NBA

O que será de Houston e Cleveland?

LeBron James Cleveland Cavaliers
Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Com cada cesta de Lebron James e James Harden dava a impressão que o placar não mudava.

Lebron anota 42, e Cleveland leva uma goleada.  Harden mete 41, e Houston é atropelado em casa.

Os dois melhores jogadores da temporada, frustrados e derrotados.

Houston aprendeu sua lição no jogo 2.  A bola girou, o ataque teve mais ritmo, e menos dribles, e os coadjuvantes participaram e foram ganhando confiança com cada jogada.

Tucker, Ariza e Gordon for cruciais para o sucesso da equipe o ano inteiro.  Eles brilharam no jogo 2.  É por isso que Houston venceu.  Mesmo assim, o mando de quadra agora é dos Warriors.

Em Boston, Lebron anotou 21 pontos no primeiro período do jogo 2. Eu achava que ele ia meter uns 55 pontos.  O período inicial foi simplesmente especial.

Mas sabe qual é o problema?  Ele gastou toda aquela energia, e Cleveland só vencia por 27-23 depois de 12 minutos.

Nos playoffs, não adianta. Times talentosos, que trabalham a bola, se dedicam na defesa e têm vários protagonistas vencem equipes com apenas um jogador dominante.  É só perguntar para o Michael Jordan (Hello, Pippen).

No jogo 2, Jaylen Brown anotou 14 pontos no primeiro quarto, Rozier teve 14 no terceiro.  Horford faz um pouco de tudo, Jayson Tatum assumiu a dianteira durante uma arrancada no segundo tempo, enquanto Marcus Smart mergulhava para todos os lados da quadra, levando a torcida ao delírio.

Todo mundo tem seus momentos de brilhantismo nessa equipe dos Celtics.

O time sabe que rema contra a maré desde que o Kyrie Irving se machucou.  Boston abraçou a adversidade.  Isso alimenta esse grupo.  Deve ser um sonho treinar uma equipe com o caráter do Boston Celtics, né Brad Stevens? Seu gênio.

Não vejo essa pegada em Cleveland.  Ty Lue é muito criticado, os coadjuvantes são inconsistentes e a energia não está legal.  Deu a impressão que os Cavs desistiram do jogo 2 depois da arrancada dos Celtics no segundo tempo.

Lebron James terminou com um triplo-duplo de 42 pontos, meteu 5 bolas de três, e viu seu time ser dominado.

Agora os Cavs voltam para casa e algumas coisas vão ter que mudar.  Mesmo se Love, Korver e JR Smith terminarem 0 de 100, a energia precisa ser outra.  O time precisa se dedicar mais na defesa.

É isso que gera auto-estima e incendeia o ginásio.  A linguagem corporal de JR Smith está horrível.  Cleveland voa quando ele mete bola e joga com felicidade.

Ele teve mais faltas flagrantes do que pontos no jogo 2.

Essas duas séries ainda estão em aberto.  Houston está se sentindo bem depois do que aconteceu no jogo 2.  Agora está na hora dos Cavaliers se encontrarem.

 

Como apostar na futebol 2021