Ganhador.com

Brasileirão Série A

Tentando se distanciar do Z-4, Vitória recebe embalado América-MG pela 22ª rodada do Brasileirão

Jogador do Vitória
FOTO: MAURICIA DA MATTA / EC VITÓRIA

Uma posição acima da zona da confusão, rubro-negros buscam segunda vitória consecutiva na competição para terem tranquilidade; Coelho quer ampliar invencibilidade na Série A

Vitória e América-MG abrem neste sábado (1º de setembro), às 16 horas, no estádio do Barradão, a 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A buscando distância da zona do rebaixamento. Depois de acabar com a sequência de cinco jogos sem triunfos em uma importante vitória sobre o Atlético Mineiro, o Leão da Bahia quer confirmar a mudança de postura no Nacional. O problema é que do outro lado há um adversário que não perde há três jogos e, inclusive, vem dando trabalhos aos líderes, como no recente empate com o Flamengo.

 

Vitória para embalar

Se lembrarmos o panorama do Vitória na rodada passada, a previsão não era nada boa para o clube baiano. Tendo a pior defesa do campeonato com 40 gols sofridos e ocupando a zona do rebaixamento, os rubro-negros pegavam um Atlético Mineiro em ascensão na tabela. Mas Paulo Cézar Carpegiani e sua trupe surpreenderam (inclusive a mim) e derrubaram o Galo, dono do melhor ataque do torneio com 36 gols, no Barradão. O gol de Léo Ceará (placar de 1×0) foi o suficiente para o clube sair do Z-4 e acalmar a torcida.

Quase uma semana depois e o clima na Toca do Leão é mais leve. O sinal de alerta ainda está ligado, uma vez que o time rubro-negro está na 16ª posição com 22 pontos, uma posição e um ponto acima da Chapecoense, que abre a zona de degola. Com os “pés no chão”, o Vitória espera conquistar o segundo triunfo consecutivo.

 

Elenco à disposição

Carpegiani vai para o seu quarto jogo no comando do Vitória tendo pela primeira vez a oportunidade de repetir a escalação titular. Depois de um começo desastroso, em que foi goleado pelo Palmeiras por 3×0 em pleno Barradão, o treinador fez diversas mudanças para o jogo contra o Flamengo. A equipe até caiu no Maracanã (placar de 1×0), mas as alterações surtiram efeito. Com a necessidade de novas mudanças para o embate com o Atlético-MG devido as lesões de Aderllan e Arouca, o treinador viu três garotos se destacarem: Lucas Ribeiro, Léo Gomes e Léo Ceará.

Apesar de algumas contratações ainda não terem estreado e até já saído, como Bruno Gomes, que veio em julho e já foi negociado com o Rio Ave, de Portugal, e Maurício Cordeiro, que acaba de chegar de Israel, o Leão deve repetir a formação vencedora contra o Galo, com: Ronaldo; Jeferson, Lucas Ribeiro, Ramon e Benítez; Léo Gomes, Rhayner, Rodrigo Andrade, Neilton e Yago; Léo Ceará.

 

Fator Adilson Batista

Uma das surpresas da Série A em 2018, o América-MG quer confirmar a boa fase em seu retorno à elite tupiniquim. Ocupando o nono lugar com 26 pontos, o Coelho tem mantido a distância para o Z-4, que é o objetivo principal do técnico Adilson Batista. A meta da equipe é clara: chegar aos 45 pontos, pontuação segundo o seu comandando necessária para escapar do rebaixamento.

Seis pontos acima da zona da confusão, o América está no Top 10 do Brasileirão. E, mesmo com a meta cautelosa, o clube já pode começar a pensar em garantir um lugar na próxima Copa Sul-Americana. Isso porque o Nacional oferece quatro vagas para o torneio continental (do sétimo, que hoje seria o Corinthians, ao 12º, posição ocupada atualmente pelo Botafogo).

Para isso acontecer, é preciso olhar com carinho para os números de Adilson Batista à frente do clube mineiro. Em sete partidas com o alviverde de Belo Horizonte, o ex-jogador acumula três vitórias, três empates e uma derrota. Triunfos sobre equipes que brigam pela parte de cima da tabela, como o Internacional (2×1), e igualdades, como o 0x0 contra o Palmeiras e 2×2 diante do Flamengo, fazem parte do aproveitamento de 57% do novo comandante no Coelho. Sem perder há três partidas, o América-MG promete ser um adversário duro de ser batido.

 

Palpite

O triunfo sobre o Atlético-MG aliviou momentaneamente a barra dos jogadores do Vitória, mas nada terá adiantado se a equipe não vencer o América-MG. O problema é que o Coelho costuma se comportar bem quando joga no contra-ataque, como nos empates contra Flamengo, Fluminense e Palmeiras. Com apenas três gols sofridos nos últimos cinco jogos, o time mineiro tem condições de segurar o instável ataque rubro-negro. É por isso que sugiro uma igualdade em Salvador.

 

Jogos da 22ª rodada do Brasileirão da Série A

Sábado, 1º de setembro

  • 16:00 – Vitória x América-MG – Palpite: Vitória
  • 16:00 – Grêmio x Botafogo – Palpite: Grêmio
  • 19:00 – Vasco x Santos – Palpite: Santos
  • 21:00 – Corinthians x Atlético-MG – Palpite: Atlético-MG

Domingo, 2 de setembro

  • 11:00 – Flamengo x Ceará – Palpite: Flamengo
  • 16:00 – Atlético Paranaense x Bahia – Palpite: Atlético Paranaense
  • 16:00 – São Paulo x Fluminense – Palpite: São Paulo
  • 16:00 – Sport x Paraná – Palpite: Sport
  • 19:00 – Cruzeiro x Internacional – Palpite: empate
  • 19:00 – Chapecoense x Palmeiras – Palpite: Palmeiras

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. São Paulo, 45 – Libertadores
  2. Internacional, 42 – Libertadores
  3. Flamengo, 41 – Libertadores
  4. Palmeiras, 37 – Libertadores
  5. Grêmio, 37 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 34 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 30 – Sul-Americana
  8. Corinthians, 29 – Sul-Americana
  9. América-MG, 26 – Sul-Americana
  10. Fluminense, 26 – Sul-Americana
  11. Bahia, 25 (um jogo a menos) – Sul-Americana
  12. Botafogo, 25 – Sul-Americana
  13. Atlético Paranaense, 24 (um jogo a menos)
  14. Santos, 24 (um jogo a menos)
  15. Vasco, 24 (um jogo a menos)
  16. Vitória, 22
  17. Chapecoense, 21 (um jogo a menos) – Zona de rebaixamento
  18. Sport, 20 – Zona de rebaixamento
  19. Ceará, 17 – Zona de rebaixamento
  20. Paraná, 15 – Zona de rebaixamento

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar