equipe que pode bater de frente com a SKT, é a Flash Wolves. Não se engane pelo fato da equipe taiwanesa ter disputado o segundo round do Play-in, isso não faz dela menos competitiva. Pelo contrário, a FW já chegou chutando a porta! Atropelou a SuperMassive em três jogos de menos de 29 minutos e mostrou que não está para brincadeira.

Mas o que realmente coloca lenha na fogueira é o medo que a Flash Wolves coloca na SK Teletom T1. A equipe taiwanesa ficou conhecida como kriptonita coreana, por ter sido a única a derrotar a SKT durante a fase de grupos do Worlds Championship 2016. Antes disso, também tirou pontos dos coreanos no Mid-Season Invitational do mesmo ano. Faker que se cuide!

O destaque dos taiwaneses vai para Karsa — top 20 melhor jogador de LoL do mundo —, mas Maple e SwordArt também já fizeram bonito na estreia na competição.

 

Team WE (China)

Último time a ser confirmado na competição, os chineses são a maior dúvida para o MSI. Apesar de ser uma equipe tradicional, lançada em 2011, a World Elite ainda não havia participado de um Mid-Season Invitational. Sua única participação no Mundial de LoL foi na segunda edição, em 2012, ocasião em que não avançou para os playoffs.

No entanto, este ano a Team WE demonstrou grande evolução. Com 8 vitórias e apenas 3 derrotas, terminou o Grupo B do torneio nacional em primeiro lugar. Na grande final, atropelou a Royal Never Give Up, representante da China no Mundial passado.

Apesar de não possuir nenhum jogador de peso, a força da Team WE reside na sinergia do grupo. Com exceção do suporte Ben, todos os jogadores do time atual estão lá desde 2015, e a continuidade do trabalho vem mostrando resultados.

 

G2 Esports (Europa)

A G2 conta com cyber atletas de diversos países: Expect e Trick da Coreia do Sul, PerkZ da Croácia, Zven da Dinamarca e Mithy da Espanha. A formação já alcançou grandes conquistas no ano passado, tendo se sagrado campeã nas duas edições anuais do LCS EU. Isso sem contar no Spring agora de 2017, que lhes rendeu a participação no Mid-Season Invitational. A vitória veio após se manter com a melhor campanha ao longo de todo o torneio europeu, sendo coroado com um 3 a 1 emocionante na final contra a Unicors of Love.

A dupla Zven e Mithy forma um dos bot lanes mais poderosos do mundo, e se encontram com Trick na lista de melhores jogadores de League of Legends, segundo o LoL eSports.

 

Team SoloMid (América do Norte)

Depois de tomar um sacode da Gigabyte Marines no segundo round do Play-in, é melhor a TSM se cuidar! Derrotada nas duas primeiras partidas do MD5, por pouco não ficou para a repescagem. Precisou buscar uma virada contra a equipe vietnamita, deixando a decisão para o quinto jogo. Se a TSM pensou que iria com tranquilidade para o Rio de Janeiro após uma passagem rápida e indolor por São Paulo, pensou errado. Eles sabem disso, e devem avançar com cautela.

Mais um time multi-cultural, a TSM conta com Hauntzer (americano), Svenskeren e Bjergsen (dinamarqueses), WildTurtle (canadense) e Biofrost (China). Antes de botar pra quebrar na virada contra a Marines, Hauntzer já tinha se sobressaído na LCS. Sagrou-se o melhor jogador na posicão de top laner, sendo listado no dream team da competição, ao lado do companheiro Bjergsen, que também é o nº 8 do mundo.

Apesar de contar com o apoio de grande parte torcida brasileira, a Team SoloMid não é uma das favoritas para avançar de fase. Vai precisar se superar se quiser vencer. Suas maiores adversárias no campeonato serão a Team WE e a rival histórica G2 Esports, e os jogos contra estas duas equipes serão especialmente importantes.

 

Gigabyte Marines (Vietnã)

No início do Play-in, a Marines era considerada a segunda equipe com maior potencial para vencer no Grupo B. Porém, apenas a líder avançaria na competição. Dito e feito. Com seu jogo completamente agressivo, a Gigabyte Marines surpreendeu a favorita Lyon Gaming, passou pelo Grupo B sem maiores problemas (perdendo apenas a última, quando já estava classificada), deu um banho de água fria na Team SoloMid e atropelou a SuperMassive. Sua classificação para a fase de grupos é mais do que merecida, e traz uma boa notícia para a região do Sudeste Asiático: uma vaga extra no Mundial de 2017.

Apesar da excelente campanha até agora, é de longe a azarona do campeonato. Suas chances de se tornar campeã está calculada em menos de 1%. Apesar disso, a torcida é grande. Espera-se que ela surpreenda em pelos menos dois jogos da fase de grupos. As vítimas poderão ser a Team SoloMid, a G2 Esports, ou até a Team WE. Será que vai dar pé? Uma coisa já sabemos: a Gigabyte Marines veio para provar o seu valor. E os caras são bons no Md1.

 

Onde assistir

Você confere o calendário completo e assiste ao Mid-Season Invitational aqui.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Todos de olho na SK Telecom T1: Está chegando a final do MSI 2017! | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar