Brasileirão Série A

Leia análise e palpite para Botafogo x Cruzeiro, pela 23ª rodada do Brasileirão da Série A 2018

Jogador do Cruzeiro
Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.

Confronto ocorre às 19h30 (de Brasília) desta quarta-feira (5) no Estádio Nilton Santos

Um time está beirando o pânico, e o outro está praticamente relaxado. Não é preciso dizer muito mais para definir o estado de ânimo de Botafogo e Cruzeiro para o duelo que já tem data e hora marcada para movimentar a 23ª rodada do Brasileirão nesta quarta-feira (5), às 19h30 (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, onde o Fogão está deixando muito a desejar. A equipe agora comandada por Zé Ricardo fez dez jogos como mandante neste Brasileirão e ganhou apenas cinco. É a 14ª campanha de um total de 20 times.

O Cruzeiro, por sua vez, não tem sido um visitante dos mais incômodos, não. Possui só o sétimo desempenho atuando fora de casa, com duas vitórias em 11 partidas realizadas nesta condição.

Botafogo luta de vez contra o Z-4

A última rodada foi terrível para o Fogão, que levou 4×0 do Grêmio em Porto Alegre e agora está diante do fantasma da Série B. A derrota era esperada, mas não por goleada. A situação é realmente complicada. A equipe caiu para a 15ª colocação e soma meros 25 pontos até aqui, somente dois a mais que o Sport, que hoje seria a primeira equipe a cair para a Série B.

A situação do Botafogo é delicada demais para Zé Ricardo se dar ao luxo de manter o que quer que seja no que a equipe vem demonstrando até aqui. Recém-chegado, ele se vê obrigado a fazer mudanças na equipe se não quiser sofrer ainda mais com a fúria de uma torcida que até aqui anda se comportando bem. Tanto é assim que a diretoria colocou ingressos a R$ 5 para ver se o público no Nilton Santos acaba sendo positivo o suficiente para empurrar o time à vitória.

“Temos que mudar. Certamente. Vamos ver se vamos mudar peças ou a maneira de jogar, mas não podemos repetir uma atuação dessas no quesito competitividade”, analisou Zé Ricardo. “Depois do jogo que fizemos contra o Sport, a gente esperava uma reação melhor. Acredito no grupo, bastante dolorido pela derrota. Mesmo que eu não precisasse cobrar, eles já vão reagir em relação à maneira com que nos portamos contra o Grêmio.”

Uma das mudanças garantidas é a volta de Igor Rabello no lugar do zagueiro Yago, muito mal na derrota para o Grêmio. Gustavo Bochecha e Kieza também devem voltar e ajudar a compor o meio e o ataque.

Cruzeiro vê chance para crescer

O time comandado por Mano Menezes vai ter um mês de setembro dos mais cansativos. A Raposa atua pelo Brasileirão neste meio de semana, mas as próximas quartas-feiras já estão reservadas para jogar contra o Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil, e contra o Boca Juniors, pelas quartas da Libertadores da América. Ou seja: salvo alguma surpresa de última hora, o Cruzeiro atua com os titulares nesta quarta, para depois sim poupar os seus principais jogadores nos compromissos prévios a essas duas decisões no mata-mata.

Uma das preocupações do técnico é cuidar do ânimo do volante Bruno Silva. Para o treinador, ele teve grande importância no 0x0 contra o Inter no final de semana, e ainda assim precisou lidar com as vaias da torcida. É de se esperar que agora, fora de casa, ele continue na equipe.

Outro aspecto destacado por Mano foi a arbitragem – para o treinador, o Cruzeiro só não bateu o Internacional por conta dela. Raniel teve um gol legítimo anulado no último domingo, e o Cruzeiro deixou de somar mais dois pontos por conta disso.

Palpite

O Botafogo vai precisar realmente se concentrar para esta partida como se fosse uma final. O time está despencando na tabela e não vai ter muitas chances como esta para fazer um bom papel e ficar em paz com a torcida. O Cruzeiro, por sua vez, vê este duelo também como uma chance rara para somar três pontos, mediante a urgência de se preparar logo depois para as partidas ante Palmeiras e Cruzeiro. É um jogo de muita importância e de difícil prognóstico, mas com um cheiro de empate. Para ambos, o momento pede mais não perder do que arriscar em busca dos três pontos – o Botafogo sim precisaria ousar, mas é difícil que tenha confiança para isso depois de ser goleado pelo Grêmio. Imaginamos então um 1×1 no Rio de Janeiro nesta quarta.

Jogos da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018

Quarta-feira, 5 de setembro
  • 19:30 – Bahia x Sport – Palpite: Bahia
  • 19:30 – Botafogo x Cruzeiro – Palpite: Empate
  • 20:00 – Ceará x Corinthians – Palpite: Corinthians
  • 21:00 – Palmeiras x Atlético-PR – Palpite: Palmeiras
  • 21:00 – Paraná x Chapecoense – Palpite: Chapecoense
  • 21:45 – Atlético-MG x São Paulo – Palpite: São Paulo
  • 21:45 – Internacional x Flamengo – Palpite: Inter
Quinta-feira, 6 de setembro
  • 19:00 – Santos x Grêmio – Palpite: Santos
  • 19:00 – Fluminense x Vitória – Palpite: Fluminense
  • 20:00 – América-MG x Vasco – Palpite: América-MG

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. São Paulo, 46 – Libertadores
  2. Internacional, 43 – Libertadores
  3. Flamengo, 41 – Libertadores
  4. Grêmio, 40 – Libertadores
  5. Palmeiras, 40 – Pré-Libertadores
  6. Atlético-MG, 35 – Pré-Libertadores
  7. Cruzeiro, 31 – Copa Sul-Americana
  8. Corinthians, 30 – Copa Sul-Americana
  9. Atlético-PR, 27 – Copa Sul-Americana
  10. Santos, 27 – Copa Sul-Americana
  11. Fluminense, 27 – Copa Sul-Americana
  12. América-MG, 26 – Copa Sul-Americana
  13. Vitória, 25
  14. Bahia, 25
  15. Botafogo, 25
  16. Vasco, 24
  17. Sport, 23 – Série B
  18. Chapecoense, 21 – Série B
  19. Ceará, 20 – Série B
  20. Paraná Clube, 15 – Série B

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar