UFC

Amanda Nunes é confirmada na luta principal do UFC Rio e tem chance de ouro. Entenda!

Foto: Divulgação/UFC

O UFC Rio promete. O evento marcado para o dia 12 de maio, no Rio de Janeiro, teve mais um combate confirmado. E dessa vez, uma disputa de cinturão foi oficializada para encabeçar o show que também é apresentado como UFC 224. Na luta principal da noite, a campeã Amanda Nunes encara Raquel Pennington em disputa de título peso galo feminino. Será a segunda defesa de cinturão de Amanda, e também a segunda vez que uma mulher lidera um card do Ultimate no Brasil.

Esse evento se desenha como um dos melhores dos últimos tempos no Brasil. Além de Amanda x Raquel, o show já tem confirmadas as lutas entre Lyoto Machida e Vitor Belfort, e Ronaldo Jacaré e Kelvin Gastelum. O show promete ser grande, algo que fazia falta nos últimos tempos. O último evento expressivo da organização no Brasil foi o UFC 190, em agosto de 2015, quando Ronda Rousey nocauteou Bethe Correia. Naquele evento, tivemos Mauricio Shogun, Rodrigo Minotauro, Claudia Gadelha, Rogério Minotouro, e várias outras estrelas do evento. Já era hora do evento valorizar o Brasil com mais um show desse tamanho.

E nada melhor do que trazer uma brasileira campeã. Cris Cyborg já lutou no país, nas suas duas primeiras lutas. A ideia era fazer a superluta entre as duas no Rio, mas o momento não ajudou. Cris acabou de lutar pela segunda vez em três meses e queria fazer a superluta em julho, apenas. Mas a organização precisava de uma disputa de título com Amanda para o UFC 224. O jeito foi então colocar Raquel Pennington no combate. Assim o UFC garante a campeã no evento e dá aos fãs uma oportunidade de verem de perto uma de suas campeãs. Será a terceira luta de Amanda no Rio atuando pelo UFC, mas a primeira vez desde que ela se tornou campeã.

A superluta entre Amanda e Cyborg deve acontecer até o fim da temporada. Acho difícil ela não acontecer no futuro, a não ser que uma das duas acabe derrotada nas próximas lutas, o que também duvido. Então dá para sonhar com essa superluta no evento de fim de ano do UFC, conforme a tradição dos últimos dois anos do evento.

O UFC Rio é uma oportunidade grande para os fãs verem de perto o talento e a força de Amanda Nunes como campeã do UFC, é uma oportunidade da organização recuperar força no país e trabalhar a imagem de Amanda, que mora nos EUA e vem muito pouco para cá, e uma grande chance de Amanda se firmar como estrela do esporte brasileiro. Baiana arretada, defendendo o título do UFC em casa, contra uma gringa, ela tem tudo para decolar a partir daí.

E aí, faça as contas. Uma vitória de Amanda Nunes no UFC Rio e com o trabalho certo de popularização a brasileira alcança um outro nível de notoriedade no mundo das lutas e torna a superluta com Cris Cyborg um acontecimento ainda mais histórico.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar