Humor

Paixão Nacional: que alívio!

Acabou o drama em Buenos Aires: a Argentina vai para a Copa do Mundo da Rússia. Ou melhor: Messi vai para a Copa do Mundo. O astro máximo da seleção hermana fez aquilo que se espera de alguém com seu talento: definiu o jogo de ontem contra o Equador em Quito pela última rodada das Eiminatórias Sul-Americanas. Cansado de criar jogadas que são desperdiçadas pela falta de pontaria de seus companheiros de seleção, o craque do Barcelona chamou a responsabilidade para si e com 3 gols virou o placar ontem à noite (sim, você leu certo: “virou” porque aos 40 segundos do primeiro tempo, a Argentina conseguiu tomar um gol do Equador; e, em São Paulo, foi possível ouvir o som do tapa que Jorge Sampaoli deu na própria testa neste momento).

Claro que o Brasil – e o goleiro Claudio Bravo – também fez sua parte, ajudou os hermanos e, para tristeza da presidente  Michelle Bachelet, derrotou o Chile por 3 a 0 no Allianz Parque. O resultado começou a ser construído depois que Bravo bateu roupa numa cobrança de falta de Daniel Alves. Paulinho pegou o rebote e não perdoou. Gabriel Jesus fechou o placar – e as portas das vinícolas chilenas – com outros dois.

Como sorte pouca é bobagem, Messi ainda contou com o empate entre Peru e Colômbia para garantir os argentinos da Rússia sem o drama da repescagem. Esta honra ficou para o Peru, 5º colocado, que enfrentará a Nova Zelândia em novembro em busca da última vaga para a Copa.

Aliviado com a classificação, Jorge Sampaoli tem agora pouco mais de 7 meses para construir um time que possa acompanhar Lionel Messi em seu passeio pelos jardins de Vladimir Putin – o craque, ontem, mais do que fez a sua parte e se juntará a Crisiano Ronaldo, Neymar, Suarez e outros tantos astros que fazem a Copa do Mundo valer a pena.

 

Conheça as 23 equipes já classificadas para a Copa do Mundo da Rússia

América do Sul

  • Brasil
  • Uruguai
  • Argentina
  • Colômbia

América do Norte e Central

  • Costa Rica
  • México
  • Panamá

Europa

  • Rússia (anfitriã – vaga automática)
  • Alemanha
  • Bélgica
  • Espanha
  • França
  • Inglaterra
  • Islândia
  • Polônia
  • Portugal
  • Sérvia

África

  • Egito
  • Nigéria

Ásia e Oceania

  • Arábia Saudita
  • Coréia do Sul
  • Irã
  • Japão

Disputam a repescagem europeia

Pote 1

  • Croácia
  • Dinamarca
  • Itália
  • Suíça

Pote 2

  • Grécia
  • Irlanda
  • Irlanda do Norte
  • Suécia

Disputam a repescagem intercontinental

  • Honduras x Austrália
  • Peru x Nova Zelândia

 

Craques que não vão a Copa

Astros como Cristiano Ronaldo, Robert Lewandowski, Lionel Messi, Neymar, Lukaku, Suarez, entre outros, estarão brincando na neve em 2018.

Infelizmente, porém, não veremos o talento de Arjen Robben e Wesley Sneijder (Holanda), Alexis Sánchez e Arturo Vidal (Chile), Garreth Bale (País de Gales) e Pierre Aubameyang (Gabão), entre tantos outros que ficaram de fora do torneio mundial de seleções.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar