UFC

Jon Jones aposta em atividade e negocia retorno para o UFC 235

Jon Jones nocauteou Alexander Gustafsson no UFC 232
Foto: Divulgação / UFC

Jon Jones parece estar interessado em voltar ao octógono o mais rápido possível. Depois de nocautear Alexander Gustafsson no UFC 232 e recuperar o cinturão dos meio-pesados do Ultimate, Jones está negociando seu retorno para o dia 2 de março, em Las Vegas (EUA), pelo UFC 235, em defesa de título contra Anthony Smith, segundo o site TMZ Sports. O contrato ainda não foi assinado, mas ambos os lutadores já deram sinais de que estão de olho no encontro dentro do cage e já temos até odds lançados. Jones, claro, é favoritaço no combate. Confira!

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Logo após a vitória contra Gustafsson, Jones evitou citar nomes e “promover” quaisquer rivais da categoria dos meio-pesados. O americano queria curtir seu momento e sua volta ao octógono após um ano e meio de forma que ele fosse o foco, e não queria dividir os holofotes com algum oponente citado que acabasse entrando nas manchetes pós-luta. Porém, na última sexta-feira, Jones publicou em sua conta oficial no Instagram uma imagem da tela de um computador onde assistia a um vídeo da última vitória de Anthony Smith no UFC. Ele não citou o nome do ex-peso médio, mas escreveu: “Muito a estudar. Isso será divertido”.

Também nesta semana, o site TMZ Sports publicou uma entrevista com Smith onde o americano fala sobre o provável duelo com Jones. “Acho que muitas pessoas perderam para Jones antes mesmo de lutarem. Eu não sou esse tipo de cara. Não tenho medo dele, e ele sabe disso. O encaro a qualquer momento, em qualquer lugar, a qualquer hora. Eu estou dentro, e acho que ele também”, declarou o lutador.

O combate entre Jones e Smith deve ser a luta principal do UFC 235. Mas antes Jones precisa conseguir a licença para lutar no Estado de Nevada. Segundo o jornalista Ariel Helwani, a audiência que deve definir a aprovação da licença de Jones no estado deve acontecer no dia 29 de janeiro. Vale lembrar que a comissão de Nevada precisa liberar uma nova licença a Jones já que o americano caiu no doping em julho do ano passado. O UFC 232, que aconteceu em Los Angeles, estava escalado para acontecer em Vegas, mas foi transferido por conta da falta de tempo na agenda da comissão de Nevada para avaliar o caso do “Picograma de Jones”.

Jon Jones voltou ao octógono no último dia 29 de dezembro, quando nocauteou Alexander Gustafsson no terceiro round, pelo UFC 232. O americano voltou a lutar após um ano e meio de suspensão pelo terceiro doping da carreira. Com o cinturão novamente em posse, Jones parece estar interessado em se manter em atividade. Ele soma um cartel de 23 vitórias, uma derrota e um No Contest (luta sem resultado). Já Smith, acumula 31 vitórias e 13 derrotas. O americano perdeu pela última vez em fevereiro desse ano, contra Thiago Marreta. Depois disso, ele migrou para os meio-pesados, nocauteou Rashaed Evans, Mauricio Shogun e finalizou Volkan Oezdemir até se tornar o atual número terceiro colocado no ranking oficial dos meio-pesados.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar