UFC

O que está em jogo na superluta entre Conor McGregor e Floyd Mayweather Jr. no boxe

FOTO: Showtime/Divulgação

Conor McGregor e Floyd Mayweather Jr. são dois dos maiores apostadores do planeta. Quando não tinham nada, investiram tudo. Hoje, quando eles têm quase tudo, pouco tem a perder. Mas o que eles têm, é valioso demais. O irlandês e o americano chegam para a superluta mais improvável dos últimos tempos com um bolso lotado de dinheiro e um futuro financeiro garantido, mas colocando seus legados no esporte em jogo de forma incrível, que requer o mínimo de respeito.

Quando McGregor nem sonhava ser lutador de MMA, Floyd já enfileirava rivais em cima do ringue. O americano fez carreira no boxe amador e foi medalhista olímpico, em 1996. Foram necessários 20 anos para que o americano construísse uma carreira brilhante e um cartel perfeito de 49 vitórias em 49 lutas. Dominante, técnico, preciso e intrigante, Floyd é considerado um dos maiores boxeadores de todos os tempos. Destemido, neste sábado ele coloca todo seu legado em jogo contra McGregor. É claro que ele sabe que no papel tem tudo e mais um pouco para bater Conor no duelo de boxe. Mas ainda assim é uma luta e tudo pode (sim) acontecer. Já parou para imaginar o que seria de sua carreira se um campeão do UFC pisa no ringue sem qualquer experiência no boxe profissional e se torna responsável pela primeira derrota de sua trajetória no esporte, que já estava encerrada? Mayweather gosta muito de dinheiro, mas também valoriza seu cartel de 49-0. Ter sua invencibilidade quebrada machucaria muito tudo o que construiu ao longo dos anos.

No caso de Conor, parece uma decisão mais fácil do que para Mayweather. Antes devemos lembrar que o irlandês é quase um rei no UFC. Ele é protagonista de uma trajetória meteórica no octógono que além de levá-lo ao cinturão em dois anos, o transformou no único homem na história a deter dois títulos simultâneos na franquia. Sua confiança. versatilidade e personalidade o levaram ao status de ícone do mundo das lutas. Sua força é tão grande que ele transcendeu o MMA e alcançou as atenções do boxe. McGregor gosta de calar os críticos e conquistar aquilo que parece impossível. Ele poderia muito bem ficar quieto em sua modalidade e curtir os louros de ser o maior nome do UFC na atualidade. Mas ele é hiperativo e corre atrás de seus sonhos. Floyd Mayweather é um deles. Conor correu atrás e conseguiu realizar a luta depois de muita provocação e especulação. Se ele perde, pode ficar como o “bobo da corte” que sempre usaram para taxá-lo. Diante do maior nome de nossa Era no boxe, sem nenhuma experiência no boxe profissional, suas chances são improváveis. Tudo indica que ele está prestes a provar a queda mais dolorosa de sua carreira. Mas é exatamente nestes momentos que ele cresce e brilha.

Por motivos e ambições diferentes, mas ao mesmo tempo parecidas, Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor colocam muito em jogo no ringue neste sábado, em Las Vegas (EUA). Financeiramente estáveis e com glórias brilhante para a carreira de qualquer atleta, eles se colocam mais uma vez entre o céu e o inferno.

Se isso não é apostar alto…

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar