Ganhador.com

Carioca

Taça Guanabara: Botafogo tenta superar sufoco e chegar às semifinais

Botafogo Taça Guanabara
Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Estrela Solitária tem encontro decisivo contra o Boavista às 17h (de Brasília) de domingo (28), no Estádio Nilton Santos         

A Taça Guanabara é a Taça Sofrimento para Botafogo, Fluminense e Vasco. Mostrando que, exceto o Flamengo, não há diferença entre os pequenos e os grandes no Campeonato Carioca, o Botafogo sofreu até a última bola para vencer o Macaé por 2×1 na última quinta-feira (25). O Alvinegro saiu na frente com Arnaldo, aos seis minutos do segundo tempo. O veterano Pipico empatou para o Macaé aos 26; e o placar final foi decretado aos 29 com o gol de Brenner.

O Macaé não se acovardou e foi para cima, exigindo bastante do goleiro Jefferson, que demonstrou segurança para frear as investidas do valente time adversário. Foi a primeira vitória do Fogão no Carioca – o time vinha de dois empates nas duas primeiras rodadas.

 

Matemática simples

Somando agora cinco pontos, o Botafogo está na segunda colocação do seu grupo – o líder, o Boavista, está com seis. E os dois se cruzam neste domingo (28) às 17h (de Brasília) no Estádio Nilton Santos, onde o Alvinegro é sempre o favorito pelo Campeonato Carioca.

A vitória é essencial para o Botafogo por duas razões. A primeira é vencer de vez a desconfiança do torcedor, que ainda não está entregando a este time o mesmo carinho da temporada passada, quando o grupo comandado pelo técnico Jair Ventura só foi eliminado da Libertadores da América nas quartas de final – e ainda por cima pelo Grêmio, que se tornaria o campeão da competição.

O segundo motivo que torna a partida deste domingo (28) bastante especial é a possibilidade de assegurar até mesmo a vaga antecipada para as semifinais da Taça Guanabara. A rodada deste final de semana será a quarta de um total de cinco.

Embora seja visto com certa desconfiança, o atual treinador, Felipe Conceição, tem conseguido fazer o Botafogo render o suficiente para estar em uma situação ao menos intermediária. Não está tão bem como o Flamengo, que soma nove pontos em nove possíveis, mas tampouco passa pelos vexames de Vasco (só três pontos) e Fluminense (dois).

“É um processo de evolução. Quanto mais a gente jogar, mais a gente vai evoluir. A gente produziu muito bem até os 30 do primeiro tempo, depois deu uma caída, o que é normal nesse início de temporada, mas começamos o segundo tempo bem. A equipe foi valente”, comentou o treinador. “No início da temporada, a gente sofre mais do que as equipes de menor investimento. Acho que vai ser assim até o fim da Taça Guanabara.”

Felipe admitiu que o grande ponto positivo da vitória contra o Macaé foi o fim da incerteza vivida pelo Alvinegro. “O resultado é sempre importante, sobretudo porque dá confiança aos jogadores e à torcida. Mas a gente estava muito consciente da evolução da equipe a cada jogo, a cada trabalho e treinamento”, concluiu.

 

Boavista se vê diante de chance única

Decisivo para o Botafogo, o jogo de domingo é decisivo também para o Boavista, que tem uma oportunidade rara para qualquer clube de seu porte: assegurar a vaga antecipada para a semifinal, mesmo atuando diante de um grande como o Botafogo.

O Boa até aqui somou duas vitórias – ante Fluminense e Volta Redonda – e uma derrota, para o Macaé, em um magro e brigado 1×0. O técnico Eduardo Allax confia que a chance de colocar a equipe entre os quatro semifinalistas da Taça Guanabara pode ser um importante fator emocional para a partida do Estádio Nilton Santos.

“Vamos armar um esquema de jogo que permita que a gente saia com a vitória contra o Botafogo”, afirmou. “Chegamos até aqui com humildade e com muito trabalho, e é claro que não podemos mudar as nossas características às vésperas de uma partida tão importante. O grupo reagiu de uma forma positiva à derrota para o Macaé. Todos demonstraram muita insatisfação e muita vontade de dar a volta por cima. Mantivemos a nossa cabeça no lugar.”

“O futebol permite que você aprenda bastante com as derrotas, e este jogo contra o Macaé certamente vai nos servir para colocar em prática coisas novas contra o Botafogo e tentar este resultado que seria tão importante para nós”, concluiu.

 

Jogos da 4ª rodada da Taça Guanabara 2018

Sábado, 27 de janeiro

  • 17:00 – Flamengo x Vasco – Palpite: Empate

Domingo, 28 de janeiro

  • 16:30 – Bangu x Nova Iguaçu – Palpite: Bangu
  • 16:30 – Macaé x Portuguesa – Palpite: Empate
  • 17:00 – Botafogo x Boavista – Palpite: Botafogo
  • 19:00 – Madureira x Fluminense – Palpite: Fluminense

Segunda-feira, 29 de janeiro

  • 19:30 – Volta Redonda x Cabofriense – Palpite: Cabofriense

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar