Ganhador.com

Brasileirão Série A

Brasileirão, 20ª rodada: à beira do Z-4, Sport recebe o América-MG tentando acabar com a má fase na Série A

Jogador do Sport Club do Recife
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Uma posição acima da zona da degola, pernambucanos não vencem desde a 10ª rodada; focado na permanência na elite, Coelho faz as contas para atingir pontuação necessária

A virada do turno do Campeonato Brasileiro 2018 coloca frente a frente dois times com objetivos claros na temporada: luta contra o rebaixamento. De um lado, o Sport, 16º colocado com 20 pontos, tenta acabar com a má sequência de nove jogos sem vitórias na competição, que se estendida, pode colocar o clube no Z-4. O clube rubro-negro recebe nesta quarta-feira (22 de agosto), às 21 horas, o América-MG, na Ilha do Retiro. Em posição mais confortável na tabela, ocupando o 10º lugar com 22 pontos, o Coelho quer continuar pontuando para se livrar de qualquer problema futuro no Nacional.

 

Má fase, jejum e proximidade ao Z-4

O Sport entra em campo logo mais com uma meta definida: voltar a vencer no Brasileirão. Os pernambucanos têm atualmente o maior jejum entre todos 20 clubes da Série A. São nove jogos sem vitória. O último triunfo ocorreu na 10ª rodada, em 1×0 sobre o Atlético Paranaense, no dia 6 de junho, ainda antes da parada para a Copa do Mundo. De lá para cá são sete derrotas – acreditem se quiser – e dois empates.

Se a equipe sonhava com vaga na Copa Sul-Americana antes da sequência negativa, hoje a luta é para não ser rebaixada. Isso porque o time nordestino é o 16º colocado com 20 pontos. A diferença de um ponto para o Vitória, que abre o Z-4, e de dois para o Furacão, o 18º colocado, mostram o grande perigo que corre a equipe pernambucana.

 

Ajustes na base da conversa

Desde que retornou ao clube, na goleada sofrida para o Santos por 3×0, na Vila Belmiro, o técnico Eduardo Baptista ainda não teve uma semana de treinos para colocar “ordem na casa”. Vendo de perto o psicológico abalado dos jogadores devido ao longo jejum no campeonato, o treinador tem apostado em muita conversa para trazer “de volta a equipe” e corrigir os erros.

Fora de campo, a diretoria do Sport tenta fazer a sua parte, já que baixou de vez o preço dos ingressos para a partida contra o Coelho. Alguns setores da Ilha do Retiro custarão apenas cinco reais. Com a expectativa de casa cheia, o time rubro-negro espera enfim “acordar” no Brasileirão.

 

Conta mineira

Um dos quatro times que subiram para a Série A deste ano, o América-MG vem fazendo o que se espera até agora da equipe na temporada: mantém distância para o Z-4. Em 10º lugar com 22 pontos após um turno inteiro, o clube mineiro quer continuar longe da zona da confusão.

Apesar de hoje estar garantido na Copa Sul-Americana de 2019, o Coelho está focado em permanecer na elite tupiniquim. Vale lembrar que a diferença para o Vitória, o 17º colocado, é de apenas três pontos. Por isso, o técnico Adilson Batista faz as contas para atingir a pontuação que livraria a equipe de qualquer possibilidade de descenso.

Após não cumprir a meta estipulada pelo treinador na primeira parte do campeonato, que era de 24 pontos, o América-MG precisa de 23 pontos, segundo o próprio comandante, para seguir no Brasileirão do próximo ano.

 

Falta de gols

Parte da meta de Adilson Batista só poderá ser concretizada se o clube vencer os jogos, correto? Para isso, os gols precisam sair. E está aí um problema enfrentado pelos mineiros até aqui no Nacional. O América-MG tem o quarto pior ataque do campeonato, empatado com o Botafogo, com 18 gols.

A média inferior a um gol por partida é reflexo da má fase dos homens de frente, que não balançam as redes adversárias desde o dia 3 de junho. Já são dez jogos sem que qualquer uma das oito opções do treinador – Ademir, Aylon, Capixaba, Judivan, Luan, Rafael Moura, Robinho e Wesley Pacheco – vencesse os goleiros rivais. Ademir foi o último jogador do setor a deixar sua marca, na vitória por 3×1 sobre o Atlético-PR pela nona rodada.

 

Palpite

A crise no Sport, aliada a falta de gols do América-MG, que não balança as redes adversárias há três jogos, promete um confronto bastante duro na Ilha do Retiro. Por isso, não esperemos por um jogo bonito, de muitos gols. Mesmo com os ânimos a flor da pele, os pernambucanos são favoritos. Aproveitando-se dos desfalques defensivos do Coelho, que não terá a dupla de laterais Aderlan e Carlinhos, o Leão deve enfim encerrar o jejum de vitórias no Brasileirão.

 

Jogos da 20ª rodada do Brasileirão da Série A

Quarta-feira, 8 de agosto

  • 19:30 – Ceará 1×1 Santos

Quarta-feira, 22 de agosto

  • 19:30 – Bahia x Internacional – Palpite: empate
  • 19:30 – Paraná x São Paulo – Palpite: São Paulo
  • 19:30 – Chapecoense x Atlético Paranaense – Palpite: empate
  • 21:00 – Sport x América-MG – Palpite: Sport
  • 21:00 – Palmeiras x Botafogo – Palpite: Palmeiras
  • 21:45 – Fluminense x Corinthians – Palpite: Fluminense
  • 21:45 – Grêmio x Cruzeiro – Palpite: Grêmio

Quinta-feira, 23 de agosto

  • 19:30 – Flamengo x Vitória – Palpite: Flamengo
  • 20:00 – Atlético-MG x Vasco – Palpite: Atlético-MG

 

Classificação do Campeonato Brasileiro 2018

  1. São Paulo, 41 – Libertadores
  2. Internacional, 38 – Libertadores
  3. Flamengo, 37 – Libertadores
  4. Grêmio, 36 – Libertadores
  5. Atlético-MG, 33 – Pré-Libertadores
  6. Palmeiras, 33 – Pré-Libertadores
  7. Corinthians, 26 – Sul-Americana
  8. Cruzeiro, 26 – Sul-Americana
  9. Fluminense, 23 – Sul-Americana
  10. América-MG, 22 – Sul-Americana
  11. Bahia, 22 (um jogo a menos) – Sul-Americana
  12. Botafogo, 22 – Sul-Americana
  13. Santos, 21
  14. Chapecoense, 21
  15. Vasco, 20 (dois jogos a menos)
  16. Sport, 20
  17. Vitória, 19 – Zona de rebaixamento
  18. Atlético Paranaense, 18 (um jogo a menos) – Zona de rebaixamento
  19. Ceará, 17 – Zona de rebaixamento
  20. Paraná, 14 – Zona de rebaixamento

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar