Ganhador.com

Copa Libertadores

Julgamento de Sánchez causa indefinição em duelo entre Santos e Independiente pela Libertadores

Daniel Guedes do Santos
Foto: Ivan Storti/Santos FC

Caso o Peixe seja punido pela escalação irregular do uruguaio, Rojos passarão a ter três gols de vantagem

Ainda sem uma definição para o caso Sánchez, o Santos se prepara para enfrentar o Independiente nesta terça-feira (28), às 19:30 (horário de Brasília), no Pacaembu. O Peixe está sendo julgado por uma suposta escalação irregular do meia uruguaio na partida de ida, referente a uma suspensão não cumprida de uma expulsão da época em que defendia o River Plate. A decisão da Conmebol será anunciada algumas horas antes da partida, e poderá alterar todo o planejamento de Cuca e seus comandados. Se o veredito for desfavorável, o time que a princípio avançaria de fase com uma vitória simples, ficará obrigado a golear por quatro gols de diferença. Isto porque, neste caso, o 0x0 da partida de Avellaneda será convertido em um 3×0 a favor dos Rojos.

 

Peixe vai para cima dos argentinos

Seja qual for a decisão dos tribunais, o fato é que o Santos precisará mostrar muito mais futebol do que na partida de ida se quiser seguir vivo na competição. Diante da falta de iniciativa do time do Peixe, que não deu sequer um chute a gol durante os 90 minutos, o placar de 0x0 acabou ficando de bom tamanho, mas a verdade é que os argentinos sempre estiveram mais próximos da vitória em Avellaneda. As coisas só pioraram no último terço da segunda etapa, quando a equipe ficou com um jogador a menos após a expulsão de Dodô, e passou momentos de sufoco.

No que depender do técnico Cuca, a história será bem diferente no Pacaembu. A tendência é que o Peixe seja escalado de forma bastante ofensiva, com um quarteto de ataque formado por Derlis González, Bruno Henrique, Gabigol e Rodrygo. Caso Sánchez seja declarado impedido de atuar, quem entra é o veterano Renato. O zagueiro Gustavo Henrique, que levou 15 pontos no supercílio após a partida contra a Bahia, ainda será avaliado pelo departamento médico. Certo mesmo é que Luiz Felipe, com uma lesão grau dois na coxa, e Dodô, suspenso, não jogam.

O Santos subiu de produção nos últimos jogos pelo Campeonato Brasileiro, e deve contar com o apoio maciço de sua torcida naquele que é encarado como seu mais importante compromisso na temporada.

 

Independiente tem bom retrospecto recente

O Independiente se apega a seu bom desempenho como visitante para manter acesas as suas esperanças de classificação. A equipe obteve resultados favoráveis nas cinco últimas partidas decisivas disputadas fora de Avellaneda, e em quatro delas acabou classificada.

Na Copa Sul-Americana de 2017, os Rojos despacharam o Alianza Lima no Peru e o Deportes Iquique no Chile, e por fim conquistaram o título em cima do Flamengo em pleno Maracanã. Na decisão da Recopa, diante do Grêmio, os argentinos só foram superados nos pênaltis, após empates nos dois jogos. A conquista mais recente foi a da Copa Suruga, há exatos 20 dias, com uma vitória por 1×0 sobre o Cerezo Osaka no Japão.

O torcedor fez uma grande festa para receber o time, com direito a cantos e faixas de apoio penduradas na entrada do hotel. Assim como o Santos, o Independiente aguarda com atenção o resultado do julgamento de Sánchez, mas o técnico Ariel Holan garante que está concentrado apenas em fazer um bom jogo. A única certeza do comandante é que não encontrará um Peixe retraído como o da partida de ida.

Sem qualquer problema de contusão ou jogadores suspensos, Holan terá a força máxima de seu plantel no Pacaembu.

 

Prováveis escalações

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Bambu (Gustavo Henrique) e Diego Pituca; Alison e Carlos Sánchez (Renato); Derlis González, Bruno Henrique, Gabigol e Rodrygo. Técnico: Cuca

Independiente: Campaña; Bustos, Franco, Figal e Sánchez Miño; Francisco Silva e Pablo Hernández; Silvio Romero, Meza e Benítez (Cerutti); Gigliotti. Técnico: Ariel Holan.

 

Palpite

O espírito com que o time do Santos entrará em campo no Pacaembu estará inevitavelmente atrelado ao resultado do julgamento na Conmebol. Caso o empate de Avellaneda seja mantido, o Peixe entrará em campo na condição de favorito, mas uma mudança em cima da hora da partida será uma ducha de água fria no plantel.

O River Plate escapou sem punições de uma situação semelhante nesta mesma edição do torneio, e o departamento jurídico santista demonstra confiança em uma decisão no mesmo sentido.

Neste caso, arrisco um placar de 1×0 para o Alvinegro Praiano, resultado que será suficiente para garantir a classificação.

 

Oitavas de final da Libertadores 2018 – Jogos de volta

Terça-feira, 28 de agosto
  • 19:30 – Santos (0) x (0) Independiente – Palpite: Santos
  • 21:45 – Atlético Nacional (0) x (2) Atlético Tucumán – Palpite: Atlético Nacional
  • 21:45 – Grêmio (1) x (2) Estudiantes – Palpite: Grêmio
Quarta-feira, 29 de agosto
  • 19:30 – River Plate (0) x (0) Racing – Palpite: River Plate
  • 21:45 – Corinthians (0) x (1) Colo-Colo – Palpite: Corinthians
  • 21:45 – Cruzeiro (2) x (0) Flamengo – Palpite: Cruzeiro
Quinta-feira, 30 de agosto
  • 19:30 – Libertad (0) x (2) Boca Juniors – Palpite: empate
  • 21:45 – Palmeiras (2) x (0) Cerro Porteño – Palpite: Palmeiras

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar