Ganhador.com

NBA

NBA: Anthony Davis tem chances de ser o MVP deste ano?

Foto: Robert Laberge/Getty Images

Ala-pivô famoso pela monocelha teve um fevereiro inacreditável. O New Orleans Pelicans agradece: é o surpreendente quarto colocado do Oeste                  

Uma das grandes demonstrações de equilíbrio desta temporada está vindo também das atuações individuais. Não há mesmo muito a discordar: esta safra é mesmo uma das melhores da história da NBA. Se por um lado vemos James Harden em um nível realmente impressionante, seguido de muito perto por LeBron James, Kyrie Irving e Kevin Durant, é impossível deixar de olhar com atenção também para o que está fazendo o ala-pivô Anthony Davis, do New Orleans Pelicans, o surpreendente quarto colocado na Conferência Oeste, atrás só de Houston Rockets, Golden State Warriors e Portland Trail Blazers – exatamente nesta ordem.

 

Uma estrela histórica

Davis chegou a um desempenho que pode colocá-lo acima até de James Harden, por incrível que pareça. A sua força no ataque está avassaladora, e basta pegar os seus números de fevereiro para se ter uma noção de que Anthony, de 24 anos, está no nível estratosférico dos craques que já citamos.

Davis atuou em 11 partidas em fevereiro – e sua média de pontos foi de assombrosos 35 pontos por partida! Ele foi além: converteu 51% dos arremessos de quadra e conquistou também as seguintes médias: 13 rebotes, 1,3 assistências, 2,4 roubos de bola e 2,1 tocos por jogo.

O desempenho coletivo está seguindo o nível individual do Monocelha: o Pelicans já soma nove vitórias seguidas, a segunda melhor sequência do momento, atrás apenas da impressionante série de 16 triunfos dos Rockets.

E é um verdadeiro erro focar a excelência de Davis apenas em fevereiro: na madrugada desta quarta-feira (7), diante dos Clippers, ele anotou 41 pontos e 13 rebotes na vitória dos Pelicans sobre o Los Angeles Clippers em pleno Staples Center, em Los Angeles.

 

Um Westbrook versão 2018

Uma razão mais do que clara para a decolagem de Anthony Davis é a contusão que tirou o ala-pivô DeMarcus Cousins da temporada. Ele sofreu uma ruptura de calcanhar em janeiro e o Pelicans precisou mudar drasticamente a sua forma de jogar, colocando toda a produtividade ofensiva nas costas do Monocelha – que tem respondido muito bem à pressão, especialmente nos momentos finais das partidas. Ele virou um faz-tudo, bem ao estilo de Russell Westbrook na última temporada.

Outro grande ponto alto de Davis até aqui são os lances livres – em seu recorde de pontos nesta temporada, quando cravou 53 diante do Phoenix Suns, ele somou nada menos que 21 lances livres.

É improvável que o New Orleans mantenha este ritmo e que o Monocelha não desça um pouco deste nível altíssimo que atingiu nos jogos posteriores ao All-Star Game. É apenas esta análise que o impede de ser considerado com bastante força na luta pelo MVP da temporada. Seu grande adversário nesta briga seria James Harden, outro que tem realmente revertido a lógica do basquete com atuações monstruosas. Não há, por exemplo, como comparar o New Orleans Pelicans com as principais forças do Oeste, como Warriors e Rockets – sequer com os times que hoje dominam o leste, casos de Toronto Raptors e Boston Celtics.

Mas não dá também para fechar os olhos para um jogador capaz de terminar uma partida, como Davis contra o Miami Heat, no último dia 23, com 45 pontos, 15 rebotes, 5 roubos de bola e 5 tocos – a melhor estatística desde que as roubadas e os tocos foram incorporados às contagens (na temporada 1973/1974).

A temporada regular caminha para a decisão. Os Warriors, por exemplo, já estão a 18 jogos do final – que será determinado em 11 de abril. Temos pouco mais de um mês para saber também se Davis vai manter este nível – que, convenhamos, é suficiente sim para colocá-lo como forte candidato a MVP…

 

Jogos da temporada regular da NBA 2017/2018

Terça-feira, 6 de março

  • Los Angeles Lakers 103×108 Portland Trail Blazers
  • Toronto Raptors 106×90 Atlanta Hawks
  • Charlotte Hornets 114×128 Philadelphia 76ers
  • Washington Wizards 117×113 Miami Heat
  • Oklahoma City Thunder 112×122 Houston Rockets
  • Dallas Mavericks 118×107 Denver Nuggets

Quarta-feira, 7 de março

  • Portland Trail Blazers 111×87 New York Knicks
  • Los Angeles Clippers 116×121 New Orleans Pelicans
  • Golden State Warriors 114×101 Brooklyn Nets
  • 21:00 – Indiana Pacers x Utah Jazz – Palpite: Jazz
  • 22:00 – Detroit Pistons x Toronto Raptors – Palpite: Raptors
  • 22:00 – Milwaukee Bucks x Houston Rockets – Palpite: Rockets
  • 22:00 – Chicago Bulls x Memphis Grizzlies – Palpite: Grizzlies 

Quinta-feira, 8 de março

  • 00:00 – Sacramento Kings x New Orleans Pelicans – Palpite: Pelicans
  • 00:30 – Los Angeles Lakers x Orlando Magic – Palpite: Magic
  • 00:30 – Denver Nuggets x Cleveland Cavaliers – Palpite: Cavs
  • 21:00 – Charlotte Hornets x Brooklyn Nets – Palpite: Hornets
  • 21:30 – Miami Heat x Philadelphia 76ers – Palpite: 76ers
  • 22:00 – Minnesota Timberwolves x Boston Celtics – Palpite: Celtics
  • 22:00 – Oklahoma City Thunder x Phoenix Suns – Palpite: Thunder

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar