Ganhador.com

UFC

Dana White aposta em aposentadoria de Ronda Rousey do MMA

Foto: Christian Petersen/Getty Images

Um mês depois de sair do octógono com mais uma derrota traumática — a segunda consecutiva — na carreira no MMA, Ronda Rousey está perto da aposentadoria. Ao menos é isso o que acredita Dana White, presidente do UFC e amigo da estrela. O dirigente revelou ao site FloCombat.com ter conversado com a americana no último fim de semana e disse que sua impressão é que a estrela não voltará mais a pisar no octógono e estaria provavelmente aposentada.

Segundo Dana, Ronda está cuidando de seus projetos pessoais — que não são poucos — e reforçou que a última coisa que ela precisa é dinheiro. O que não é nenhuma novidade. Eu mesmo já falei aqui diversas vezes que o retorno de Rousey ao esporte foi por honra, sede de redenção, talvez um pouco de orgulho, mas nunca por dinheiro. A lutadora acumula contratos com patrocinadores e ostenta diversas propostas e possibilidades de trabalho à mesa. White definiu a situação financeira da atleta com a seguinte frase: “Ela nunca mais precisará de dinheiro de novo, a não ser que comece a gastar à lá Floyd Mayweather”.

É bom deixar claro que a decisão de seguir ou não lutando é e sempre será dela. Ronda não deve se deixar levar pela opinião dos outros. É uma decisão muito pessoal e ela tem o direito de tomá-la sozinha após tudo o que fez pelo esporte. Digo isso pois seu retorno ao esporte segue sendo do interesse público, comercial, esportivo, mas talvez não seja do interesse dela. A questão é até onde vai seu desejo de continuar lutando. A prova de que Ronda sempre esteve aberta a novos trabalhos na vida é que antes mesmo de encerrar sua carreira, enquanto ainda era campeã, ela iniciou sua expansão profissional. Atuou como modelo, atriz, apresentadora, garota-propaganda, escritora… Nesse momento da sua vida, todas essas outras funções lhe oferecem um custo-benefício maior.

Após a derrota para Amanda Nunes no UFC 207, em dezembro, Ronda declarou que ainda pensaria no que fazer com seu futuro no MMA. Enquanto não anuncia sua decisão, ela segue trabalhando fora do octógono. Além de cumprir compromissos com patrocinadores, a lutadora foi na última semana até a reserva indígena de Standing Rock (EUA), onde a tribo Sioux resiste à construção de um oleoduto. Ronda foi até o local para apoiar a causa e doar suprimentos.

Até a decisão de Rousey, vivemos o suspense. Seja qual for a decisão da americana, a repercussão será grande, pois não há nada que uma estrela do tamanho da americana faça que não vire notícia, assunto, história… Sua expressividade segue enorme, não importa quantas lutas ela perdeu. Sua vitória já foi consolidada há tempos.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar