Copa do Brasil

Bahia tenta quebrar seca de gols e abrir vantagem diante do turbulento Vasco da Gama nas oitavas da Copa do Brasil

Bahia
Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Sem marcarem gols há três jogos, Tricolores apostam na força da Arena Fonte Nova diante dos cruz-maltinos, que buscam dias de paz em meio à guerra política no clube

 A Copa do Brasil de 2018 vai começar para Bahia e Vasco da Gama. Duas das mais tradicionais agremiações do país iniciam nesta quarta-feira (9 de maio) suas respectivas jornadas na competição que dá ao campeão o direito de disputar a Copa libertadores de 2018. Os Tricolores entram nas oitavas de final do torneio nacional após conquistarem a Copa do Nordeste do ano passado, enquanto que os cruz-maltinos, campeões do mata-mata em 2011, estreiam logo mais por conta de sua participação no torneio continental. Seca de gols e vitórias pelo lado baiano e crise política entre cariocas são os principais ingredientes deste jogo que acontece às 21h45, na Arena Fonte Nova. Confira o prognóstico da partida!

 

Hora de reagir

Desde que faturou o 47º título do Campeonato Baiano, superando o rival Vitória nos dois jogos da decisão, o Bahia ainda não mostrou a que veio para a sequência da temporada. O clube de Salvador iniciou sua campanha na Copa Sul-Americana com derrota – é bem verdade que com um time misto – para o Blooming, da Bolívia, e tem tido um desempenho irregular neste início de Brasileirão. O Tricolor Baiano é o 15º na tabela com quatro pontos após quatro partidas, acumulando uma vitória, um empate e duas derrotas.

Apesar de o clube não viver uma crise – muito cedo para isso -, os recentes resultados negativos já incomodam o técnico Guto Ferreira, que apesar de ter ganhado a Copa do Nordeste de 2017 com a equipe e o Estadual deste ano, não é unanimidade entre os torcedores.

Vindo de um revés para o Sport por 2×0, na Ilha do Retiro, o Bahia muda a chave para a Copa do Brasil em busca de uma vantagem contra os cariocas. Mas isso só será possível se o elenco liderado por Zé Rafael, Allione e Vinicius voltar a balançar as redes adversárias. A equipe não marca gols há três partidas: contra Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, e Atlético-PR e Sport, pelo Brasileirão.

Se a situação ofensiva já não é das melhores, ela terá a baixa do atacante Júnior Brumado, que está servindo a Seleção Brasileira Sub-20. Já quem é dúvida é o eficiente lateral Nino Paraíba, que ficou afastado dos últimos treinamentos por conta de uma amidalite.

 

Paz, paz e paz

O Vasco da Gama é daqueles clubes brasileiros que não consegue ficar longe de uma crise. E, mesmo quando ganha, surge algo dentro ou hora das quatro linhas para derrubar a moral da equipe. Depois de ser eliminado da Copa Libertadores ainda faltando uma rodada para o término da chave de grupos, sofrendo uma goleada impiedosa para o Cruzeiro por 4×0 em pleno São Januário, e ainda vendo parte da torcida invadindo um treino no dia seguinte, o time carioca tinha tudo para se afundar em uma depressão.

Mas a quarta rodada do Brasileirão apareceu e, mesmo após sair atrás no placar diante do América-MG, os comandados de Zé Ricardo encontraram forças, viraram o marcador e venceram por 4×1. A segunda vitória no Nacional deu fôlego aos cruz-maltinos, que mesmo com um jogo a menos que a maioria dos clubes da elite – teve a partida contra o Santos adiada pela terceira rodada – , está no G-4, em quarto, com sete pontos.

A surpreendente campanha tinha tudo para ser um fator de motivação para o clube diante das dificuldades enfrentadas na temporada, como os salários atrasados. Mas o Vasco nem teve tempo de curtir o momento de paz que um novo e delicado assunto tomou conta dos bastidores. A demissão do vice de futebol Fred Lopes, a renúncia de 13 vice-presidentes, a obscura transação de Paulinho com o Bayer Leverkusen e o possível empréstimo feito pelo presidente Alexandre Campello junto ao ex-vice de Patrimônio, Luiz Gustavo, pegam “fogo” na Colina. Resta saber se isso terá efeito dentro de campo.

 

Palpite

O mau momento do Bahia está longe de criar alarde no clube, mas um resultado negativo logo mais, na abertura das oitavas de final, dá início a uma pressão desnecessária. Um triunfo sobre o Vasco é tudo que o time mandante da vez quer para a sequência de duas partidas na Arena Fonte Nova, já que pega o São Paulo pela quinta rodada do Brasileirão. Mas os cariocas, que de bobos não têm nada, podem se aproveitar da irregularidade baiana dentro de campo. Um empate em Salvador deixa o confronto em aberto.

 

Confira os jogos desta semana da Copa do Brasil

Quarta-feira, 9 de maio de 2018

  • 19:30 – Grêmio x Goiás – Palpite: Grêmio
  • 19:30 – América-MG x Palmeiras – Palpite: Palmeiras
  • 21:45 – Bahia x Vasco – Palpite: empate

Quinta-feira, 10 de maio de 2018

  • 19:30 – Corinthians x Vitória – Palpite: Corinthians
  • 19:30 – Flamengo x Ponte Preta – Palpite: Flamengo
  • 21:45 – Santos x Luverdense – Palpite: Santos

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.