UFC

Vídeo: José Aldo brilha, nocauteia Moicano no UFC Fortaleza e corre para os braços da torcida

José Aldo nocauteia Renato Moicano no segundo round pelo UFC Fortaleza
Foto: Divulgação / UFC

O campeão voltou! E ninguém segura! O ponto alto do UFC Fight Night que aconteceu neste sábado, em Fortaleza, foi a vitória por nocaute no segundo round de José Aldo contra Renato Moicano. O ex-campeão dos penas teve paciência e inteligência para explodir na hora certa e alcançar o nocaute diante do compatriota. Depois da vitória, Aldo ainda pulou do octógono para pular nos braços da torcida presente. Uma cena feliz protagonizada pelo ídolo brasileiro, que embora esteja prestes a se despedir do MMA, quer concluir um desfecho digno para sua carreira brilhante. O brasileiro “quebrou a banca” com vontade!

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Aldo chegou como azarão no UFC Fortaleza. Não era para menos. A fase de Moicano era muito melhor do que a do brasileiro. Mas eu também avisei que alguns motivos podiam fazer com que o ex-campeão dos penas “quebrasse a banca” neste sábado. Pois bem. Aldo mostrou que merece respeito com uma atuação calculada.

Depois de um primeiro round de muito estudo, onde Aldo só aplicou o primeiro golpe no rival após o primeiro minuto de luta, o “campeão do povo” explodiu no segundo assalto e conquistou o nocaute. Moicano foi bem na primeira etapa, mas apostou demais no contragolpe. Ele esperou demais a reação do rival. Seu córner, do primeiro para o segundo round, pediu que ele colocasse mais pressão. Ele colocou. Como resultado, “acordou” José Aldo e acabou encurralado.

Um número que mostra bem o que foi a luta é o número de golpes significantes de cada lutador. Ao todo, Aldo acertou 26 golpes fortes, enquanto Moicano aplicou 24. A diferença é que Renato espalhou seus ataques ao longo da primeira etapa, enquanto Aldo disparou sua metralhadora de uma vez só  e acabou colhendo os frutos.

Aos 32, Aldo ainda tem duas lutas no contrato com o Ultimate para cumprir. Após sua vitória, diversos rivais publicaram mensagens sugerindo confronto. Brian Ortega e Alexander Volkanovski sugeriram um duelo, enquanto Conor McGregor expressou apenas vontade de lutar diante do público brasileiro e Max Holloway parabenizou o “Rei do Brasil” pela vitória em Fortaleza.

Vale lembrar que Aldo não quer mais disputar o cinturão. Ele quer apenas encerrar seu contrato lutando no Brasil. Faltam duas lutas. Por que não colocar então em prática a ideia de enfrentar Anthony Pettis pela categoria dos leves no dia 11 de maio, pelo UFC 237? O brasileiro sugeriu durante a semana antes do UFC Fortaleza e Pettis já topou.

Seja qual for o destino de Aldo, e embora seja duro ver uma promessa como Renato Moicano caindo, é um momento feliz ver um ídolo nacional como José Aldo vencendo uma luta no Brasil dessa forma. Aconteça o que acontecer daqui para frente, Aldo é um dos maiores de todos os tempos, e essa vitória contra Moicano foi só mais um lembrete do quanto ele merece ser respeitado no mundo das lutas.

Resultados UFC Fortaleza

Marlon Moraes finalizou Raphael Assunção no primeiro round
José Aldo nocauteou Renato Moicano no segundo round
Demian Maia finalizou Lyman Good no primeiro round
Charles do Bronx finalizou David Teymur no segundo round
Johnny Walker nocauteou Justin Ledet no primeiro round
Livinha Souza venceu Sarah Frota na decisão dos juízes
Card preliminar
Markus Maluko finalizou Anthony Hernandez no segundo round
Mara Romero Borella venceu Taila Santos na decisão dos juízes
Thiago Pitbull venceu Max Griffin na decisão dos juízes
Jairzinho Rozenstruik nocauteou Junior Albini no segundo round
Geraldo de Freitas venceu Felipe Cabocão na decisão dos juízes
Said Nurmagomedov nocauteou Ricardo Carcacinha no primeiro round
Rogério Bontorin venceu Magomed Bibulatov na decisão dos juízes

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar