Ganhador.com

La Liga

Barcelona é considerado barbada na corrida pelo título espanhol

Foto: Fotopress/Getty Images

Com oito pontos a menos na classificação, Real Madrid não consegue se aproximar do Barça e encontra-se apenas na quarta colocação

Vitória do Barcelona já virou rotina no Campeonato Espanhol 2017/2018. No último domingo (10), os catalães bateram o Villarreal (2 a 0), fora de casa, e mantiveram-se na liderança da competição, de forma invicta, com 39 pontos – cinco a mais que o vice-líder, Valencia, e oito em relação ao clube que fecha o G-4, o Real Madrid. Com uma campanha tão consiste aliada ao momento instável de seu maior rival em La Liga, como imaginar outro desfecho senão a conquista dos Blaugranas em âmbito nacional?

 

BARCELONA: O FAVORITO DAS COTAÇÕES

O Barça de Ernesto Valverde mostra solidez e muita consistência. Os Culés parecem uma máquina de jogar futebol, tamanho é o comprometimento tático. Quando muitos pensavam que o time cairia de produção com a ausência de Neyrmar, que preferiu rumar para Paris, onde defende as cores do PSG, a equipe cresceu muito com a chegada de outro brasileiro. Da desconfiança, Paulinho passou para unanimidade entre torcedores e crítica.

Este é o poderoso Barcelona versão 2017/2018 e que passou sem sustos na fase de grupos da Liga dos Campeões, com quatro vitórias e dois empates, e segue como único time imbatível, em La Liga, ao lado do Atlético de Madrid – que empatou mais vezes e segue a seis pontos de diferença do líder.

 

PALPITE

Quem acompanha com atenção a Liga das Estrelas sabe que é raro termos intrusos entre Real Madrid e Barcelona na disputa pelo título. Como o Barça está sobrando na competição e os Merengues abusaram além da conta no quesito tropeço, é bem complicado imaginar que os catalães deixarão a conquista escapar pelos dedos. Seria preciso uma queda vertiginosa de produção – quando não há qualquer indício de que isto seja possível – aliada a uma reação espetacular do Madrid. Logo, no revezamento entre os dois gigantes na hora de erguer o troféu, chegou a vez de os Blaugranas dominarem a Espanha novamente.

 

VALENCIA E ATLÉTICO DE MADRID: DÁ PRA CONFIAR EM UM DOS DOIS?

Atual vice-líder, o Valencia perdeu a chance de diminuir a diferença para o Barça no confronto direto, em seus domínios. Na sequência, derrota para o Getafe. Ficou a suspeita de que os valencianistas estavam perdendo o ritmo, mas o time marcou três pontos, nesta rodada, ao superar o Celta por 2 a 1. A briga, na verdade, será pela segunda colocação. Muito provavelmente contra o Atlético de Madrid, que, apesar dos bons números, não repete a vibração dos anos anteriores, quando alcançou duas finais da UEFA Champions League e faturou o título espanhol em 2013/2014. Com três vitórias consecutivas, os Colchoneros devem aparecer forte para fazer sombra ao Barcelona.

 

LUTA CONTRA O REBAIXAMENTO

Uma equipe que, hoje, está com quase dois pés na Liga Adelante (segunda divisão) é o Málaga. Os Boquerones cumprem uma campanha pífia, têm apenas 24% de aproveitamento e já estão quatro pontos atrás do primeiro time fora da zona da degola, Deportivo La Coruña. Quem também segue com a corda no pescoço são o Las Palmas e o Alavés. O trio fecha o famigerado Z-3. Com o triunfo sobre o Leganés (1 a 0), o La Coruña abriu três pontos da zona da degola e vai se segurando para não voltar à Segundona.

 

PALPITE

Há alguns anos, o Málaga recebeu forte investimento e brigou na parte de cima da tabela. Mas, atualmente, a situação econômica é muito grave, no que repercute diretamente no time, que deve cair sim ao fim da temporada. Alavés e Las Palmas também estão bastante ameaçados, mas o Deportivo e Levante terão que se superar para escaparem da queda de divisão.

 

MESSI HUMILHA CRISTIANO RONALDO NA ARTILHARIA DO ESPANHOL

Messi, que marcou contra o Villarreal, no fim de semana, lidera a tábua de artilheiros com 14 gols, sendo que, hoje, o italiano Zaza, do Valencia, é seu principal concorrente, quando o natural seria Cristiano Ronaldo. Confira:

  • 14 gols: Lionel Messi (Barcelona)
  • 10 gols: Zaza (Valencia)
  • 9 gols: Bakambu (Villarreal) e Iago Aspas (Celta).
  • 8 gols: Christian Stuani (Girona) e Rodrigo (Valencia).
  • 7 gols: Sanabria (Betis), Maxi Gómez (Celta) e Willian Jose (Real Sociedad)
  • 6 gols: Aduriz (Athletic Club), Luis Suárez (Barcelona), Oyarzábal (Real Sociedad) e Ángel (Getafe)
  • 5 Gols: Antoine Griezmann (Atlético), Gerard Moreno (Espanyol), Charles (Éibar), Portu (Girona) e Santi Mina (Valencia)
  • 4 Gols: Cristiano Ronaldo (Real Madrid)

Com seu maior rival, CR7, em baixa, o camisa 10 do Barcelona é o melhor palpite, disparado, para terminar La Liga como seu principal goleador.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar