Seleção Brasileira

Outra vez favorito, Brasil encara a Nigéria tentando esquecer o fiasco contra Senegal no amistoso em Singapura

Após jogo fraco contra Senegal, Brasil quer se recuperar diante da Nigéria

Após empate contra Senegal, Brasil tem nova chance de voltar a vencer após a conquista da Copa América.

Foto: Reprodução

Sem conseguir vencer desde a conquista da Copa América – em três jogos, dois empates e uma derrota – a seleção brasileira volta a campo na manhã deste domingo, dia 13, para medir forças com a seleção da Nigéria no segundo amistoso de qualidade duvidosa agendado para o Estádio Nacional de Singapura. No duelo contra Senegal, na última quarta-feira, decepcão: favorita segundo as principais casas de apostas, a equipe do técnico Tite ensaiou um baile em cima dos sul-africanos apostando na marcação alta e abrindo o placar logo aos nove minutos do primeiro tempo. Mas ficou apenas no ensaio. Com a vantagem, Neymar e companhia recuaram, chamaram os senegaleses para o seu campo, abusaram do toque lateral e, merecidamente, levaram o empate que, no balanço final, até ficou barato. Para este final de semana – segundo os números do Bodog –, o Brasil é, mais uma vez, favorito. O problema é que teoria é uma coisa e prática é outra bem diferente.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$600

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1000

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

100%

ATE

$1,000

Saque em 1-2 - Dias

Brasil (R$ 1,34) x (R$ 9,00) Nigéria

Brasil e Nigéria se enfrentam neste domingo no segundo amistoso da excursão brazuca pela Ásia. O duelo, marcado para o Estádio Nacional de Singapura, tem início as 9 horas da manhã (Brasília) neste domingo, dia 13, com transmissão da TV Globo e do SporTV. Após o tropeço contra Senegal na última quarta-feira, dia 9, o técnico Tite deverá promover mudanças no time titular tentando sua primeira vitória desde a conquista da Copa América 2019. No papel – e nos números do Bodog – o Brasil é, mais uma vez, grande favorito.

 

Como chega o Brasil para o jogo?

Pentacampeões mundiais, os brasileiros sempre entram como favoritos contra seleções de menor expressão mundial – caso de Senegal e Nigéria, adversários dos amistosos marcados para esta excursão por Singapura. Mas os atuais campeões da Copa América não confirmaram o favoritismo apontado aqui e ficaram no empate em 1 a 1 com os senegaleses em mais uma atuação pra lá de criticada dos comandados de Tite que saíram na frente e como um time qualquer recuaram, tentando compactar as linhas defensivas e apostando em passes laterais que não servem para absolutamente nada. Tivesse Senegal um pouco mais de qualidade e o Brasil teria sido vergonhosa e merecidamente derrotado.

Racionalmente falando, entretanto, uma seleção Brasileira que conta com os serviços de Neymar – um desastre fora de campo, mas ainda craque com a bola nos pés e a cabeça no lugar – Roberto Firmino, Arthur, Gabriel Jesus, entre outros, é sempre favorita. Apesar disso, o time não vem jogando bem, o que obrigará Tite a fazer mudanças. Duas delas serão certas: Renan Iodi entra na lateral-esquerda no lugar de Alex Sandro e Everton Cebolinha entra na posição de Neymar, que passará para o meio e mandará Philippe Coutinho para o banco de reservas.

O favoritismo existe e não pode ser ignorado. Mas a seleção como um todo precisa mudar de atitude se quiser mesmo conquistar sua primeira vitória no pós-Copa América.

 

Como chega a Nigéria para o jogo?

Na prática, o amistoso deste domingo tem mais importância para a Nigéria do que para o Brasil. Os nigerianos, que não entram em campo com sua seleção principal desde a disputa do terceiro lugar na última Copa das Nações Africanas, encaram o jogo como preparação para as eliminatórias da edição 2021 da Copa das Nações Africanas, que começa em novembro. Deverão, portanto, deixar de lado o aspecto “amistoso” da partida e jogar “sério” – coisa que pode complicar muito os planos da equipe de Tite e desequilibrar os odds do duelo.

 

Melhor palpite para Brasil x Nigéria

Mesmo apresentando um futebol muito abaixo do que pode pela qualidade dos jogadores que tem, vale a pena insistir no favoritismo do Brasil apontado pelo Bodog e no retorno de R$ 1,34 para cada real investido. Diante dos vacilos da zaga canarinho, arriscar um resultado final com gols das duas equipes a R$ 2,25 é uma boa opção para mais que dobrar o investimento.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar