Ganhador.com

Futebol: Podcast

Palmeiras vence a terceira com Valentim e, assim como o Santos, segue vivo na briga pelo título de Campeão Brasileiro

A 30ª rodada do Campeonato Brasileiro vai chegando ao fim com o líder, Corinthians, entrando em campo hoje a noite contra o Botafogo pressionado pelas vitórias de Santos e Palmeiras que encurtaram a distância para o Timão em 6 pontos. Se perder hoje, a equipe de Fábio Carille passa a ver seu, até então garantido, título de campeão ser ameaçado faltando apenas 8 rodadas para o final do campeonato. Até mesmo o empate no Rio de Janeiro pode ser considerado um bom resultado pelo líder do Brasileirão.

O Grêmio que encarou o Palmeiras com um time misto em Porto Alegre, perdeu por 3 a 1, pode ver o Corinthians colocar 12 pontos de distância entre eles e, vaiado pela torcida, enfrenta o Barcelona de Guayaquil nesta quarta-feira com a obrigação de chegar às finais da Libertadores para não jogar no lixo o ano de 2017.

E quem parece ter encontrado o caminho da ‘”salvação” é o São Paulo que derrubou o Flamengo no Pacaembu ontem por 2 a 0 e, com 37 pontos, ocupa a 14ª posição na tabela, 4 pontos acima do Vitória, 17º colocado, que, derrotado no Ba-Vi de ontem, é o primeiro time na fila para tirar o visto de trabalho para a Série B.

Aperte o play para ouvir o nosso comentário sobre a rodada do final de semana do Campeonato Brasileiro e leia nosso resumo dos jogos abaixo.

 

Vamos ao que interessa

Dois jogos eram realmente importantes para a parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro nesta rodada: Santos x Atlético-GO e Grêmio x Palmeiras. Quem perdesse ou empatasse veria suas chances de brigar pelo título com o Corinthians nas rodadas finais da competição virarem pó.

Depois de passar pela demissão mas rápida da história do Brasileirão, Levir Culpi, o breve, foi confirmado como técnico do Santos até o final do campeonato poucas horas depois de ser descartado pela diretoria do clube que, às vésperas das eleições para a nova administração, bate cabeça pelos corredores da Vila Belmiro.

“Prestigiado” na Baixada, Culpi estava à frente do Santos na vitória por 1 a 0 – em casa – diante do Atlético-GO que pôs fim à série de empates da equipe (foram 3 em seguida) que fizeram a cartolagem descartar o treinador e confirmá-lo no clube poucas horas depois – é claro, depois de uma grande pressão do elenco, que blindou o “professor”.

Com o resultado, o Santos, que não jogou bem, segue com chances de título – principalmente se o Corinthians não vencer o Botafogo hoje a noite.

Depois de enfiar 3 a 1 no mistão do Grêmio em Porto Alegre, o Palmeiras pós-Cuca vence a terceira em seguida sob o comando de Alberto Valentim (cada vez mais efetivo depois que Mano Menezes renovou com o Cruzeiro) e também segue sonhando com o título de Campeão Brasileiro. Após 45 minutos ruins de doer, o alviverde voltou mais ligado para o segundo tempo e abriu o placar logo aos 5 minutos, num chute de fora da área de Dudu, que desviou em Marcelo Oliveira e “matou” o goleiro Paulo Victor que nada pôde fazer. Poucos minutos depois, Moisés aproveitou a sobra para mandar um tirombaço pro fundo do gol tricolor.

O Grêmio tentou reagir, mas, exposto ao contra-ataque, levou o terceiro, novamente com Dudu. Perto do final do jogo, o tricolor, vaiado pela sua torcida, diminuiu com Michel, mas sem esperanças de buscar o resultado que gerou uma pressão à mais para Renato Gaúcho e seus comandados na semana em que disputam a primeira partida da semi-final da Libertadores contra o “exterminador de Brasileiros” Barcelona de Guayaquil.

O Palmeiras (assim como o Santos) passa a noite desta segunda-feira torcendo pelo Botafogo e por mais um – nem tão improvável assim – tropeço do Corinthians no Rio de Janeiro (no primeiro turno o Timão venceu por 1 a 0 no finalzinho do jogo depois de uma jogada brilhante de Pedrinho).

 

Fora do Z-4

Depois da derrota para o Fluminense na rodada anterior, o São Paulo recebeu o milionário e poderoso Flamengo no Pacaembu precisando vencer para se manter fora do Z-4. E, contrariando todas as expectativas, conseguiu. Com uma postura muito mais aguerrida que a mostrada na rodada anterior, o tricolor jogou com uma garra que faltou em outros jogos e que também faltou ao sonolento rubro-negro de Reinaldo Rueda que em nenhum momento foi uma ameaça real aos donos da casa – nem mesmo no segundo tempo, quando esboçou algum domínio na partida.

Os gols de Pratto e Hernanes deixaram o São Paulo com 37 pontos, 4 à mais que o Vitória, 17º colocado que abre o Z-4. Um respiro de pelo menos uma rodada para o tricolor – mesmo que perca o próximo jogo, não há combinação de resultados possível para colocar o time novamente na zona da degola. O São Paulo respira por aparelhos e não pode “tirar o pé” porque o Z-4 é logo ali.

O Sport do “profexô” Luxemburgo também é outro time que, mesmo perdendo para o Atlético-PR (que já havia vencido seu jogo na rodada anterior), segue fora do rebaixamento, na 15ª posição com 35 pontos. O time paranaense, por sua vez, chega aos 41 pontos e continua na 9ª posição, à frente do Atlético-MG, também com 41, e classificado para a Sul-Americana 2018.

No clássico Ba-Vi, deu Bahia por 2 a 1. O resultado deu um certo alívio ao tricolor, que chegou aos 38 pontos – 12ª posição – e jogou o rubro-negro de Vágner Mancini para o Z-4 com 33 pontos, um castigo imerecido para o treinador que vem fazendo um grande trabalho desde que chegou ao clube depois de ser irracionalmente demitido da Chapecoense.

O Avaí, depois de uma sequência desastrosa que quebrou seu bom início de returno, voltou a vencer um confronto direto contra o rebaixamento e com o 2 a 1 pra cima da Ponte Preta em pleno Moisés Lucarelli, chegou aos 34 pontos e à 16ª posição – última antes do Z-4. A Macaca, por sua vez, caiu mais um degrau e agora ocupa a 18ª posição com 32 pontos.

 

Completando a rodada

No clássico mineiro deu Galo mais uma vez – e de virada. O Cruzeiro, com Mano Menezes de contrato renovado (para tristeza do Palmeiras), saiu na frente após gol de Thiago Neves e foi para o intervalo com a vantagem no placar. Mas o Atlético veio ligado e disposto a vencer o rival pela terceira vez no ano. Otero, de cabeça, empatou e a estrela de Robinho brilhou. Jogando como há muito não jogava, o meia-atacante fez a diferença e os dois gols que garantiram a virada para cima da Raposa – que perdeu também uma invencibilidade de 16 jogos no Mineirão.

O Fluminense que tão bem dominou o São Paulo na rodada anterior, voltou a ser aquele time que todos nós conhecemos desde o início do Brasileirão e perdeu mais uma vez. O carrasco da rodada foi a Chapecoense que, na estréia do técnico Gilson Kleina (ex-Ponte Preta), não tomou conhecimento do tricolor carioca e com gols de Arthur e Wellington Paulista (um em cada tempo) venceu por 2 a 0, chegou aos 38 pontos e à 11ª posição – mesma pontuação que o Fluminense que caiu para a 13ª pelos critérios de desempate.

E na abertura da rodada, no sábado, Vasco e Coritiba fizeram um jogo morno, sem emoções e que teve semelhanças até mesmo nos gols: o Vasco saiu na frente com gol contra de Matheus Galdezani após cobrança de escanteio de Nenê. O Coxa empatou com chute de Rildo que, desviado em Breno, “matou” Martín Silva no lance. Não contente com o vacilo, o zagueiro vascaíno ainda conseguiu ser expulso pouco tempo depois. No mais, um jogo chato de se ver e de comentar. O Coritiba ainda comemorou a conquista de 1 ponto fora de casa depois de sair atrás no placar como se fosse uma vitória, mas a verdade é que o resultado mantém a equipe de Marcelo Oliveira no Z-4, com 32 pontos. Já o Vasco, chegou aos 43 e está na 8ª posição a 1 ponto do Botafogo, 7º que joga hoje com o Corinthians no encerramento da rodada.

 

Resultados da 30ª rodada do Campeonato Brasileiro

Faltando ainda o jogo entre Botafogo e Corinthians, os resultados da 30ª rodada foram os seguintes:

Sábado, 21 de outubro

  • Vasco 1 x 1 Coritiba

Domingo, 22 de outubro

  • Santos 1 x 0 Atlético-GO
  • São Paulo 2 x 0 Flamengo
  • Cruzeiro 1 x 3 Atlético-MG
  • Atlético-PR 2 x 1 Sport
  • Grêmio 1 x 3 Palmeiras
  • Bahia 2 x 1 Vitória
  • Ponte Preta 1 x 2 Avaí
  • Chapecoense 2 x 0 Fluminense

Segunda-feira, 23 de outubro

  • Botafogo x Corinthians

 

Classificação do Campeonato Brasileiro

Até o momento, o Brasileirão tem a seguinte classificação:

  1. Corinthians, 59 – Campeão + Taça Libertadores da América.
  2. Palmeiras, 53 – Taça Libertadores da América.
  3. Santos, 53 – Taça Libertadores da América.
  4. Grêmio, 50 – Taça Libertadores da América.
  5. Cruzeiro, 47 – Taça Libertadores da América.
  6. Flamengo, 46 – Taça Libertadores da América.
  7. Botafogo, 44 – Taça Libertadores da América.
  8. Vasco, 43 – Copa Sul-Americana.
  9. Atlético-PR, 41 – Copa Sul-Americana.
  10. Atlético-MG, 41 – Copa Sul-Americana.
  11. Chapecoense, 38 – Copa Sul-Americana.
  12. Bahia, 38 – Copa Sul-Americana.
  13. Fluminense, 38 – Copa Sul-Americana.
  14. São Paulo, 37
  15. Sport, 35
  16. Avaí, 34
  17. Vitória, 33 – Série B
  18. Ponte Preta, 32 – Série B.
  19. Coritiba, 32 – Série B.
  20. Atlético-GO, 26 – Série B

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar