Ganhador.com

Paulista A1

Série A1: Derrotado na Libertadores, Santos quer se recuperar em cima do Corinthians no Campeonato Paulista

Enfrentando o “rei dos clássicos”, Santos de Jair Ventura quer provar que o jogo contra o Real Garcilaso foi um ponto fora da curva

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Jair Ventura mede forças com Fábio Carille que desde que assumiu o Timão em 2017 perdeu apenas um clássico contra os grandes de São Paulo – justamente o Santos no segundo turno do Brasileirão passado.

Após passearem pela América e fazerem suas estreias na Copa Libertadores, Santos, Corinthians e Palmeiras voltam a campo pela 10ª rodada do Campeonato Paulista dispostos a deixarem suas vagas às quartas de final do estadual ainda mais garantidas. Menos pressionado, o São Paulo que voltou a vencer pela Copa do Brasil no meio de semana encara a Linense – e que Dorival Júnior não se descuide: um novo tropeço, apesar da vitória sobre o CRB, trará de volta a fúria da turba tricolor que urra nas arquibancadas do Morumbi pedindo sua cabeça.

Os clubes do interior também chegam a um momento de definição no campeonato. No Grupo B, Ponte Preta, São Caetano e Santo André (e, sendo bem realista, o São Paulo também) seguem na briga aberta pelas duas vagas. Apenas 3 pontos separam o 4º colocado (Santo André, 8) do líder São Paulo (11 pontos). A Macaca e o Azulão estão empatados com 10 pontos cada. No Grupo A, Ituano e Bragantino seguem disputando uma das vagas e a combinação de resultados pode, inclusive, colocar o Corinthians no 2º lugar do grupo. Pelo Grupo C, São Bento, Novorizontino e Ferroviária ainda têm chances de ficar com uma das vagas – o 1º lugar já é do Palmeiras. E no Grupo D, apenas 2 pontos separam Botafogo, Red Bull Brasil e Mirassol na briga pelo 2º lugar – com 5 pontos de vantagem, o Santos praticamente tem a primeira colocação assegurada.

 

Clássico alvinegro

Enquanto que o Corinthians voltou da Colômbia com um empate – que poderia muito bem ter sido uma vitória – na bagagem pela primeira rodada da fase de grupos da Libertadores (leia aqui), o Santos, em sua pior apresentação no ano, sucumbiu na altitude de Cusco (3.400 metros acima do nível do mar) e estreou com derrota diante do Real Garcilaso, do Peru. Mostrando que não há moleza no futebol, com um dia a menos de descanso e um retorno mais cansativo ao Brasil, o Peixe de Jair Ventura receberá o Alvinegro de Fábio Carille no estádio do Pacaembu (domingo, 4, a partir das 17 horas) em seu último clássico na primeira fase do Paulistão. A “pimenta” do jogo fica por conta do histórico de Carille em clássicos: desde que assumiu o comando do Corinthians em 2017, o “professor” não perdeu para os outros três grandes do Estado pelo Paulistão. Somando todas as competições, foram até aqui 12 partidas disputadas com 8 vitórias, 3 empates e apenas uma derrota – curiosamente, contra o Santos no returno do Campeonato Brasileiro de 2017.

Jogando muito, mas muito abaixo do que pode, o Santos ofereceu pouca resistência ao Real Garcilaso em Cusco na derrota por 2 a 0 na última quinta-feira. Na coletiva ao final do jogo, Jair Ventura reconheceu a exibição abaixo da crítica de seus comandados e afirmou que o foco agora era o clássico de torcida única e casa cheia (30 mil ingressos já foram vendidos) contra o Timão pelo Campeonato Paulista.

“Agora é descansar. Nós completamos nosso décimo jogo no ano. Sabemos da força do Corinthians. Eles tiveram um dia a mais de descanso, nossa altitude foi maior, mas temos de superar isso tudo para voltar à sequência boa de vitórias que estamos dentro do Paulistão. Hoje foi uma situação atípica, não tirando o mérito do Real, mas sim por conta da altitude” disse ainda no Peru.

Exceto por Gabigol – suspenso em função do 3º cartão amarelo –, o Santos não deverá ter desfalques para receber o Timão neste domingo. A tendência é que Arthur Gomes assuma a vaga de centroavante (Bruno Henrique segue se recuperando da lesão no olho sofrida no início do estadual).

O Corinthians desembarcou na madrugada desta sexta-feira em seu retorno da Colômbia. Com um dia à mais de preparação em relação ao Santos para o clássico, o elenco Alvinegro deverá fazer um trabalho regenerativo hoje e um treino tático no sábado com foco na adaptação do time à nova formação proposta por Fábio Carille que dispensa o “camisa 9” no comando de ataque. Com o retorno de Rodriguinho, Matheus Vital – que fez uma partida discreta contra o Millonarios – deverá voltar para o banco. No mais, o Corinthians deverá ser o mesmo que venceu o Palmeiras na rodada anterior.

Palpite para Santos x Corinthians

É chover no molhado dizer que os dois times irão cansados para o jogo deste domingo. Entretanto, se quiser manter a primeira colocação no Grupo A, sem sofrer riscos, o Corinthians precisa da vitória. Com 16 pontos, o Timão vê o Ituano (14) muito perto e um tropeço contra o Santos pode complicar as coisas pro time do Parque São Jorge. E mais: a combinação de resultados, pode deixar o atual campeão paulista no 2º lugar do grupo a apenas 1 ponto de distância do Bragantino (3º colocado). Analisando apenas a “situação de grupo”, o Santos chega mais tranquilo para o jogo, mas precisando dar uma “resposta” diante da má-atuação contra o Real Garcilaso – que teve sim, influência da altitude, mas nem toda a “ruindade” santista pode ser creditada aos 3.400 metros. O Santos jogou muito mal desde  os primeiros movimentos em Cusco e não foi goleado por pura sorte.

Para o jogo deste domingo, a defesa bem montada do Peixe – que não costuma fazer duas partidas ruins em seguida – deve complicar a vida do Timão que segue jogando sem um centroavante. O empate parece o resultado mais razoável diante de todo o contexto do jogo, mas uma vitória corintiana não será uma surpresa.

 

A pressão diminuiu (por enquanto)

Dorival Júnior mexeu no São Paulo no duelo contra o CRB pela Copa do Brasil e se deu muito bem. Com Jean – destaque no gol do Bahia pelo Campeonato Brasileiro do ano passado – no lugar de Sidão (que sentiu a coxa no aquecimento), Diego Souza (vai que assim ele entende que não é centroavante) e Nene no banco, o Tricolor foi (finalmente!) rápido no ataque e, apesar da insegurança em alguns momentos (algo natural diante do contexto atual do time) e de Cueva – outro que pede passagem para o banco – perder mais um pênalti, garantiu uma importante vitória por 2 a 0. O resultado – e a visível evolução no time com a nova formação – aliviaram a pressão em cima do técnico. Neste domingo, dia 4, a partir das 19:30, o Tricolor enfrenta a Linense – lanterna na classificação geral – pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. É a chance perfeita para Júnior consolidar sua nova formação, conquistar mais uma vitória, reafirmar seu controle sobre o elenco e abafar qualquer sinal de “rebeldia” que possa vir do pesado banco sãopaulino. Um tropeço, entretanto, jogará o professor de novo no ciclo sem fim de “burro-fora-time-sem-vergonha” que atormenta o Morumbi há bastante tempo.

 

Verdão segue tranquilo

Sobrando no Paulistão, o Palmeiras chega para o jogo contra o São Caetano (segunda-feira, 5, a partir das 20:30) embalado por uma excelente vitória por 3 a 0 contra o Junior Barranquilla na Colômbia na última quinta-feira. Com a enorme vantagem no Grupo C – 7 pontos à frente do São Bento, 2º colocado – o técnico Roger Machado poderá “rodar” seu gigantesco elenco e experimentar uma nova formação, poupando alguns dos atletas que atuaram pela Libertadores. Pode ser, por exemplo, a chance de Gustavo Scarpa jogar 90 minutos e de Moisés voltar ao time – ao lado, talvez, de Tchê-Tchê que não jogou na Colômbia. Se optar mesmo por uma formação diferente da habitual, o Palmeiras poderá dar alguma chance ao São Caetano, que vem de duas vitórias seguidas, entrou na briga por uma das vagas do Grupo B e pode, sim, arrancar um empate diante de um eventual “Palmeiras B”. Mas, se vier com tudo que tem, o Verdão atropela o Azulão no Allianz Parque na próxima segunda.

 

Jogos e palpites da 10ª rodada do Campeonato Paulista

Sexta-feira, 02/03/2018

  • 19:15 – Ferroviária x Mirassol – Apresentando os mesmos 10 pontos na classificação geral e o mesmo desempenho nos jogos, Ferroviária e Mirassol abrem, hoje, a 10ª rodada do Paulistão. Dona da casa, a Ferroviária deve conquistar os 3 pontos e dificultar um pouco a vida do Mirassol que pode voltar a brigar contra o Z-2.

Sábado, 03/03/2018

  • 16:30 – Red Bull Brasil x São Bento – Dono da defesa menos vazada do Paulistão com apenas 6 gols sofridos, o São Bento viaja até Campinas para enfrentar o RBB que segue próximo do Z-2. Com um ataque razoável (9 gols) e uma defesa nem tanto (8 gols sofridos), os donos da casa terão problemas para furar a boa defesa do São Bento que poderá voltar para casa comemorando mais um empate.
  • 19:00 – Santo André x Botafogo – Vivo na briga por uma das vagas no Grupo D, o Botafogo não deverá tomar conhecimento da luta do Santo André contra o rebaixamento. Leva os 3 pontos da vitória para Ribeirão Preto e bagunça mais um pouco a vida dos donos da casa.
  • 21:30 – Novorizontino x Ituano – Duas equipes que estão vivas na luta por uma das vagas em seus grupos. Um dos “reis do empate” (5 até aqui), o Ituano é, ao lado do Palmeiras, o time que menos perdeu na competição – apenas uma derrota. Encarando a defesa ruim do Novorizontino (12 gols sofridos), os visitantes têm grandes chances de conquistar os 3 pontos.

Domingo, 04/03/2018

  • 17:00 – Santos x Corinthians – palpite: empate
  • 19:30 – Linense x São Paulo – palpite: São Paulo

Segunda-feira, 05/03/2018

  • 20:00 – Ponte Preta x Bragantino – Duas equipes que também estão vivas na luta por uma das vagas em seus grupos. A Macaca vem de uma série de quatro empates e uma derrota (na última rodada) enquanto que o Bragantino, nos últimos cinco jogos, acumulou três empates, uma vitória e uma derrota. Com defesas relativamente boas (apenas 7 gols sofridos) e ataques fracos (a Ponte fez 6 gols e o Bragantino 7 até o momento), o duelo da próxima segunda-feira tem um cheiro bem forte de empate.
  • 20:30 – Palmeiras x São Caetano – palpite: Palmeiras

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar