Champions League

Manchester City conta com histórico de Guardiola na Liga dos Campeões para superar o Liverpool

Foto: Chris Brunskill Ltd/Getty Images

Técnico só caiu uma vez antes da semifinal

Depois do clássico entre Juventus e Real Madrid, na terça-feira, a Liga dos Campeões terá duas partidas importantes na quarta-feira. Aqui, o destaque fica por conta do confronto entre Manchester City e Liverpool, que coloca frente a frente o dinheiro contra a tradição.

 

Efeito Guardiola no City

Quando Pep Guardiola assinou com o Manchester City o objetivo era um só: Ganhar a Liga dos Campeões. Isso porque o clube já havia conquistado títulos nacionais, porém no torneio continental tinha como maior destaque uma aparição na semifinal.

Já o técnico trazia no seu currículo dois títulos e cinco participações interrompidas na semifinal. Até então, não havia caído antes desta etapa nenhuma vez, até ser surpreendido pelo Monaco, em seu ano de estreia pelo City.

Acontece que Guardiola parece que enfim acertou a equipe. Com um elenco bem mais numeroso e tendo mais a sua cara, o treinador vem dominando a Europa. A classificação na fase de grupos e nas oitavas de final ocorreram com enorme facilidade, além do título da Premier League estar praticamente garantido.

A fase é tão boa que o City vem atropelando até em clássicos, já tendo goleado o Arsenal, por 3 a 0, e o próprio Liverpool, por 5 a 0. Tendo como característica um futebol ofensivo, o clube deve ir em busca de uma vitória, mesmo atuando fora de casa neste primeiro jogo.

 

Liverpool aposta em tradição e Salah

Alguns clubes nasceram para determinado tipo de torneio, como é o caso do Liverpool com a Liga dos Campeões. Prova disso é que desde 1977, o clube ganhou somente nove ligas nacionais, enquanto faturou seis continentais – sendo uma Liga Europa. Nenhum outro inglês possui mais taças deste tipo que os Reds.

O bom relacionamento com o torneio ficou provado nas oitavas de final, quando mesmo atuando fora de casa conseguiu golear o Porto por 5 a 0, praticamente definindo sua classificação antes da volta.

Muito desta boa fase atual se deve também ao perfeito entendimento de Salah, Mané e Roberto Firmino no ataque. Pela Premier League, são 52 gols do trio em 32 rodadas, já na Liga dos Campeões são 19 gols em oito partidas.

Com peças deste nível, o Liverpool surge como favorito para este primeiro jogo, principalmente por ser no Anfield. Outro ponto positivo para os Reds é que o clube tem um bom retrospecto contra o Manchester City. Desde que Guardiola desembarcou no Etihad Stadium, foram quatro encontros, com duas vitórias do time de Jürgen Klopp, um empate e somente uma derrota. Jogando em casa, o Liverpool não sabe o que é perder para o rival desde maio de 2003.

 

Barcelona segue voando

Mesmo não podendo contar com Philippe Coutinho, que já havia sido inscrito pelo Liverpool, o Barcelona aparece extremamente forte. Nada anormal para quem conta com Lionel Messi. O argentino vive possivelmente a sua melhor temporada dos últimos três anos, quando viu Cristiano Ronaldo supera-lo na disputa pela Bola de Ouro.

Para este ano, Messi promete brigar firme e mostrou isso contra o Chelsea, quando marcou o gol de empate em Londres e fez dois golaços no triunfo por 3 a 0 em casa.  Mantendo sua boa parceria com Luis Suárez, tem tudo para ajudar os espanhóis a conquistarem mais uma vitória confortável.

O Barça não sabe o que é perder há 16 jogos, sendo que quando considerados apenas os duelos no Camp Nou aparece invicto na temporada, com 20 vitórias e apenas dois empates, ambos pelo espanhol.

 

Roma tenta surpreender

Com um time limitado, a Roma dificilmente vai longe na competição. A grande expectativa do clube é não ser goleado fora de casa para o Barcelona, para ter ainda esperanças para a partida de volta. Digo isso porque o último duelo entre as duas equipes no Camp Nou terminou com um impiedoso 6 a 1 para os espanhóis.

Desta forma, os italianos entrarão em campo bem fechados, buscando sofrer o menor número de gols possíveis. A defesa do time até dá uma certa esperança, pois só foi vazada uma única vez nas últimas quatro partidas.

 

Jogos de ida das quartas de final da Liga dos Campeões

Terça-feira, 3 de abril

  • 15:45 – Juventus x Real Madrid. Palpite: 1 a 1
  • 15:45 – Sevilla x Bayer de Munique. Palpite: 2 a 2

Quarta-feira, 4 de abril

  • 15:45 – Barcelona x Roma. Palpite: Barcelona vence por 2 a 0
  • 15:45 – Liverpool x Manchester City. Palpite: Liverpool vence por 2 a 1

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Disputa pela camisa 9 do Brasil esquenta com confronto hoje entre Roberto Firmino e Gabriel Jesus na Liga dos Campeões | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.