Notícias

Claudia Gadelha Luta Para ser a Primeira Brasileira Campeã no UFC

Ela será a desafiante da atual detentora do cinturão na categoria peso-palha, Joanna Jedrzejczyk, no principal confronto do TUF 23 Finale

A polonesa Joanna Jedrzejczyk e a brasileira Claudia Gadelha são rivais de longa data. A luta entre as duas, que será a principal atração do TUF 23 Finale, em Las Vegas, é uma revanche do duelo, realizado em dezembro de 2014, que terminou com a apertada vitória da competidora do leste europeu – houve decisão dividida dos juízes. Desta vez, a lutadora potiguar busca um desfecho diferente e que, com toda certeza, entraria para a história. Afinal de contas, ela pode se tornar a primeira brasileira campeã do UFC.

A decisão do cinturão peso-palha começou antes do octógono. Em treino aberto, realizado na última terça-feira, Jedrzejczyk fez questão de tornar público, mais uma vez, todo o seu desprezo por Gadelha, a quem se refere como “uma pessoa que ela não aceita”.

Apesar do clima de rivalidade entre as duas, Joanna admitiu que a brasileira é uma ameaça real ao seu reinado no UFC. E sabendo da enorme dificuldade que será manter o cinturão, ela revelou que teve uma das preparações mais duras para uma luta, em um camp bastante rigoroso, quando não teve nenhuma lesão e saiu muito confiante para o duelo de sexta-feira.

Já Claudinha, como é carinhosamente conhecida no meio, não deixou por menos e fez duras críticas à polonesa. Ela afirmou que a adversária não pode ser considerada uma lutadora de MMA.

“Joanna é uma striker muito boa, a melhor da categoria. Mas acho que ela deixa muita brecha no jogo dela. Não é uma lutadora completa. Considero a Joanna uma lutadora de muay thai que tem uma boa defesa de quedas”, disse a brasileira, em um dos vídeos promocionais do TUF 23.

Claudia Gadelha foi além, ao afirmar, com toda propriedade, que nenhuma outra lutadora está mais preparada do que ela para se apoderar do cinturão que, hoje, pertence à Joanna Jedrzejczyk.

“O treinamento dela é bem específico para manter a luta em pé e se defender de quedas. Sou a pessoa para ganhar dela no momento”, ratificou a faixa preta de Jiu-Jitsu.

COTAÇÕES

De acordo com o oddsshark.com/br, Jedrzejczyk tem pequeno favoritismo no confronto em que busca manter o cinturão da categoria peso-palha, com retorno de 1.76 a cada R$ 1 investido pelos apostadores. A tão esperada vitória de Claudia Gadelha pelos fãs brasileiros de MMA paga 2.12 por cada real aplicado.

MATHEUS NICOLAU ESTREIA NA PESO-MOSCA 

Outro destaque em verde e amarelo será a primeira luta de Matheus Nicolau na categoria peso-mosca, quando ele medirá forças contra o norte-americano John Moraga, naquele que pode se consolidar como sua primeira vitória no UFC. O competidor mineiro deixou claro qual será a estratégia para bater o lutador de Phoenix: explorar o maior número de erros do adversário.

Longe do octógono do UFC desde maio de 2015, Moraga enfrentará não só o brasileiro, mas uma lembrança ruim, graças à concussão cerebral causada pela dura derrota sofrida para Joseph Benavidez. Apesar da possível cautela do oponente, Nicolau acredita que a melhor conduta será a atenção total nos movimentos do oponente.

Também de acordo com o oddsshark.com/br, a vitória de Matheus Nicolau paga 1.57 por cada real investido. Em caso de triunfo de John Moraga, o retorno é de 2.50/R$ 1.

AÇOUGUEIRO QUER APROVEITAR MÁ FASE DE MAYNARD 

O peso-pena Fernando Açougueiro será outro integrante da ala de lutadores brasileiros no TUF 23 Finale. Ex-integrante do TUF Brasil 4, do qual foi vice-campeão, ele terá pela frente, no octógono de Las Vegas, o experiente Gray Maynard (EUA), que enfrenta uma longa má fase. Apesar do ótimo cartel, Maynard, que tem nove vitórias em 16 lutas disputadas no UFC, amarga uma seca de triunfos que já dura três anos.

Mesmo com a sorte de costas, Gray Maynard está bem cotado, com vitória valendo 1.63 por cada real investido. Se der Açougueiro, os apostadores ficam com 2.40/R$ 1.

TEM MAIS BRAZUCAS NO TUF 23 

Num casting que mescla experiência e juventude, os outros brasileiros que subirão ao octógono no TUF 23 Finale são: Joaquim Silva, Cezar Ferreira e Thiago Tavares.

E eles estarão nas outras lutas que completam o TUF 23 Finale:

Peso-leve: Ross Pearson (3.95) x Will Brooks (1.28)

Peso-pena: Doo Ho Choi (1.44) x Thiago Tavares (2.90)

Peso-médio: Cezar Ferreira (2.25) x Anthony Smith (1.69)

Peso-leve: Jake Matthews (1.74) x Kevin Lee (2.15)

Peso-meio-médio: Li Jingliang (1.32) x Anton Zafir (3.65)

Peso-leve: Joaquim Silva (1.80) x Andrew Holbrook (2.05)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar