Ganhador.com

NBA

Como o Phoenix Suns virou a “Escolinha do Professor Leandro”

Foto: Christian Petersen/Getty Images

Brasileiro passa toda sua experiência ao excelente Devin Booker, nova estrela da NBA

Ah, o esporte, esta miniatura da vida em que um homem de 34 anos já é um veterano prestes a parar de atuar…

Querem exemplo disso na NBA? Leandrinho Barbosa, o brasileiro mais atuante na liga (ainda assim!). Foram 15 partidas suas pelos Suns em novembro, ficando à frente de Nenê (13 pelos Rockets) e Lucas Bebê (12 pelos Raptors), os outros dois brasileiros que têm aparições constantes no campeonato.

(Leandrinho, Nenê e Lucas Bebê. O que Freud explica sobre essa fixação por apelidos infantis dos brasileiros na NBA? Não vamos pegar tanto no pé. Nenê é Nenê por ser o caçula da família. Já Lucas Bebê é mais pela carinha de criança que conserva apesar dos 24 anos. Ponto. Pronto.)

Voltamos a Leandrinho. Suas estatísticas pelo Phoenix Suns estão dentro da média de um jogador experiente e competente, como é o seu caso. Carregando a marcante camisa 10 do Phoenix Suns — seu clube de chegada à NBA em 2004 e para o qual voltou este ano depois de passar por Raptors, Pacers, Celtics, Wizards e Warriors —, Leandrinho exibiu uma média de 13 minutos, 5 pontos e 1,3 rebotes e 1,3 assistências nas partidas de novembro.

Olhando desta forma, sua contribuição aos Suns parece menor, mas é preciso olhar o contexto atual da equipe. Leandrinho voltou ao time para ser o mentor de Devin Booker, o ala-armador de 20 anos que tanto o Phoenix quanto a NBA esperam muito a partir dos próximos anos.

E tem funcionado. Booker é instruído o tempo todo por Leandrinho. O brasileiro, afinal, tem 14 anos a mais que o garoto e passou os últimos 12 em quadra pela NBA. É o característico ritual dos jogadores experientes lapidando os novatos talentosos.

Quando Booker descansa, ou quando a partida necessita um toque de experiência que ele não tem condições de oferecer, Leandrinho vai para a quadra. Aí sim ele se esforça para manter sua boa efetividade e compor o jogo coletivo e de rotação que os Suns tanto necessitam.

Leandrinho bem que poderia render mais — em minutos de quadra, bom esclarecer — e seguir com suas partidas de 10, 15, 20 pontos, mas a função para o qual foi chamado é realmente passar sua experiência para Booker. A prova disso é simples de conferir. Quem assistir a uma partida dos Suns no Talking Stick Arena ou na TV vai perceber que é a camisa número 1 de Booker a líder de vendas e a mais usada pelo público.

Em recente artigo na revista oficial do Phoenix, cuja capa era destinada a Booker, o clube analisava esta questão de professor e aluno colocando Leandrinho e Devin lado a lado vestindo seus uniformes. Enquanto o brasileiro usa a 10 há tanto tempo, o novato, com a 1, representa a novidade em contraponto à experiência do seu tutor.

Booker, Leandrinho e os Suns voltam à quadra nesta noite, mais precisamente à 0h (de Brasília) desta quarta-feira, em uma parada difícil contra o Utah Jazz, em Utah. A campanha do Jazz é superior: 12-9, contra 6-14 dos Suns. Até por isso, a equipe do brasileiro atua como zebra, devolvendo R$ 3,49 a cada R$ 1,00 apostado, segundo o Oddsshark.com/br. A cotação do Jazz é bem mais favorável, R$ 1,30, mas se é para arriscar, por que não cravar triunfo dos Suns?

 

Ah, esses malucos…

Para não dizer que não falamos das flores: e que triunfaço dos Rockets contra os Celtics por um único ponto de diferença no “Monday Night”! O placar de 107×106 escancarou tudo o que a gente analisou na segunda: Harden só não fez chover (até porque a quadra é coberta)! Nos instantes finais, ele acertou uma cesta de três e uma cotovelada na cara do adversário, cujos lances livres cortaram a diferença. Com a última posse de bola em favor dos Celtics para ganhar a partida, surgiu Harden, “The Beard”, “A Barba”, para ficar com o rebote e assegurar a vitória da sua equipe. The Beard! A barba! A besta!

 

Os seis jogos da NBA nesta noite são:

  • 22h00 – Washington Wizards (1,63) x  Orlando Magic (2,30)
  • 22h30 – Miami Heat (1,81) x  New York Knicks (2,00)
  • 22h30 – Detroit Pistons (1,40) x  Chicago Bulls (2,94)
  • 23h00 – Minnesota Timberwolves (2,41) x  San Antonio Spurs (1,57)
  • 23h00 – Memphis Grizzlies (1,21) x Philadelphia 76ers (2,49)
  • 00h00 – Utah Jazz (1,30) x  Phoenix Suns (3,49)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar