Ganhador.com

Humor

O Futebolista: A culpa é de Pai Renato?

Após a derrota de ontem para o Vila Nova por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro da Série B, a diretoria do Internacional começou a colocar em ação seu plano de contingência para dar um fim aos efeitos nefastos do poderoso mau-olhado de Pai Renato de Bagé e marcou uma consulta com Eleutério de Veranópolis, outro poderoso paranormal dos Pampas.

Independente da conversa com Tio Eleutério (ele odeia ser chamado de “Pai”), o clube já encomendou meia tonelada de sal grosso para distribuir entre os torcedores na esperança de que eles façam como a torcida do São Paulo e purifiquem o Beira-Rio – resistindo, deste modo, à tentação de jogar os pacotes de sal na cabeça dos atuais diretores colorados.

Procurado por nossa reportagem, Pai Renato disse ter olhos apenas para o Corinthians e que “nem sabia que o Inter tinha jogo” ontem. “Vocês precisam perder esta mania de colocar a culpa em cima de mim todo final de semana”, disse. “As costelas do Jadson, por exemplo, foram culpa do Betão”, afirmou enquanto dava os toques finais em um ebó.

O ex-técnico do Inter, Antonio Carlos Zago, não foi localizado pela nossa reportagem para comentar a atual situação da equipe portoalegrense – que segue tendo um desempenho ruim mesmo após a sua saída. Segundo sua assessoria, ele estava “despachando uns lances” ali na esquina.

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar