Brasileirão Série A

Coritiba recebe o Flamengo pela 35ª rodada do Brasileirão podendo ampliar inferno astral rubro-negro

Coritiba Brasileirão Série A
Foto: CORITIBA FOOT BALL CLUB

Paranaenses querem se distanciar ainda mais da zona da confusão para começarem a pensar na disputa por uma vaga na Copa Sul-Americana; com protestos da torcida e provável lista de dispensa, rubro-negros podem se afundar em crise

Cada vez mais longe da zona do rebaixamento, o Coritiba tenta confirmar a boa fase no Brasileirão, no fechamento da 35ª rodada, nesta quinta-feira (16 de novembro), contra o Flamengo, às 21h, no estádio Couto Pereira. Invicto há seis jogos na competição – três empates e três vitórias no período -, o Coxa Branca quer ampliar a sequência positiva para praticamente decretar o fim de qualquer queda para a segunda divisão e pode, de quebra, aumentar a crise do lado carioca. Apesar de estarem na semifinal da Copa Sul-Americana, os rubro-negros contam com os bastidores em ebulição em meio a protestos e uma provável “barca de jogadores” no fim do ano. Confira o prognóstico da partida!

 

Em time que está ganhando não se mexe

É raro um treinador de futebol repetir uma formação, seja por conta de lesões ou cartões, mas quando isso acontece, a possibilidade de os resultados aparecerem são grandes, não é?! Que o diga Marcelo Oliveira, que após estar na corda bamba no início do returno, deu uma guinada com o Coxa e acumula seis jogos sem perder. Contra o Flamengo, o treinador bicampeão pelo Cruzeiro terá a oportunidade de utilizar pela terceira vez consecutiva a mesma formação.

Além disso, o comandante alviverde conta com a evolução de Kleber Gladiador, que vai para o seu terceiro embate seguido. Depois de sofrer uma artroscopia no joelho esquerdo e ficar dois meses parado, o camisa 83 voltou contra o Fluminense, no Maracanã, e aos poucos vai retornando à velha forma. Ele tem quatro gols em apenas 12 jogos no Brasileirão. Além de lesão, o polêmico atacante ficou de fora outros 11 duelos por conta de uma suspensão, já que cuspiu no volante Edson, do Bahia, na sétima rodada.

 

Vai lotar

Com a fase boa da equipe dentro de campo, a diretoria do Coxa resolveu dar um novo incentivo à torcida e baixou o preço dos ingressos para o jogo contra o Flamengo. Isso significa que a massa alviverde irá comparecer em peso no Alto da Glória e apoiar o clube, que atualmente está na 15ª colocação com 40 pontos, quatro acima do Z-4. Se bater os cariocas, o Coritiba começa a pensar seriamente na Copa Sul-Americana. Hoje, a diferença é de quatro pontos para a Chapecoense, que está em 13º e é o último clube a garantir vaga na competição continental.

 

Barca “anunciada”

A cada semana o barco flamenguista parece não ter chances de resgate. E nem o fato de clube brigar por um título de expressão na temporada – a equipe disputa a semifinal da Copa Sul-Americana a partir da próxima semana contra o Junior Barranquilla, da Colômbia -, alivia a barra do presidente Eduardo Bandeira de Mello e do técnico Reinaldo Rueda.

Oscilação na tabela, fraco desempenho dentro de campo e muitas contratações que não vingaram são os questionamentos da ala insatisfeita no clube, que no próximo ano passará por eleições. E se o time não vai bem nas quatro linhas, quem aparece? As torcidas organizadas, que tiveram a paciência esgotada e iniciaram fortes cobranças à diretoria e ao elenco rubro-negro.

Por falar no plantel do Urubu, o time pode passar por uma reformulação em 2018. Nomes como Conca, principal mico carioca no ano, atuando apenas em três partidas, o criticado goleiro Alex Muralha, o zagueiro Rafael Vaz e o meia Gabriel devem sair. Já entre os engravatados, Rodrigo Caetano tem tudo para deixar o comando do futebol em caso de eliminação no torneio continental.

Com o clima “pegando fogo” nos bastidores, o Flamengo tenta encontrar uma maneira bater o Coritiba. Com 50 pontos na tabela, o rubro-negro ocupa a sétima e última posição que dá acesso à preliminar da Copa Libertadores. Para apimentar delicada situação, o clube tem o rival Vasco da Gama “no cangote”, um ponto atrás na classificação. Por isso, uma derrota no Paraná pode ter consequências ainda piores no clube.

 

Palpite

Sem Paolo Guerrero e com o meia Diego possivelmente no banco de reservas, já que retorna da Seleção Brasileira, o Flamengo deve sentir a ausência de suas estrelas e ampliar o calvário. Melhor para o Coritiba, que deve aproveitar a boa fase e ampliar a invencibilidade no Brasileirão.

 

Jogos da 35ª rodada do Brasileirão 2017

Quarta-feira, 15 de novembro

  • 17:00 – Ponte Preta x Atlético Paranaense – Palpite: Ponte Preta
  • 19:30 – Cruzeiro x Avaí – Palpite: Cruzeiro
  • 19:30 – Grêmio x São Paulo – Palpite: Grêmio
  • 21:45 – Vasco x Atlético Mineiro – Palpite: empate
  • 21:45 – Corinthians x Fluminense – Palpite: Corinthians

Quinta-feira, 16 de novembro

  • 20:00 – Botafogo x Atlético Goianiense – Palpite: Botafogo
  • 20:00 – Palmeiras x Sport – Palpite: Palmeiras
  • 20:00 – Chapecoense x Vitória – Palpite: Chapecoense
  • 21:00 – Coritiba x Flamengo – Palpite: Coritiba
  • 21:00 – Bahia x Santos – Palpite: empate

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar