Humor

Vão precisar dos serviços do Corvo?

Ninguém fala abertamente em “demissão” ou “reformulação total”, mas o fato é que a derrota por 5 a 0 diante do Flamengo que custou vaga na final da Libertadores, segue reverberando nos bastidores do Grêmio e em parte da torcida. Antes sussurrada – e sempre longe da estátua do ídolo – a ideia de que o trabalho de Renato Gaúcho no clube chegou ao limite começa a ganhar corpo e embora o presidente Romildo Bolzan siga com o discurso de que o treinador só sairá do Grêmio se quiser, a realidade não é tão segura assim.

O resultado do jogo deste final de semana pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o Botafogo dará a exata dimensão dos humores gaúchos com o treinador tricolor. Uma vitória tranquila não acabará com as críticas e nem mandará para baixo do tapete o drama da goleada na Libertadores, mas tornará mais “calmo” o caminho rumo a uma vaga no G-6 ou G-4 – único objetivo que resta ao Grêmio em 2019.

Nova derrota, porém, pode mandar por terra o discurso do presidente do clube e encerrar a (vitoriosa) passagem de três anos de seis títulos do treinador pelo clube.

Pelo sim, pelo não, o Corvo segue com as malas prontas para mais uma viagem até Porto Alegre.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar