Copa Libertadores

Em rodada favorável aos brasileiros, Atlético-MG perde e está perto da eliminação na Libertadores

Acabou Libertadores?

Goleado pelo Cerro Porteño, Atlético-MG não depende apenas de si para seguir na Libertadores.

Foto: Bruno Cantini / Atlético

A bola rolou pela Copa Libertadores na última terça e quarta-feiras, dias 9 e 10, e foi um sucesso para quem acreditou nos odds indicados pelo Ganhador para Internacional x Palestino, Athletico-PR x Tolima, Grêmio x Rosário Central, Palmeiras x Junior Barranquilla e Cruzeiro x Huracán: vitórias absolutas dos conjuntos brasileiros. A única excessão da rodada foi o Atlético-MG que foi derrotado pelo Cerro Porteño e somando três derrotas em quatro jogos vê a classificação aos mata-mata cada vez mais distante – pelo lado das apostas, entretanto, novo acerto deste Ganhador que cravou a derrota do Galo como a melhor opção para o jogo. Vindos de derrotas nas rodadas anteriores, Grêmio e Palmeiras se recuperaram e seguem vivos na disputa pelos mata-mata. Invicto no torneio, o Internacional suou, mas voltou a vencer com grande atuação de Guerrero e Nico López e já está garantido na fase eliminatória, assim como o Cruzeiro que conquistou a quarta vitória em quatro jogos e briga com o Cerro pela melhor campanha geral na fase de grupos.

Fechando a participação brasileira na rodada dos grupos da Libertadores, o Flamengo recebe o San José nesta quinta-feira, dia 11, a partir das 21 horas no Maracanã e nós te damos as melhores dicas de apostas para este jogo.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Internacional e Cruzeiro já estão nos mata-mata

Cruzeiro 4 x 0 Huracán

O Ganhador, com números do Bodog, indicou e já está virando rotina: mais uma vez o Cruzeiro teve uma atuação consistente na temporada e com três gols de Fred – ainda no primeiro tempo – chegou à sua quarta vitória em quatro jogos pela Libertadores computando um aproveitamento de 100% e apresentando uma defesa que, ao lado da zaga do San Lorenzo, ainda não sabe o que é sofrer gols no torneio continental. Dodô, no segundo tempo, fechou a goleada cruzeirense. Com os três gols marcados na quarta-feira, Fred soma agora 14 gols em 14 jogos – média artilheira de um gol por jogo que vem ajudando a manter os bons odds da equipe nas principais casas de apostas. O resultado colocou a Raposa na próxima fase da competição e pode garantir o primeiro lugar no Grupo B caso o Deportivo Lara não vença o Emelec na noite desta quinta, dia 11. A disputa pela melhor campanha na classificação geral segue acirrada com o Cerro Porteño que tem os mesmos 12 pontos em quatro jogos.

Internacional 3 x 2 Palestino

O que parecia fácil ficou difícil, mas Paolo Guerrero e Nico López definiram a favor do Internacional na última terça-feira e garantiram a classificação colorada aos mata-mata da Libertadores. Patrick abriu o placar no Beira-Rio aos 10 minutos do primeiro tempo com Patrick aproveitando cruzamento de Nico López. Aos 21, o uruguaio acionou Guerrero que guardou o seu. Aos 40, Julián Fernández descontou para os visitantes. No primeiro minuto do segundo tempo, Passerini, aproveitando cruzamento de Rosende, deixou tudo igual. O empate tirou o ânimo dos donos da casa que diminuíram o ritmo. Mas a noite era mesmo de Nico e Guerrero: aos 20 minutos a dupla funcionou novamente e o peruano aproveitou de cabeça o cruzamento do uruguaio para recolocar o Internacional na frente. Houve tempo para o pilhado Guilherme Parede – que entrou no lugar de Patrick aos 14 minutos –, ser expulso aos 35 após levar o segundo cartão amarelo. Mas o Colorado soube aguentar-se na defesa com um a menos, garantir a vitória, seguir invicto no torneio e garantir sua vaga para os mata-mata.

 

Palmeiras e Grêmio se recuperam

Palmeiras 3 x 0 Junior Barranquilla

Ainda sofrendo os reflexos da eliminação no Campeonato Paulista, o ônibus do Palmeiras foi recebido com pedras por parte ruidosa e violenta de sua torcida, que abraça a selvageria com prazer, na chegada ao Allianz Parque para o jogo contra o Junior Barranquilla pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. A ação – que também mirou a patrocinadora (maior responsável pelo elenco caro e qualificado que Felipão têm à disposição) – em nada afetou o desempenho da equipe em campo que alternou bons e maus momentos em um jogo que teve espaço para alguma emoção. Nos bons momentos, Deyverson aproveitou o rebote do rebote para, aos 19 minutos do primeiro tempo, abrir o placar. Com a vantagem, o Verdão recuou mas foi pouco ameaçado pelo Junior Barranquilla. Aos nove minutos do segundo tempo, Dudu aproveitou rápida cobrança de falta de Bruno Henrique e aumentou para o Palmeiras. Aos 44, Hyoran aproveitou passe de calcanhar de Dudu para fechar o placar. Com o resultado, o Palmeiras precisa agora de mais um ponto – em seis possíveis – para se garantir nos mata-mata.

Grêmio 3 x 1 Rosário Central

Foram necessárias quatro rodadas na fase de grupos da Libertadores para que o Grêmio conquistasse a sua primeira vitória na competicão. E o triunfo veio na melhor hora. A vitória por 3 a 1 contra o Rosário Central, associada à virada do Libertad sobre a Universidad Católica (3 a 1) recolocou o Imortal na luta por uma das duas vagas do Grupo H para os mata-mata. Fazendo um jogo melhor do que suas últimas apresentações e contando com gols de Jean Pyerre e Léo Gomes (2) além de uma atuação quase brilhante de Éverton, o time comandado por Renato Gaúcho depende apenas de si para avançar à próxima fase: precisa de duas vitórias.

 

Athletico-PR 100% em casa contrasta com o Atlético-MG quase eliminado

Athletico-PR 1 x 0 Tolima

Com 100% de aproveitamento na Arena da Baixada pela Libertadores, o Athletico-PR venceu o Tolima na última terça-feira, dia 9, e está agora há dois pontos (em seis possíveis) da classificação para a fase de mata-mata. Após um primeiro tempo de muito controle de bola, mas sem conseguir furar a defesa da equipe colombiana, o Furacão voltou mais disposto para a etapa final e pressionando o Tolima. Apesar disso, o gol só veio aos 33 minutos do segundo tempo, em finalização de Bruno Guimarães que desviou e tirou o goleiro Montero da jogada. Vitória magra, mas suficiente para deixar a vaga atleticana muito bem encaminhada.

Cerro Porteño 4 x 1 Atlético-MG

O gol de Ricardo Oliveira, no começo do jogo, alimentou no torcedor do Galo a esperança de mais uma bom resultado na Copa Libertadores. Pura ilusão. O começo promissor deu lugar a um verdadeiro show de horrores mineiro com falhas bisonhas no sistema defensivo do Atlético-MG que resultaram na goleada do Cerro Porteño em 14 minutos – tempo que a equipe levou para fazer os 4 gols da partida ainda no primeiro tempo. Controlando o jogo na etapa final, o Cerro esteve mais perto de fazer o quinto gol do que o Galo de diminuir o estrago. Um resultado que praticamente tira o alvinegro da disputa da Libertadores: para se classificar, o Atlético-MG precisará vencer os dois jogos restantes e ainda torcer para o Nacional-URU não pontuar na última rodada e tirar a diferença no saldo de gols. Muito difícil – para não dizer impossível.

E com a cabeça inchada pela surra, o Galo começa a decidir o título do Campeonato Mineiro neste final de semana contra um Cruzeiro mais do que embalado.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar