Ganhador.com

Copa do Rei

Barcelona rouba a cena do final de semana com goleada e título da Copa do Rei

Foto: David Ramos/Getty Images

Conhecemos mais cinco campeões da temporada 2017/18 da Europa

Como nós publicamos aqui, temos acompanhado semanalmente o desenrolar da temporada europeia de futebol. Nesta semana temos cinco novos campeões. Três deles garantem suas presenças em alguma competição da UEFA de 2018/19. Os outros dois sobem para o primeiro patamar de suas ligas nacionais. Abaixo, temos o resumo destas brilhantes conquistas.

 

Barcelona tetracampeão da Copa do Rei (Espanha)

Desde que perdeu a final copeira de 2013/14 para o Real Madrid, que o Barcelona se especializou na competição. Os catalães acabam de erguer o troféu pelo quarto ano consecutivo. Neste tempo, tentaram pará-lo e não conseguiram: Huesca, Elche, Atlético de Madrid, Villarreal, Athletic de Bilbao, Villanovense, Español, Athletic de Bilbao (pela segunda vez), Valencia, Sevilla, Cultural Leonesa, Athletic de Bilbao (pela terceira vez), Real Sociedad, Atlético de Madrid (pela segunda vez), Alavés, Murcia, Celta, Español, Valencia (pela segunda vez) e Sevilla (pela segunda vez).

Só o Real Madrid (entre 1905 e 1908) e o Athletic de Bilbao (entre 1930 e 1933) haviam conseguido este feito. O tetra do Barça não foi qualquer título. Os blaugranas deram um chocolate no seu adversário da final, no que pode ter sido uma das últimas vezes que Andres Iniesta vestiu o manto sagrado. O craque tem proposta milionária do futebol chinês.

Luis Suárez aos 14′ e aos 40′, Lionel Messi aos 31′, Andrés Iniesta, aos 07′ do segundo tempo e Coutinho aos 24′ do fizeram os gols.

O Barcelona já em vaga assegurada na Champions League. O Sevilla terá de entrar na Liga Europa através da La Liga, onde está na sétima posição.

 

Feyenoord campeão da KNVB Beker (Holanda)

O Feyenoord não conseguiu defender seu caneco da Eredivisie, mas não termina este ciclo com as mãos vazias. Os de Roterdã eliminaram quatro equipes da elite (Den Haag, Heracles, PSV e Willem II) e o Swift, da quinta divisão, para jogar a final da Copa da Holanda contra o AZ Alkmaar, que teve excelente desempenho em 2017/18.

O Feyenoord, mais acostumado a decisões, liquidou a fatura com gols de Nicolai Jörgensen, Robin Van Persie e Jens Toornstra. O 3 a 0 coloca o De club aan de Maas na Supercopa Holandesa e na Liga Europa da próxima temporada.

 

Wolverthampton Wanderers campeão da Championship (Inglaterra)

Com duas rodadas de antecipação, o Wolverthampton Wanderers confirmou que a taça da segunda divisão inglesa é sua. Sua vaga na elite já havia sido alcançada anteriormente. Os Lobos acumulam 98 pontos e não podem mais terminar em segundo.

A briga pela outra vaga automática na Premier League está entre Cardiff City, Fulham e Aston Villa, que pelo menos estão dentro dos playoffs, que vale a última promoção.

Middlesbrough, Millwall, Derby County, Brentford, Preston North End, Bristol City e Sheffield United tentam se juntar a este grupo.

No outro extremo da tábua, lamentamos informar o descenso do Sunderland, que até 2016/17 estava na primeira divisão. Por enquanto, também estão na areia movediça Barnsley e Burton Albion.

Na League 1, o Wigan Athletic confirmou que pega o elevador que sobe e só depende de mais um ponto para dar a volta olímpica.

 

Sutjeska Niksic campeão de Montenegro

Pintou mais um classificado para a próxima edição da Liga dos Campeões – fases preliminares, claro. O Sutjeska Niksic disparou na liga montenegrina e é o grande vencedor desta temporada, superando a tradicional dupla da capital Podgorica Budocnost e o Mladost.

 

Stade de Reims quer voltar a ser grande (França)

O Stade de Reims, que não conquista nada importante desde os anos 60, se sagrou campeão da Ligue 2, a segundona francesa. Ele confirma seu retorno para encarar o PSG de Neymar, Mônaco e Marselha no próximo “Francesão”. Nîmes e Ajaccio devem acompanhá-lo.

 

Comentários

1 Comentário
Voltar