Ligue 1

Que Neymar vamos ver na volta ao PSG?

Foto: Boris Streubel/Getty Images

O clube francês não demonstrou sentir falta do astro brasileiro. Graças aos seus companheiros, ele retorna à equipe bem mais aliviado           

Neymar tem mesmo o emprego dos sonhos. Além de receber bilhões para jogar futebol, ele tem regalias como sair do frio de Paris para passar uns dias no calor do Brasil antes de voltar para a Europa e retomar o trabalho pela equipe francesa. Sem ele em campo, o Paris Saint-Germain não tomou conhecimento do Lille e ganhou fácil por 3×1 na última rodada, afastando qualquer início de crise. O PSG vinha de duas derrotas seguidas, sofridas no Campeonato Francês e na Liga dos Campeões. Como Neymar estava suspenso da partida contra o Lille, ganhou uns dias “para resolver assuntos pessoais” no Brasil, e agora retorna a Paris no melhor momento possível.  Com o time de novo em alta, o PSG enfrenta, fora de casa, o Rennes, às 14h deste sábado (16) em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Francês, a penúltima do primeiro turno.

 

Com um Real pelo caminho

A imprensa europeia não perde nenhuma chance de pegar no pé de Neymar. E ela se fartou de criticar o brasileiro, principalmente na derrota contra o Bayern de Munique, quando ele esteve bastante discreto, sem conseguir os seus famosos dribles, gols ou assistências.

A vinda de Neymar ao Brasil certamente deve ter dado um gás a mais ao atacante, que participou de festas na sua estadia, segundo o jornal português “A Bola”. É bom que Neymar calcule com precisão os seus próximos passos. O PSG vai ter meses importantíssimos em fevereiro e março para confirmar o seu status de novo grande – vai enfrentar simplesmente o Real Madrid nas oitavas de finais da Liga dos Campeões, em um duelo que poderia perfeitamente ser até mesmo a decisão do campeonato.

Uma classificação diante dos atuais bicampeões seria a glória para o time de Paris. Mas uma derrota logo no primeiro mata-mata também vai gerar um considerável ruído em uma equipe que ainda busca as glórias esportivas, mas que já está com o bolso forrado como um verdadeiro campeão. Ninguém gasta os bilhões que estão sendo investidos no PSG para vê-lo cair fora tão rapidamente.

 

Fraqueza do adversário deve ajudar

A campanha do PSG no Francês até aqui é excelente, não há o que discutir. A equipe tem 14 vitórias, 2 empates e somente uma 1 derrota nas 17 partidas realizadas. Neymar, Mbappé, Cavani e companhia somam 44 pontos e já abriram nove de vantagem para o Mônaco, o segundo colocado.

O adversário do PSG neste final de semana não oferece muita resistência. Não que a campanha do Rennes seja ruim: o time ocupa a sexta colocação, com chance de assumir até a quinta, mas não há como compará-lo nem ao Paris Saint-Germain e nem aos times que vêm logo a seguir na ordem de forças do país, casos de Lyon, Mônaco e Olympique de Marselha.

Um único número já é suficiente para demonstrar a disparidade entre PSG e Rennes: em 17 jogos até aqui, a diferença de pontos entre os dois times já é de 19 (44 a 25 para o PSG)!

É preciso, porém, fazer a ressalva de que este PSG já tem um antecedente de derrapar até mesmo contra adversários mais modestos. Foi o que ocorreu na derrota para o Strasbourg, duas rodadas atrás. O Strasbourg é só o 12º no campeonato, e luta verdadeiramente para não cair.

Não cair. Depois de saber seu adversário na Liga dos Campeões, isso é tudo o que o Paris Saint-Germain não quer. Este é um dos males do futebol moderno. Os times mais ricos são também os mais pressionados – e de maneira brutal. Por isso tanta gente questionou a saída de Neymar do Barcelona. Ali, ele era “somente” um fantástico jogador no meio de um punhado de craques. Agora, qualquer deslize do PSG, até mesmo quando ele não estiver em campo, será colocado sob sua responsabilidade. Conscientizar-se disso desde já é o melhor que o brasileiro de 25 anos pode fazer.

 

Jogos da 18ª rodada do Campeonato Francês 2017/2018

Sexta-feira, 15 de dezembro

  • 17:45 – Saint-Ettiene x Mônaco – Palpite: Mônaco 

Sábado, 16 de dezembro

  • 14:00 – Rennes x Paris Saint-Germain – Palpite: PSG
  • 17:00 – Caen x Guingamp – Palpite: Empate
  • 17:00 – Dijon x Lille – Palpite: Lille
  • 17:00 – Montpellier x Metz – Palpite: Metz
  • 17:00 – Strasbourg x Toulouse – Palpite: Empate
  • 17:00 – Troyes x Amiens – Palpite: Troyes 

Domingo, 17 de dezembro

  • 12:00 – Nantes x Angers – Palpite: Nantes
  • 14:00 – Nice x Bordeaux – Palpite: Nice
  • 18:00 – Lyon x Olympique de Marselha – Palpite: Empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar