Copa Libertadores

Botafogo joga amanhã, contra o Estudiantes, buscando a liderança do Grupo 1 da Libertadores

Já classificado para a segunda fase da competição, o Alvinegro agora busca o primeiro lugar no grupo para decidir o mata-mata em casa.

Foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo

O Botafogo já está classificado para as oitavas de final da Copa Libertadores da América e amanhã enfrenta o Estudiantes, em Quilmes, na Argentina, pela última rodada do Grupo 1. Os donos da casa jogam por um empate para poderem disputar a Copa Sul-Americana. Já os visitantes, buscam a vitória e o primeiro lugar na chave – que lhes permitirá decidir o primeiro mata-mata em casa. “Buscam” pero no mucho.

Este jogo marca uma espécie de “recesso” do Fogão na Libertadores. A equipe ficará aproximadamente um mês sem jogar pela competição e poderá se concentrar no Campeonato Brasileiro – onde recuperou-se da derrota na estréia, batendo a Ponte Preta por 2 a 0 no último domingo – e na Copa do Brasil. Desde a classificação para a fase de mata-mata, o técnico Jair Ventura vem dando sinais de que, para o planejamento dele, o primeiro lugar no grupo não é assim tão importante e que, neste momento, a prioridade é acumular pontos no Brasileirão. Mesmo que entre com força máxima no jogo, é possível que a equipe, inconscientemente, não vá com a mesma concentração de sempre – grande diferencial do time em relação aos rivais com elencos superiores.

Com o desfalque certo do atacante Pimpão (suspenso) e o afastamento de Sassá (o substituto natural), é muito possível que Ventura escale o argentino Montillo para o duelo. Contratação mais cara do Botafogo para a temporada, o meia estava fazendo um trabalho específico de recondicionamento físico para recuperar a melhor forma. Havia a expectativa de que ele retornasse no final de semana, durante a partida contra a Ponte Preta, mas nem no banco de reservas ficou – o que pode ser interpretado como mais um indício de que ele será o substituto de Pimpão em Quilmes.

Retrospecto do Botafogo: No Campeonato Brasileiro, o Botafogo vem de uma derrota por 2 a 0 contra o Grêmio (fora) e uma vitória diante da Ponte Preta, também por 2 a 0 (casa). Pela Libertadores, a equipe perdeu para o Barcelona (ECU) por 2 a 0 (casa) e venceu o Atlético Nacional (COL) por 1 a 0 (casa).

 

Estudiantes

Sem chances de seguir na Libertadores, o Estudiantes joga em casa buscando um empate que o colocará na Copa Sul-Americana. No Campeonato Argentino, a equipe vem de uma sequência de quatro empates (Newells Old Boys, Huracán, Independiente e Boca Juniors), uma vitória (Gimnasya La Plata), uma derrota (Olimpo) e ocupa a sexta posição com 44 pontos. Pela Libertadores, conquistou uma vitória decisiva contra o Barcelona na última rodada e voltou a ter algum objetivo no grupo – e na competição.

O retrospecto entre o Botafogo e Estudiantes – que já se enfrentaram três vezes –, mostra equilíbrio total: uma vitória para cada lado e um empate.

Nosso Prognóstico: Para a partida de amanhã, acreditamos que o leve “desinteresse” de Jair Ventura pelo primeiro lugar irá contagiar o time. A maior virtude do Botafogo é a entrega de seus jogadores – quase todos de qualidade mediana – durante os 90 minutos de jogo. É desse modo que o time carioca vem conseguindo equilibrar – e vencer – jogos contra equipes de maior qualidade. Sem essa “vontade à mais”, o Fogão é um time comum. Que enfrentará um Estudiantes muito motivado e que tem o desejo de ir para a Sul-Americana.

Na minha opinião, o Estudiantes vence por 1 a 0.

 

Estudiantes x Botafogo

Copa Libertadores da América – Grupo 1 – Sexta Rodada

25/05 – Estádio Centenário – 21:45

Comentários

2 Comentários

2 Comentários

  1. brueh

    24 de maio de 2017, às 15:56

    curti o podcast =D

  2. Pingback: Libertadores, Copa do Brasil e Copa do Nordeste: o giro da rodada | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar