Mineiro

Cruzeiro x América-MG; Atlético-MG x Boa Esporte: palpites e prognósticos dos duelos que definem os finalistas do Campeonato Mineiro

Irregular

Dono da melhor campanha na primeira fase, o Atlético-MG precisa apenas de um empate contra o Boa Esporte para chegar a final do Campeonato Mineiro

Foto: Bruno Cantini / Atlético

O Campeonato Mineiro conhecerá seus finalistas neste final de semana após os embates entre Cruzeiro x América-MG (3 a 2 para a Raposa na ida) e Atlético-MG x Boa Esporte (empate sem gols no primeiro duelo). Raposa e Coelho abrem a rodada no sábado, dia 6, a partir das 19 horas no Mineirão e os mandantes têm amplo favoritismo segundo os números do Bet365 que dão 1,57/1,00 para o caso de vitória cruzeirense contra 5,00/1,00 para o triunfo do América-MG que deverá entrar em campo com desfalques na lateral-esquerda e no meio-campo (o Cruzeiro, por sua vez, deverá ter força máxima e ainda contar com o reforço do recém-chegado Pedro Rocha como opção no banco de reservas).

As principais casas de apostas ainda não divulgaram os odds para Atlético-MG x Boa Esporte, mas é chover no molhado dizer que o Galo, dono da melhor campanha da primeira fase – apesar dos sustos que vem tomando na Libertadores – entra em campo como favorito a chegar na grande final. Saberemos a resposta derradeira no domingo, dia 7, a partir das 16 horas, também no Mineirão.

Melhores sites de apostas

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+4

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$150

Bônus

+3

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

Transmissão

ao Vivo

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$200

Bônus

+2 More

Saque em 1-2 - Dias

Saque em

1-2

Dias

R$777

Bônus

+8 More

Saque em 1-2 - Dias

(1,57) Cruzeiro x América-MG (5,00)

O Cruzeiro vai para o jogo deste sábado trazendo na mochila uma invencibilidade de 16 jogos em 2019 e o embalo de três vitórias seguidas nas primeiras três rodadas da fase de grupos da Libertadores – é o único time brasileiro com 100% de aproveitamento na competição. O América-MG tem a seu favor a semana livre de jogos onde o técnico Givanildo Oliveira pôde aprimorar a parte técnica e recuperar fisicamente o time. O que não livra o Coelho de desfalques para o jogo deste sábado, dia 6, a partir das 19 horas no Mineirão.

 

Por que o Cruzeiro é o favorito?

Deixando de lado as evidentes diferenças de elenco, o favoritismo do Cruzeiro para o jogo de volta das semifinais do Campeonato Mineiro neste sábado, dia 6, a partir das 19 horas no Mineirão fica evidente nos números da equipe nesta temporada. São 13 jogos sem derrotas no estadual e três vitórias nas primeiras três rodadas da Libertadores – ou, de outra forma, uma invencibilidade de 16 jogos em 2019.

A defesa cruzeirense é um capítulo à parte: a equipe não sofreu gols nos jogos contra Huracán, Deportivo Lara e Emelec pela Libertadores. Pelo Campeonato Mineiro, sofreu sete gols: um para o Guarani-MG, Atlético-MG e URT, além de dois para Boa Esporte e América-MG. E, não, você não está lendo errado: foram apenas sete gols em 16 jogos, números que dão à zaga da Raposa uma eficiência de quase 70%.

Vindo do mundo árabe, o meia Rodriguinho é um dos destaques do time (como foi em sua passagem pelo Corinthians). Vice-artilheiro da equipe na temporada com sete gols, ele vem driblando dores lombares desde o jogo contra o Deportivo Lara. Poupado no jogo de ida contra o América-MG, foi o autor do gol da vitória contra o Emelec nesta semana e deverá estar em campo no sábado. Como não há motivo para ser mesquinho com as boas notícias, o atacante Pedro Rocha já está inscrito no BID da CBF e ficará à disposição do técnico Mano Menezes para o duelo que vale vaga na final do Mineirão.

É todo este poder de fogo que o Coelho terá pela frente.

 

Por que o América-MG é o azarão?

Para chegar à final do Campeonato Mineiro o América-MG precisará quebrar um tabu de 26 anos: a última vitória por dois gols de diferença do Coelho sobre a Raposa como visitante, no Mineirão, foi nos 3 a 1 aplicados em maio de 1993. Em março de 1996 o América-MG conquistou uma vitória por 3 a 0 sobre o Cruzeiro como visitante, mas o jogo foi realizado em Varginha e não no Mineirão.

Além do tabu, o Coelho precisará lidar com o entra e sai em suas laterais. Desfalque no primeiro confronto, o lateral-direito Leandro Silva treinou normalmente na última quinta-feira e deverá estar em campo no sábado. Do lado esquerdo, porém, João Paulo não foi ao gramado por conta de uma fadiga muscular. Caso não se recupere, Sávio, ex-Londrina, poderá ser escalado no setor. Outro desfalque é o volante Juninho que também não treinou em campo e poderá ser mais uma ausência no jogo de sábado.

Com tantos problemas, a missão do América-MG não será das mais fáceis, mas vale lembrar que apenas uma derrota separou as campanhas do Coelho e da Raposa na fase de grupos. O Cruzeiro é favorito, sim, mas o Coelho não é bobo, não.

Melhor palpite para Cruzeiro x América-MG

O cenário é todo favorável ao Cruzeiro no jogo decisivo deste sábado, dia 6. Todas as vantagens de placar e de momento estão do lado do time treinado por Mano Menezes. Por isso, é muito difícil não investir sem sustos na indicação do Bet365 de vitória cruzeirense a 1,57/1,00 (retorno de R$ 157,00 em uma aposta de R$ 100,00). Se quiser arriscar – e aumentar os lucros – crave o placar exato de 1 a 0 a favor da Raposa (6,50/1,00) ou o não improvável 2 a 0 (7,00/1,00).

 

Atlético-MG x Boa Esporte: Favorito, Galo deve chegar à final sem sustos

Irregular da Libertadores – mas vindo de uma vitória emocionante e de virada na última quarta-feira, dia 3, em cima do Zamorano por 3 a 2 – o Atlético-MG vai a campo neste domingo, dia 7, a partir das 16 horas enfrentar o Boa Esporte em busca da tal “regularidade” pedida por Levir Culpi. Sem brechas para seguir fazendo experimentos no time, o treinador deverá, à partir de agora, investir em uma escalação-base procurando dar a equipe “corpo” para aguentar a dura sequência de jogos que virão daqui até o final da temporada. Infelizmente, porém, o professor não poderá repetir a escalação que arrancou a heróica virada contra o Zamora no meio de semana: o volante Zé Welison cumprirá suspensão pelo cartão vermelho recebido no primeiro jogo contra o Boa Esporte. Jair também está fora por causa do terceiro amarelo. Desse modo, Adilson e Elias deverão ser os titulares no meio de campo.

O Boa Esporte vai para o jogo contra o Atlético-MG como um franco-atirador, uma equipe que não tem nada a perder – em uma análise fria, foi mais longe do que muitos poderiam imaginar no início do Campeonato Mineiro. A única boa notícia para a equipe do interior de Minas – além, é claro, do patrocínio pontual fechado com a Krona – Tubos e Conexões – é o fato de que a equipe entrará em campo com força máxima. Com cinco jogadores pendurados com dois catões amarelos, o Boa passou ileso pelo primeiro jogo – apenas Ferreira, que não estava pendurado, levou o cartão amarelo no jogo de ida. O lateral-esquerdo Tsunami, os volantes César Sampaio e Gabriel Vieira, o meia Claudeci, o atacante Jayme e Lucas Gomes, que ficou no banco, passaram ilesos e estão aptos para a partida decisiva no próximo domingo, dia 7.

Melhor palpite para Atlético-MG x Boa Esporte

Embora os odds ainda não tenham sido divulgados, é difícil imaginar que o Atlético-MG, mesmo passando por grandes instabilidades, não feche as semifinais com uma vitória sobre a equipe de Varginha. Meu palpite é uma vitória por 1 a 0 sem sufocos, mas também sem brilho. Isso fica para a final contra a Raposa.

 

Semifinais do Campeonato Mineiro – jogos de volta

Sábado, 6 de abril de 2019

  • 19:00 – Cruzeiro (1,57)  x (5,00) América-MG. Empate: 3,60

Domingo, 7 de abril de 2019

  • 16:00 – Atlético-MG x Boa Esporte*

*odds em breve

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar