Ganhador.com

NBA

O novo formato do All-Star Game está aprovado. Resta saber se este LeBron MVP vai ser capaz de fazer o mesmo com os Cavs

Foto: Kevork Djansezian/Getty Images

Tradicional jogo teve vitória do time comandado pelo Rei do Basquete, que agora se vê diante do grande desafio da sua carreira: levar este combalido Cleveland ao título                  

A NBA é mesmo uma escola infinita de inteligência para se comandar um esporte e produzir um show. Percebendo que o All-Star Game estava esvaziado e com dificuldades de produzir jogos interessantes, a liga resolveu mexer drasticamente no formato, como explicamos na última sexta (16). E o resultado das mudanças foi um jogo sensacional terminado na madrugada desta segunda (19) com a dose certa de competição e de espetáculo. A vitória ficou com o time de LeBron James, que bateu a equipe de Stephen Curry por 148×145. A decisão ficou só para a última bola e para os últimos segundos. Impossível pedir mais.

 

O Rei lustra a sua coroa

LeBron James foi, mais uma vez, o senhor do espetáculo. Ele terminou a partida disputada no Staples Center, em Los Angeles, com 29 pontos, 10 rebotes e 8 assistências, sendo escolhido também o MVP da competição. Foi seu terceiro troféu de melhor jogador do All-Star Game, empatando com Michael Jordan e ficando atrás apenas de Bob Pettit e Kobe Bryant, recordistas deste item.

A vitória do time de LeBron chegou a ser uma surpresa, vide as verdadeiras surras que a Conferência Oeste impunha à Conferência Leste nos anos anteriores. E a história parecia que seria a mesma neste ano, quando o time de Curry chegou a abrir 42×31 no primeiro quarto, mantendo o ritmo ao disparar na frente com uma distância de 15 pontos no segundo.

A margem de frente para a equipe de Curry foi sempre confortável, embora LeBron e seus comandados fizessem os esforços necessários para encurtar a diferença. Parecia impossível ocorrer uma virada: no último quarto, a diferença para o time de Curry era de 13 pontos, faltando apenas sete minutos para o fim da partida. LeBron jogou demais e acertou uma cesta de três a 1min30s para o encerramento do jogo, deixando o placar igual para os instantes finais.

Os lances decisivos contaram também com a ajuda decisiva de Russell Westbrook, que colocou o 148×145 no placar faltando apenas 10 segundos para o fim. Com a bola nas mãos e com o cronômetro perto de estourar, o time de Curry sequer teve chances de arremesso. A partida terminou com uma grande festa em quadra do time de LeBron, que comemorou a vitória de uma maneira realmente surpreendente. Um outro sinal de que a partida ficou mais disputada foi a utilização até mesmo do árbitro de vídeo, algo que não ocorreu nas últimas edições.

Os dois times contaram com os seguintes jogadores e pontuações:

Time LeBron, 148 pontos: LeBron James (29 pontos), Kyrie Irving (13), Russell Westbrook (11), Kevin Durant (19) e Anthony Davis (12). Reservas: Bradley Beal (14), Paul George (16), Kemba Walker (11), LaMarcus Aldridge (0), Andre Drummond (14), Goran Dragic (2) e Victor Oladipo (7).

Time Curry, 145 pontos: Stephen Curry (11), James Harden (12), DeMar DeRozan (21), Giannis Antetokounmpo (16) e Joel Embiid (19). Reservas: Klay Thompson (15), Draymond Green (3), Karl-Anthony Towns (17), Damian Lillard (21), Kyle Lowry (4), Al Horford (6) e Jimmy Butler (não entrou).

 

E agora?

A temporada regular da NBA volta às quadras na próxima quinta (22), e o novo desafio de LeBron vai ser fazer o Cleveland Cavaliers dar liga depois das saídas de Isaiah Thomas e Dwayne Wade. A resposta do elenco foi boa, e os Cavs espantaram a má fase com uma sequência que mostra hoje quatro vitórias seguidas.

E é bom que eles mantenham o ritmo, pois o Leste está com uma classificação apertada como há muito tempo não se via. A diferença de vitórias do Cleveland, o terceiro, para o Miami Heat, o oitavo, é de apenas quatro: 34 a 30. Restam cerca de 25 jogos para o fim da interminável sequência de jogos que caracteriza a temporada regular.

O Oeste tampouco tem folga. Entre o quinto, o Oklahoma City Thunder, e o décimo, o Utah Jazz, são apenas três vitórias (33 a 30)! A briga pela ponta está interessante também nos dois lados. No Oeste, Houston Rockets e Golden State Warriors têm as mesmas 44 vitórias; no Leste, o líder Toronto Raptors tem 41, contra 40 do Boston Celtics, o segundo.

 

Jogos da temporada regular da NBA 2017/2018

Quinta-feira, 22 de fevereiro 

  • 21:00 – Charlotte Hornets x Brooklyn Nets – Palpite: Hornets
  • 21:00 – Orlando Magic x New York Knicks – Palpite: Magic
  • 22:00 – Cleveland Cavaliers x Washington Wizards – Palpite: Cavs
  • 22:00 – Chicago Bulls x Philadelphia 76ers – Palpite: 76ers

Quinta-feira, 23 de fevereiro

  • 00:00 – Sacramento Kings x Oklahoma City Thunder – Palpite: Thunder
  • 00:30 – Golden State Warriors x Los Angeles Clippers – Palpite: Warriors

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar