Mineiro

Em melhor fase, Cruzeiro quer se aproveitar da má-fase do Atlético-MG na decisão do Campeonato Mineiro

Artilheiro

A liderança de Ricardo Oliveira é uma das armas do Atlético-MG contra o Cruzeiro na final do Campeonato Mineiro

Foto: Bruno Cantini / Atlético / Reprodução

Pelo terceiro ano seguido, Cruzeiro e Atlético-MG farão a final do Campeonato Mineiro. O duelo que até a metade desta semana se mostrava equilibrado – mesmo com o pífio desempenho atleticano em 2019 –, ganhou ares de drama pelos lados da Cidade do Galo. Apesar de as principais casas de apostas ainda não terem disponibilizado os odds para esse jogo, é possível fazer uma análise do que se pode esperar para o duelo de amanhã. A humilhante goleada por 4 a 1 imposta pelo Cerro Porteño pela Libertadores – em uma virada que durou cerca de 13 minutos ainda no primeiro tempo – cobrou seu preço na demissão de Levir Culpi que em sua quinta passagem no comando do alvinegro foi incapaz de dar ao time um padrão tático ou mesmo estabelecer uma base para trabalhar. Técnico do sub-20, Rodrigo Santana comandará o Atlético-MG neste domingo, dia 14, no Mineirão e até que um novo treinador seja anunciado. Tiago Nunes do Athletico-PR recebeu proposta do Galo, mas em conversa com a diretoria do Furacão acertou sua permanência no clube. O “assédio” do Galo, aliás, gerou um leve bate-boca no twitter entre Mário Celso Petraglia e o perfil oficial do Atlético-MG que chegou a ironizar o dirigente rubro-negro.

Em contraste com a “bagunça” do Galo, o Cruzeiro segue invicto na temporada e garantiu, nesta semana, sua classificação às oitavas de final da Copa Libertadores.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Cruzeiro x Atlético-MG

Raposa e Galo começam a decidir o título de Campeão Mineiro neste domingo, dia 14, a partir das 16 horas no Mineirão. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o Atlético-MG joga por dois empates ou por uma derrota e uma vitória pelo mesmo saldo de gols (se perder, por exemplo, a ida por 1 a 0 e vencer a volta por 2 a 1, o Galo fica com o título). O Cruzeiro pode empatar um dos dois jogos mas precisará vencer o outro para ser campeão.

 

Como chega o Cruzeiro

Sequência no trabalho

Comandado por Mano Menezes desde 2016, o Cruzeiro apresenta grande regularidade na atual temporada muito por conta da manutenção da comissão técnica e da base anterior – reforçada por nomes como Rodriguinho e Marquinhos Gabriel que vem reencontrando seu futebol em Minas Gerais. Forte nos dois lados do campo, a Raposa marcou 41 gols em 18 jogos e sofreu apenas sete.

Quem faz a diferença

Rodriguinho é tido como a melhor contratação brasileira em 2019, mas o Cruzeiro é muito mais. Maestro no meio-campo celeste, Robinho já computa seis assistências nesta temporada.

Fred, que passou a maior parte de 2018 se recuperando de uma lesão grave, voltou a jogar e a ser decisivo. É o artilheiro da equipe na temporada com 11 gols.

Momento

Em sua terceira temporada como técnico do Cruzeiro, Mano Menezes tem absoluto controle sob o time e sabe exatamente o que esperar de seu elenco. Prova disso é a invencibilidade de 18 jogos na temporada – entre Campeonato Mineiro e Copa Libertadores – e o excelente sistema defensivo que sofreu apenas sete gols (todos no Estadual).

 

Como chega o Atlético-MG

Melhor campanha

Ainda sem encontrar uma formação-base – ou uma “espinha dorsal” – para o time, o Atlético-MG conseguiu garantir com muito suor a melhor campanha na primeira fase do Campeonato Mineiro, desempenho que lhe permite jogar por dois resultados iguais nas finais (empates ou vitória e derrota pelo mesmo saldo de gols). Independente do momento, toda vantagem no futebol ajuda. Em um clássico como o de amanhã, poderá ser decisiva.

Quem faz a diferença

Luan, que quase deixou o Galo e se mudou para o Corinthians em uma troca envolvendo Clayson, ficou em Minas e agora é o “motor” atleticano na temporada. Incansável, ele já marcou dois gols e deu cinco assistências em 14 jogos.

O artilheiro Ricardo Oliveira é outro que vem se destacando positivamente em uma temporada de pouco brilho no Galo. Artilheiro do time com 11 gols, tem seis bolas na rede no estadual e ocupa o terceiro lugar na artilharia da competição.

Derrota, falta de padrão e queda

Apesar da boa campanha no estadual, o Atlético-MG faz uma temporada ruim. A derrota para o Cerro Porteño praticamente eliminou a equipe da disputa pela Copa Libertadores. Sem apresentar um trabalho consistente, Levir Culpi foi demitido na última quinta-feira. Com sua saída, veio a chegada do novo diretor de futebol, Rui Costa – com isso, Marques passa a ser gerente de futebol no clube – que tem como primeira missão arrumar um novo treinador e pacificar o ambiente entre time e a torcida que protestou muito contra ídolos como o goleiro Victor. E é neste cenário de completo caos que o interino Rodrigo Santana, técnico do sub-20, fará sua estreia como técnico do time profissional em um clássico na primeira partida da final do Campeonato Mineiro.

 

Melhor palpite para Cruzeiro x Atlético-MG

Como dito anteriormente, os odds para a primeira partida da final do Campeonato Mineiro ainda não foram divulgados, mas por conta de tudo o que aconteceu com as duas equipes nesta semana, não é difícil imaginar que o Cruzeiro irá à campo enfrentar um Galo encolhido na defesa, tentando segurar um empate (resultado que lhe favorece) para definir sua sorte no duelo derradeiro.

Meu palpite para o jogo de amanhã é investir na possibilidade dupla de empate ou vitória do Cruzeiro.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar