Copa Libertadores

Flamengo engole o Grêmio no Maracanã e fará a final da Libertadores contra o River Plate

Flamengo acaba com o Grêmio pela Libertadores

Com dois gols, Gabriel, artilheiro do Brasileirão, assumiu também a artilharia da Libertadores

Foto: Alexandre Vidal, Marcelo Cortes & Paula Reis / Flamengo / Reprodução

As principais casas de apostas não tiveram dúvidas em indicar a vitória do Flamengo no duelo definitivo contra o Grêmio pela vaga na final da Copa Libertadores 2019. O que nem o mais fanático dos flamenguistas poderia imaginar era o chocolate de 5 a 0 que a equipe de Jorge Jesus aplicaria no Imortal que, atordoado em campo, torcia pelo final do jogo. Jogo que começou equilibrado, é verdade, mas mudou de forma drástica em 25 minutos. Além de ter sido bom para Victor Birner, comentarista da ESPN que cravou a vitória rubro-negra por 4 a 0 e foi chamado (com razão) de “louco” pelo mundo inteiro – e não poderá cantar vantagem hoje porque, na prática, errou o placar – o resultado final confirmou nossa dica de aposta em uma vitória do Flamengo a R$ 1,60 e em um placar final acima de dois gols a R$ 1,74 (ou um retorno de R$ 160,00 e R$ 174,00 em duas apostas de R$ 100,00 cada).

Flamengo e River Plate – que eliminou o Boca Juniors – farão a final da Libertadores no próximo dia 23 de novembro, no conturbado Chile. Até o momento, a Conmebol segue dizendo que não há Plano B e que a final da competição será no país, independente de sua situação política. A confiança é de que tudo terá retornado à sua normalidade até o dia da final em jogo único.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Como foi que chegamos a um Flamengo 5 x 0 Grêmio?

O empate em 1 a 1 no jogo de ida, em Porto Alegre, dava ao Flamengo a vantagem de jogar por um 0 a 0. O Grêmio, por sua vez, sabia que precisava fazer um gol de qualquer forma para ter alguma chance de chegar à mais uma final de Libertadores. Diferente do que se podia imaginar, o rubro-negro não partiu para cima dos visitantes nos minutos iniciais do jogo – como os mandantes normalmente fazem. Pelo contrário: permitiu que o tricolor trocasse passes no meio-campo e tivesse a sensação de controle da bola. Mas, na hora de levar perigo ao gol de Diego Alves, a verdade se estabelecia e o Grêmio não encontrava formas de furar o bom sistema defensivo armado por Jorge Jesus, o técnico português que mostra aos brasileiros que é possível montar uma equipe absurdamente ofensiva sem ser defensivamente irresponsável.

O jogo seguia equilibrado e nesta toada até que aos 41 minutos Bruno Henrique puxou um contra-ataque e serviu Gabriel que finalizou. Paulo Victor defendeu, mas deu rebote nos pés de Bruno Henrique que não teve trabalho para abrir o placar.

A ideia do Grêmio para o segundo tempo era ter atenção na defesa e buscar o empate – como em Porto Alegre – para levar a decisão para os pênaltis. Faltou apenas combinar com o Flamengo que alheio aos planos de Renato Gaúcho fez o segundo gol no primeiro minuto da etapa final com Gabriel e aos 25 já vencia por 5 a 0 – Gabriel em cobrança de pênalti aos 10, fez o terceiro (o seu segundo), Pablo Marí fez o quarto aos 21 e Rodrigo Caio fechou a fatura aos 25.

Morto em campo e com Renato Gaúcho atônito no banco de reservas sem acreditar no que estava vendo, o Grêmio se arrastou até o final do jogo que poderia, muito bem, ter sido encerrado aos 26 minutos do segundo tempo sem sombra de dúvidas.

 

E agora? Como fica o restante da temporada para Grêmio e Flamengo?

Flamengo

Com uma folga de 10 pontos para o segundo colocado, o Flamengo deve seguir tranquilo em sua caminhada rumo ao título de campeão brasileiro. O Palmeiras, principal rival na luta pelo campeonato, não jogou a toalha mas sabe que será necessária uma tragédia para tirar o título do Flamengo.

Posto isso, o objetivo do time de Jorge Jesus é fechar o ano com as duas conquistas: Brasileiro e Libertadores. O River Plate é um adversário perigoso – e a decisão será em jogo único –, mas o técnico português não carrega ao seu lado para o banco de reservas toda aquela bobagem que cerca os jogos entre brasileiros e argentinos. Ele leva consigo o conhecimento que tem em anos como técnico de futebol na Europa. E se o Flamengo continuar jogando o que vem jogando nas últimas semanas, leva a Libertadores no tempo normal, passando pelo bloqueio defensivo dos argentinos.

Grêmio

Como era de se esperar, uma derrota por 5 a 0 já começa a ter consequências. Focado apenas no Campeonato Brasileiro à partir de agora e em conseguir uma vaga para a Libertadores do ano que vem, Renato Gaúcho, técnico que conquistou seis títulos em três anos à frente do Grêmio, já começa a sentir os ares de descontentamento de parte da diretoria e da torcida. Internamente alguns dizem que, por mais que Renato mereça muito respeito por tudo que conquistou, o ciclo está chegando ao fim.

O consenso é de que o time precisa ser reformulado para 2020. Falta definir se o treinador fará parte desta reformulação como “gestor” ou como “reformulado”. O desempenho da equipe nesta reta final do Brasileirão ajudará a definir o futuro de Renato Gaúcho – que já afirmou ter o desejo de continuar em Porto Alegre – no Grêmio.

Os próximos dias serão tensos e o duelo contra o Botafogo no próximo domingo pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro ganhou uma importância inimaginável.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar