NASCAR

NASCAR: Alguém será capaz de tirar a vitória das mãos de Kevin Harvick na Camping World 500?

Foto: Jerry Markland/Getty Images

A temporada 2017 da NASCAR está pegando fogo dentro e fora das pistas! A terceira corrida do ano, a Kobalt 400, terminou com uma vitória emocionante de Martin Truex Jr assumindo a ponta nas voltas finais. Mas não foi por isso que o evento foi destaque pelo mundo. Os holofotes se voltaram à corrida de Las Vegas pela briga entre os pilotos Joey Logano e Kyle Busch na área dos boxes logo após o fim da prova. É nesse clima quente que a maior categoria automobilística dos Estados Unidos desembarca em Phoenix para a Camping World 500 – quarta etapa da temporada que acontece no próximo domingo (19) às 16h30 no Arizona.

O ronco dos motores ainda nem está ecoando em Avondale e o evento já conta com um nome amplamente favorito: Kevin Harvick. Chega a ser inacreditável como o piloto cresce de produção na pista do Arizona – ele é considerado rei do Phoenix International Speedway! Os números são assustadores: Harvick computa oito vitórias em 28 participações na pista – incluindo cinco nas últimas sete. Ele venceu pelo menos uma corrida em Phoenix nos últimos cinco anos e é o líder de todos os tempos em voltas lideradas: 1.484.

O californiano terá um desafio a mais na edição 2017: será a primeira corrida no circuito desde a mudança da equipe Richard Childress para a Stewart Haas – que utiliza carros da Ford. Entretanto, a mudança não é suficiente para descartá-lo do topo dos favoritos, afinal, ele conhece como ninguém o circuito e disputou provas por lá sua vida inteira.

Agora… será que a ‘zica’ vai sair e deixar Harvick vencer a primeira prova nesta temporada? O destino está sendo cruel com ele! O piloto foi o que mais voltas ficou na ponta nas duas primeiras corridas do ano, mas não cruzou a linha de chegada na frente. O que aconteceu em Atlanta, segunda etapa de 2017, foi impressionante: liderou 295 das 325 voltas e teve a corrida nas mãos, mas uma penalidade por excesso de velocidade nos boxes custou a vitória. A ‘urucubaca’ continuou em Las Vegas na semana passada – um pneu estourou logo no começo da etapa. Fique de olho em Kevin Harvick no Arizona!

E alguém é capaz de destronar o “rei de Phoenix” no domingo? Alguns candidatos despontaram nas primeiras apresentações do ano, mas talvez nenhum deles tão potente como Kyle Larson. O jovem de 24 anos era praticamente ignorado pelos especialistas antes da temporada começar, mas vem pilotando muito bem! Larson bateu na trave e ficou na segunda colocação nas duas últimas etapas: Atlanta e Las Vegas. Será que chegou a hora dele? O garoto ficou em primeiro em um dos quatro dias de testes realizados exatamente na pista de Phoenix em fevereiro. Ele ainda é considerado um grande azarão e consta apenas na 12ª colocação na lista dos favoritos.

Outros dois jovens também aparecem com boas chances: Chase Elliott e Ryan Blaney. Ambos impressionaram na temporada de calouro no ano passado: terminaram as duas corridas do ano em Phoenix pelo menos na 10ª colocação. Olho neles! Alguns nomes aparecem bem cotados mais pelo histórico do que pelo desempenho, como por exemplo, Jimmie Johnson: o veteraníssimo é o maior vencedor da história da NASCAR, mas vem fazendo um 2017 horroroso – ele é apenas o 18º na briga pelo campeonato.

 

Briga entre Logano e Busch pode ter um próximo capítulo em Phoenix

Assim como Johnson, o investimento em outros pilotos precisa ser evitado, mas por razões diferentes. Kyle Busch e Joey Logano são dois dos mais talentosos da NASCAR na atualidade e estão entre os cinco favoritos para conquistar a Camping World 500, mas acreditar na vitória de um deles pode ser uma bela de uma armadilha. O clima entre ambos não está nada amistoso após a briga no final da Kobalt 400 em Las vegas – e muitos consideram que isso se deu pelo fato de Busch tentar dar o ‘troco’ em Logano e jogar o carro para cima dele de propósito. Não há garantia alguma de que eles vão terminar a prova.

 

A explicação da confusão

O começo do título do nosso último post sobre a categoria foi: NASCAR ou UFC? Creio que tanto Busch como Logano sejam leitores do Ganhador e resolveram levar ao pé da letra. A matéria comparava os dois esportes pelo troféu da corrida, realizada em Las Vegas, ser um cinturão. O que aconteceu após a prova nos boxes foi algo digno de MMA.

Tudo começou na última volta da corrida. Os dois pilotos estavam lado a lado, brigando pelas primeiras posições, até o carro de Logano tocar em Busch. Logano não foi afetado pela colisão e seguiu em frente, já Busch rodou lindamente e foi parar no acostamento. Em fúria, o piloto lesado foi até os boxes da Penske tirar satisfação e acabou brigando até com membros da equipe – deixando o local com um grande corte na testa. Que papelão!

 

Favoritos para a Camping World 500:

  • Kevin Harvick da Stewart-Hass Racing (5.00)
  • Kyle Busch da Joe Gibbs Racing (6.00)
  • Joey Logano da Team Penske (7.00)
  • Jimmie Johnson da Hendrick Motorsports (8.00)
  • Brad Keselowski da Team Penske (9.00)
  • Chase Elliott da Hendrick Motorsports (10.00)
  • Dale Earnhardt Jr. da Hendrick Motorsports (10.00)
  • Martin Truex Jr. Furniture Row Racing (11.00)
  • Denny Hamlin da Joe Gibbs Racing (12.00)
  • Matt Kenseth da Joe Gibbs Racing (14.00)
  • Kyle Larson da Chip Ganassi Racing (15.00)
  • Kurt Busch da Stewart-Hass Racing (20.00)

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: NASCAR: Será o renascimento da lenda Jimmie Johnson na Auto Club 400? | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.