NFL

Nada de zebra na NFL! Os quatro favoritos avançam nos duelos de Wild Card

Foto: Stacy Revere/Getty Images

É quase uma tradição nos duelos de Wild Card da NFL a presença de, pelo menos, uma grande zebra avançando para as semifinais de conferência. Bem, não foi o que ocorreu este ano. Pela primeira vez desde 2011 os quatro campeões de divisão venceram seus respectivos compromissos em casa e garantiram vaga no Divisional Round! Esses foram os confrontos mais desequilibrados nesta fase desde a mudança no regulamento em 1990 – com uma média de 19 pontos de diferença entre as equipes. Agora somente os oito campeões de divisão seguem firme na briga pelo Super Bowl LI… A disputa promete ser espetacular! Veja como foi os quatro duelos que aconteceram no último final de semana:
 

New York Giants 13 x 38 Green Bay Packers

08 de janeiro às 19h40 no Lambeau Field

Disparado o melhor e mais equilibrado confronto da rodada de Wild Card – não deixe que o placar dilatado te engane. Apoiado na forte defesa, o New York Giants tomou as rédias da partida e dominou em grande parte do primeiro tempo. O time visitante teve mais que o triplo de jardas totais e tempo de posse de bola até pouco antes do intervalo, mas não teve a capacidade de transformar a superioridade em muitos pontos – foram apenas dois field goals. O QB Eli Manning bem que tentou, entretanto, os recebedores sofreram demais para agarrar os passes no congelante frio de Green Bay.

Como os Giants puderam ver bem, a bola oval também pune, amigos… Se você não converte as oportunidades em pontos contra os Packers no Lambeau Field acaba pagando o preço. O ataque dos Packers vinha uma lástima até então: computava 29 jardas totais e punts em todas as primeiras cinco campanhas. Eis que surge um cara chamado Aaron Rodgers.

O problema de enfrentar um gênio do esporte é que ele pode mudar todo o panorama de uma partida em segundos – foi o que o camisa 12 fez no final da primeira etapa. Foram dois passes para touchdown antes do intervalo – o último deles um famoso “Hail Mary” com seis segundos no cronômetro. Sim, A-Rod fez novamente!

Os touchdowns foram uma ducha de água fria gigantesca para os Giants, que voltaram com uma postura bem diferente para o segundo tempo – principalmente no setor defensivo. Com um cenário bem mais favorável, Aaron Rodgers destruiu a segunda melhor defesa da NFL na segunda etapa e garantiu a vitória em Wisconsin. Quem acreditou nos Cabeças de Queijo se deu muito bem! Dando uma olhada nos nossos odds, quem investiu na vitória dos Packers por mais de quatro pontos quase dobrou o montante inicial (odd de 1,91).
 

Miami Dolphins 12 x 30 Pittsburgh Steelers

08 de janeiro às 16h no Heinz Field

Como já era esperado, os três outros jogos da rodada de Wild Card foram bem desequilibrados – principalmente esse disputado no Heinz Field. Assim como previsto no nosso pré-jogo da rodada, os Steelers não tomaram conhecimento dos Dolphins e venceram com muita tranquilidade. Miami mostrou raça e fez jogo duro em alguns momentos, mas seria quase impossível vencer em Pittsburgh sem o seu quarterback titular.

Os Steelers conquistaram a 38ª vitória em playoffs, maior marca da NFL, apoiado no talento do trio BBB: o WR Antonio Brown abriu o caminho da vitória com dois touchdowns recebidos no primeiro período e o monstro Le’Veon Bell fez o resto – quebrando o recorde de jardas terrestres da franquia em um jogo de playoff com 167 e dois touchdowns. Fique de olho nesse time! Quem acreditou na nossa dica e investiu na vitória de Pittsburgh por mais de dez pontos faturou R$1,91 a cada real.
 

Detroit Lions 06 x 26 Seattle Seahawks

07 de janeiro às 23h15 no CenturyLink Field

Não foi uma atuação de encher os olhos do Seattle Seahawks, mas o time fez o suficiente para vencer o Detroit Lions no CenturyLink Field e avançar para a semifinal da NFC. Fragilizado com três derrotas consecutivas, os Lions não mostraram grande coisa em Washington e foram dominados em boa parte da partida: o ataque não conseguiu explorar a ausência de Earl Thomas na secundária dos Hawks e a defesa foi presa fácil para Thomas Rawls. O running back substituiu muito bem o aposentado Marshawn “The Beast” Lynch com uma performance impecável – inclusive quebrando o recorde do próprio Lynch em um jogo de playoffs: 161 jardas terrestres e um TD. Quem acreditou na nossa dica de investimento aqui também se deu bem: a vitória por mais de oito pontos quase dobrou o investimento inicial (odd de 1,91).
 

Oakland Raiders 14 x 27 Houston Texans

07 de janeiro às 19h40 no NRG Stadium

Como já se desenhava, este foi o pior jogo da rodada em termos técnicos… Em outras palavras, foi difícil demais de se assistir. A lesão do quarterback Derek Carr prejudicou DEMAIS o espetáculo no NRG Stadium – palco do Super Bowl LI. O Oakland Raiders foi praticamente inofensivo no ataque sem o seu QB titular. O substituto, o calouro Connor Cook, sofreu demasiadamente para completar um passe sequer! Mérito também da defesa de Houston – que pressionou demais o novato na linha de scrimmage e não dava tempo suficiente para ele fazer as leituras e achar seus alvos. Os Texans venceram até com certa facilidade no Texas – quem acreditou na vitória de Houston por mais de quatro pontos quase dobrou o montante inicial (odd de 1,91). Fique ligado que tem mais pós-temporada da NFL no próximo final de semana!

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar