Ganhador.com

NBA

Isaiah Thomas tem atuação épica e Boston Celtics abre 2-0 sobre o Washington Wizards

Foto: Maddie Meyer/Getty Images

Armador anota 53 pontos (!!) e decide o jogo como só os craques sabem.

Já falamos disso, mas convém repetir porque os exemplos vêm a cada semana: senhoras e senhores, que temporada histórica vive a NBA! Quem viu Larry Bird com a # 33 do Boston Celtics pode parar de se gabar. Nós estamos vendo Isaiah Thomas #4!

O baixinho de 1,73 metro só não fez chover porque o TD Garden é coberto. Ele colocou a bola debaixo do braço, chamou a responsabilidade para si e foi a grande, imensa, absoluta estrela da vitória dos Celtics sobre o Washington Wizards por 129×119 na noite desta terça-feira (2). Que John Wall e Brad Beal anotem bem: agora está 2-0 Boston, que vai para Washington com a chance até mesmo de fechar a série.

O jogo foi muito mais duro do que todos esperavam – e muito também pela cobrança da torcida por uma postura mais competitiva dos Wizards. John Wall e Marcin Gortat fizeram o que se esperava deles: demonstraram total apetite nos rebotes e nas cestas, e o primeiro tempo terminou com um surpreendente 67×64 para o Washington, que controlava o jogo e fazia o mundo todo não desgrudar o olho da tela para conferir o que seria esta segunda metade.

E que segunda metade!

As ações foram mantidas e o jogo seguiu tão parelho que terminou empatado, 114×114.

O Washington foi de novo superior e teve total chance de vencer, mas aí o Boston contou com uma arma que é só sua e de mais ninguém nesta temporada: o impressionante Isaiah Thomas.

Pois o baixinho de 1,73 metro pisou fundo no acelerador como só ele sabe. A altura oficial de Isaiah é 1,75 metro, e ele já declarou que tem 1,73, mas, nas horas decisivas, seu tamanho triplica.

Vendo que o jogo estava duro como era de se esperar em um playoff, Thomas chamou para si todas as responsabilidades – inclusive a de pegar rebotes. Terminou com quatro, e disputando o garrafão com monstros de mais de dois metros.

Somando o último quarto e a prorrogação, Thomas fez, sozinho, 29 pontos (!), enquanto o time todo dos Wizards anotou 30 (!!) neste período de tempo.

Isaiah saiu de quadra ovacionado como há tempos um jogador não saía. Não era para menos. Ele anotou ao todo 53 pontos, recorde da NBA desde os 55 de Allen Iverson no 76ers x Hornets de 2003 – e só com um ponto a menos que o recorde da história dos Celtics, de John Havlicek, em 1973.

A atuação desta terça teve uma razão toda íntima: neste 2 de maio, Chyna, a irmã que Isaiah perdeu há semanas em um acidente de carro, completaria 23 anos. E Thomas, de 28, prestou sua homenagem do jeito mais tocante: jogando um basquete que só os mágicos do esporte sabem.

Que Isaiah é mágico, eu, você e o mundo podem ver a cada navegada por aí. O que poucos souberam é que ele precisou ser muito persistente neste começo de semana. Thomas operou a boca por 11 horas entre segunda e terça-feira depois de perder um dente disputando uma bola com Otto Porter no Jogo 1, no domingo.

Treinando pouco e com o corpo combalido da cirurgia, Isaiah fez o que fez na noite em que anotou 53 pontos.

Que sorte a nossa poder acompanhar tudo ao vivo e com tantos detalhes!

 

Em 24 segundos…

…Escrevemos ontem que o Jogo 1 entre Warriors-Jazz teria vitória do Golden State por 12 pontos, e foi exatamente o que aconteceu no 106×94 também na noite desta terça na casa do GSW.

…O confronto teve de novo ares de passeio. O Golden State estava sem jogar fazia oito dias, mas não houve falta de ritmo. O placar do primeiro tempo foi 58×46 pró-GSW e a diferença foi controlada na segunda metade sem maiores dramas. Mérito total do enorme estrategista Steve Kerr.

…Stephen Curry também jogou no modo “treino”. Foi o cestinha, com 22 pontos.

…Raulzinho, armador do Jazz, esteve em quadra por três minutos e converteu dois pontos.

…Os Cavs entram em quadra na noite desta quarta buscando um previsível 2-0 jogando em casa diante dos Raptors.

…Bem mais equilibrada está a outra série, e aqui há espaço para dúvidas. Os Rockets vão abrir 2-0 sobre os Spurs? O mais provável é mesmo o 1-1 em um duelo que vale muito a pena conferir.

 

Os dois jogos da NBA desta quarta são:

  • 20h00 – Cleveland Cavaliers x Toronto Raptors (Cavs 1-0)
  • 22h30 – San Antonio Spurs x Houston Rockets (Rockets 1-0)

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar