UFC

Brasileiros dão show e aplicam ‘goleada’ em card preliminar do UFC São Paulo

Francisco Massaranduba - UFC
Foto: Divulgação / UFC

O card preliminar do UFC São Paulo contou com um verdadeiro passeio dos atletas brasileiros. Em nove lutas, oito vitórias brasileiras no octógono montado no Ginásio do Ibirapuera, neste sábado. Os destaques foram as performances de Charles Do Bronx, Francisco Massaranduba, Elizeu Capoeira, Livinha Souza e Augusto Sakai. Todos saíram do octógono com o braço erguido e levantaram o público com performances emocionantes.

Massaranduba teve Evan Dunham pela frente. O brasileiro teve dificuldade no início da luta para achar a distância. Aos poucos, ele conseguiu encaixar sua trocação e acertar os melhores golpes da luta. Depois de aplicar uma joelhada na costela de Dunham, Massaranduba foi declarado vencedor. O americano caiu imediatamente após o ataque e o duelo acabou encerrado. Após o combate, Massaranduba exaltou o rival e pediu uma revanche contra Kevin Lee, que o venceu em março do ano passado.

Um dos maiores destaques do card preliminar do UFC São Paulo foi Elizeu Capoeira. O brasileiro conquistou sua sexta vitória consecutiva na categoria dos leves. Ele nocauteou Luigi Vendramini no primeiro round. Depois de ser atacado no solo e sobreviver a uma tentativa promissora de mata-leão, Elizeu conseguiu se desvencilhar, manteve o combate na trocação e encaixou uma joelhada voadora incrível, que abriu caminho para o triunfo por nocaute. Vendramini caiu apagado no octógono após um cruzado impiedoso. Após a vitória, Capoeira pediu uma luta com Robbie Lawler.

Outro que foi bem no card preliminar foi Thales Leites. O veterano fez a última luta de sua carreira no octógono montado no Ginásio do Ibirapuera. Diante de Hector Lombard, Thales encontrou dificuldades no primeiro assalto, sofreu com a saraivada de chutes de Hector no seu joelho esquerdo, mas a partir do segundo round conseguiu melhorar no combate e dominou as ações da luta tanto em pé quanto no solo.

Primeira brasileira a subir no octógono na noite, Livinha Souza deu um show para os fãs que chegaram cedo ao Ginásio do Ibirapuera. Estreando na maior organização de MMA do mundo depois de conseguir um contrato com o Ultimate através do Contender Series, Livinha não tomou conhecimento de Alex Chambers, começou o duelo em ritmo acelerado e loco encaixou socos que balançaram a adversária. Depois de encurralar a americana na grade com uma boa sequência de socos, ela derrubou Chambers e trabalhou seu jogo de jiu-jitsu, alcançando a finalização aos 1m21seg de luta.

Resultados do card preliminar do UFC São Paulo

Thiago Marreta nocauteou Eryk Anders no terceiro round
Alex Cowboy nocauteou Carlo Pedersoli no primeiro round
Rogério Minotouro nocauteou Sam Alvey no segundo round
Andre Ewell venceu Renan Barão na decisão dividida dos juízes
Marina Rodriguez e Randa Markos empataram após três rounds
Card preliminar
Charles Do Bronx finalizou Christos Giagos no segundo round
Francisco Massaranduba nocauteou Evan Dunham no segundo round
Ryan Spann venceu Luis Henrique KLB na decisão dos juízes
Augusto Sakai nocauteou Chase Sherman no terceiro round
Serginho Moraes finalizou Ben Saunder no segundo round
Maira Bueno finalizou Gillian Robertson no primeiro round
Thales Leites venceu Hector Lombard na decisão unânime dos juízes
Elizeu Capoeira nocauteou Luigi Vendramini no primeiro round
Livinha Souza nocauteou Alex Chambers no primeiro round

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar