Ganhador.com

Copa do Brasil

Prognóstico para o jogo de volta da Final da Copa do Brasil

Foto: Pedro Vilela/Getty Images

A trágica notícia envolvendo a Chapecoense chocou o Brasil e alterou toda a programação do futebol nacional. Com o luto de sete dias decretado pela CBF, uma das partidas que mudou de data foi Grêmio x Atlético-MG, o tão aguardado jogo de volta da Final da Copa do Brasil. Foi transferida para quarta-feira, 7 de dezembro.

Agora é hora de segurar a emoção do luto, dar um pouco de espaço para o treino duro e se concentrar no futebol dentro de campo. Esse duelo é importantíssimo e pode afetar o futuro não apenas das duas equipes que jogam, mas também de uma terceira. Saiba por quê:

 

Grêmio

Tetracampeão da Copa do Brasil, o Tricolor já teve muito o que comemorar. No entanto, a última vez em que ergueu o caneco em uma competição a nível nacional foi quinze anos atrás. A torcida tem fome de título. Os atletas também. Foi com essa gana que chegou até a Final da Copa do Brasil, com belas atuações no mata-mata, e conquistou uma vitória por 3 a 1 na partida de ida, jogando fora de casa. Tem larga vantagem sobre o Galo e é grande favorito ao título. Mas será que o Grêmio vai vencer a partida propriamente dita? A equipe gaúcha não precisa vencer para se sagrar campeã.

Veja como o Grêmio pode ser campeão da Copa do Brasil:

  • Vitória;
  • Empate;
  • Derrota por 1 gol de diferença (1×0, 2×1, 3×2…);
  • Derrota por 2 gols de diferença leva a decisão para os pênaltis.

Nas casas de apostas, a vitória Tricolor paga R$ 2,25 para cada R$ 1 apostado. É um resultado bastante provável para um Grêmio que decide a Final em casa e não vai dar chance ao azar. Na partida de ida, alcançou o terceiro gol mesmo jogando com um a menos, e conta com um retrospecto de 55% de vitórias conta o Galo, quando jogando em Porto Alegre. O empate, que também dá a taça ao Tricolor, vale R$ 3,20 para cada real.

Importante lembrar: No Campeonato Brasileiro, o Grêmio está fora da zona de classificação para a Libertadores. A única forma de participar do mais prestigioso torneio da América do Sul é se tornando campeão da Copa do Brasil.

 

Atlético-MG

A derrota do Galo no jogo de ida da Final foi inesperada. Jogando em casa, era o grande favorito nas casas de apostas, mas decepcionou — quem comemorou foram os torcedores que acreditaram na vitória Tricolor, que pagou R$ 4,33 para cada R$ 1 apostado. Agora, o Galo precisa reverter o resultado. Não pode levar gols de jeito nenhum, e ainda tem que correr atrás de marcar pelo menos dois.

Veja como o Atlético-MG pode ser campeão da Copa do Brasil:

  • Vitória por 3 gols de diferença;
  • Vitória por 2 gols de diferença leva a decisão para os pênaltis.

O Galo vive momento delicado. Além da ultrajante derrota contra o Grêmio na Copa do Brasil, perdeu também para o São Paulo em casa, no Brasileirão, e cedeu o empate por 3 a 3 diante do vice-lanterna Santa Cruz. Nesses dois últimos, jogou com time reserva. Porém, o titular não está muito melhor. O jejum de sete jogos inclui tanto confrontos difíceis contra então candidatos a título (Flamengo e Palmeiras), quanto duelos que deveriam ser fáceis, como contra o Internacional — equipe que estava focada no Campeonato Brasileiro e enfrentou o Galo com time reserva, pela Copa do Brasil.

Com um histórico de apenas 16% de vitórias contra o Grêmio em Porto Alegre, nem preciso dizer que o Atlético-MG é o azarão da vez. Mesmo que ganhe por apenas um gol — e não leve o título —, o triunfo paga R$ 3,25 para cada real apostado.

Importante lembrar: A participação do Atlético-MG na pré-Libertadores já está assegurada no Campeonato Brasileiro, o qual terminará em 4º lugar. Caso se torne campeão da Copa do Brasil, não precisará passar pelo mata-mata inicial, indo direto para a fase de grupos. Além disso, “libera” uma vaga extra para o Brasileirão. Isso muito interessa às equipes que disputam as preciosas vagas reservadas ao 5º e 6º colocados.

 

Corinthians, Botafogo e Atlético-PR

As equipes que brigam por um lugar no G-6 estão torcendo pelo triunfo do Atlético-MG, a começar pelo Corinthians. O Galo é o 4º colocado no Campeonato Brasileiro. Caso se torne campeão da Copa do Brasil, a vaga que atualmente já possui na Libertadores será cedida ao sétimo colocado. Do dia para a noite e sem jogar, o Timão automaticamente estará dentro da zona de classificação do então G-7.

Botafogo e Atlético-PR também se beneficiarão. As chances dos dois times de irem à Libertadores atualmente giram em torno de 90%. Porém, se o G-6 virar G-7, não precisarão mais se preocupar com a última rodada do Brasileirão — já estarão classificados.

Por fim, caso consiga perder o título que já está praticamente ganho, o Grêmio ainda terá uma pequena chance de garantir sua vaga. Para isso, precisará vencer o Botafogo em casa na última rodada, e contar com a derrota do Coringão diante da Raposa, fora de casa.

 

Agora, o maior desafio do Grêmio e do Atlético-MG é se prepararem — não apenas fisicamente, como também psicologicamente — para uma partida que promete fazer os torcedores deixarem de lato o luto, nem que seja apenas por 90 minutos.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar