UFC

Por que Demian Maia pode quebrar a banca contra Ben Askren no UFC Singapura

Demian Maia é lutador meio-médio do UFC
Foto: Divulgação / UFC

A luta principal do UFC Fight Night que acontece neste sábado, em Singapura, conta com um clássico confronto Wrestling Vs Jiu-Jitsu. De um lado, Ben Askren, atleta que defendeu a seleção dos Estados Unidos nas Olimpíadas de 2000, em Pequim, China; do outro, Demian Maia, multicampeão mundial de jiu-jitsu e maior referência da arte suave em atividade no MMA. O duelo representa um lugar no topo da divisão dos meio-médios, umas das categorias mais complicadas atualmente no Ultimate. Askren é o favorito, segundo o Bodog, no show que rende lucros de até 255%.

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Saiba como apostar no UFC

Embora venha de derrota, Ben Askren é o favorito no Bodog, com uma oferta de 57% de lucro aos investidores. Por outro lado, Demian Maia, o azarão na disputa, rende até 145% em caso de vitória no UFC Singapura.

Depois de considerar aposentadoria, Demian está de contrato renovado com o UFC. O brasileiro deve encerrar sua trajetória no MMA em 2020 e acertou com a organização a realização de mais duas lutas além do duelo com Askren, que faz parte do contrato antigo. Vindo de triunfos contra Lyman Good e Tony Martin, Maia pode emplacar a terceira vitória consecutiva, e apesar do desejo de se aposentar na próxima temporada, ainda pode beliscar seu lugar no topo com uma boa vitória contra Askren e as lutas certas em seguida.

No caso de Askren, a luta representa a chance de redenção dentro do octógono. Depois de sofrer o nocaute mais rápido da história no UFC 239, em Las Vegas (EUA), quando  foi apagado por Jorge Masvidal de forma humilhante em apenas cinco (!) segundos, Askren terá a chance de se recuperar. O americano estava invicto e era visto até então como potencial desafiante ao cinturão dos meio-médios. O duelo com Demian pode responder se ele, de fato, está pronto para lutar em alto nível dentro da categoria ou se o revés abalou sua confiança e vai fazê-lo flutuar no Top 15 da categoria.

O que torna o duelo interessante é o casamento de estilos. Askren e Demian são conhecidos pelo alto nível na luta agarrada, e não gastam tempo trocando golpes de pé. Para se ter uma ideia, segundo o MMA By The Numbers, nas últimas duas lutas, Askren conectou um total de zero golpes na trocação, enquanto Demian acertou apenas três somando suas últimas duas apresentações. No papel é um duelo que tem tudo para acontecer todo na trocação. O curioso é que muitas vezes grapplers acabam se respeitando demais e fazendo uma luta de pé, mas eu não acho que seja o caso. Askren e Demian vão para o solo na primeira oportunidade e o jogo mais encaixado irá sobressair.

Embora esteja na posição de azarão contra um lutador de wrestling de altíssimo nível, acho que a experiência de Demian Maia pode falar mais alto. O brasileiro nunca passou sufoco no solo. E se é quase uma certeza que ele vai fazer chão com o rival, não consigo vê-lo tomando atraso de ninguém no MMA uma vez que ele usar seu jiu-jitsu no chão.

Pode ser uma luta competitiva e interessante, mas ao mesmo tempo pode ser um duelo pouco interessante aos olhos da maioria dos fãs. Só nos resta aguardar. Até lá, vou acreditar na habilidade de Demian adaptar o jiu-jitsu para o MMA. Poucos atletas tem essa capacidade de adaptar sua maior qualidade a um jogo completo de MMA. E isso o brasileiro faz com maestria há anos. Nem sempre deu certo, é claro, mas sempre que perdeu foi lutando em pé, o que não deve ser o caso em Singapura.

Confira os odds para o UFC Singapura

  • (R$ 1,57) Ben Askren x Demian Maia (R$ 2,45)
  • (R$ 1,30) Michael Johnson x Stevie Ray (R$ 3,50)
  • (R$ 2,30) Frank Camacho x Beneiul Dariush (R$ 1,62)
  • (R$ 1,29) Ciryl Gane x Don’Tale Mayes (R$ 3,55)
  • (R$ 1,54) Muslim Salikhov x Laureano Staropoli (R$ 2,50)
  • (R$ 1,62) Randa Markos x Ashley Yoder (R$ 2,30)
  • (R$ 2,70) Alex White x Rafael Fiziev (R$ 1,47)
  • (R$ 2,55) Enrique Barzola x Movsar Evloev (R$ 1,52)
  • (R$ 3,00) Maurice Greene x Sergei Pavlovich (R$ 1,38)
  • (R$ 1,80) Loma Lookboonmee x Alexandra Albu (R$ 1,95)
  • (R$ 2,85) Raphael Nunes x Jeff Hughes (R$ 1,42)

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.