Brasileirão Série A

Corinthians enfrenta a Ponte Preta na 31ª rodada do Brasileirão, já de olho no confronto direto com o Palmeiras

Foto: Alexandre Loureiro/Getty Images

Não está fácil para o Corinthians. Mesmo liderando com seis pontos de vantagem para o segundo colocado, o Timão sente a cobrança da torcida e vê se aproximar — a cada dia com mais apreensão — o clássico contra o Palmeiras na próxima rodada. Antes disso, o confronto de domingo contra a Ponte Preta irá decidir o que estará em jogo no Dérbi Paulista. Do outro lado, a Macaca vê o embate com o líder decadente como uma de suas últimas chances de escapar do rebaixamento.

 

Corinthians despencando

A distância do Grêmio até a liderança era de dez pontos quando o técnico Renato Portaluppi soltou sua previsão sobre o futuro do Corinthians. Nas palavras do treinador, o Timão iria “despencar”. Ele até tentou corrigir o depoimento em uma entrevista posterior, mas o estrago já estava feito. Agora, Santos e Palmeiras secam o líder, torcendo para a professia se tornar realidade.

Verdade seja dita, a vantagem do Timão já despencou. Se antes eram 10 pontos para o Grêmio, vice-líder na época, agora são apenas três para o Santos e o Palmeiras. Para piorar, na 32ª rodada teremos confronto direto. Se o Corinthians tropeçar diante da Ponte Preta neste domingo pela 31ª rodada, o Palestra fará seu jogo na segunda-feira contra o Cruzeiro sabendo que poderá alcançar a liderança.

O Timão tem que ganhar esse jogo. Caso contrário, Fábio Carille e seus comandados voltarão a sentir a pressão do início do ano, com o agravante do medo de perder, para o arquirrival, um título que já estava praticamente ganho. Contudo, com o esquema manjado e a falta de reservas à altura das ambições do time, não será fácil repetir o último resultado alcançado no Moisés Lucarelli — 3 a 0 na final do Paulistão.

Além de ver o aproveitamento de 83% do primeiro turno cair para 36% no segundo, o Corinthians não vence fora de casa desde agosto, quando encarou a Chapecoense na Arena Condá. De lá para cá, foram três empates e três derrotas como visitante. Como se já não fosse ruim o suficiente, o Coringão ainda entra em campo com nada menos do que oito jogadores pendurados: Cássio, Balbuena, Gabriel, Camacho, Rodriguinho, Jadson, Jô e Pablo. Este último vinha se recuperando de lesão, mas já está à disposição de Carille no domingo.

A escalação do Corinthians deve ser a mesma que bateu a Ponte Preta na final do Paulistão: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

 

Ponte Preta praticamente rebaixada

Com 32 pontos na tabela, a Ponte Preta hoje ocupa a 18ª colocação na tabela e tem 78% de chances de rebaixamento. Para se salvar da degola, a meta é alcançar 45 pontos até o final do campeonato, ou seja, 13 pontos em 8 jogos. Uma missão quase impossível. Atualmente, a Macaca tem apenas 27% de aproveitamento no returno, e seria necessário dobrar esse percentual.

Eduardo Baptista e seus comandados já contavam com os três pontos da vitória em casa contra o Avaí na rodada passada. Porém, a pressão do jogo decisivo diante de um Moisés Lucarelli quase vazio, somado ao gol de lateral anotado pelo adversário logo aos 6 minutos de jogo, desestabilizou a Ponte Preta. O que se seguiu foi uma coleção de passes errados que resultaram em lances de perigo a favor do Avaí. Ao final da partida, o placar 2 a 1 para os visitantes transformou a angústia da Macaca em desespero, e é esse o clima do confronto contra o Corinthians.

Agora, a Ponte Preta espera poder se aproveitar do mau momento vivido pelo líder do campeonato para voltar a vencer depois de quatro tropeços. Oferecendo ingressos a partir de R$ 5, deve contar com a casa cheia e faz um apelo aos torcedores para que apóiem em vez de pressionar.

O técnico Eduardo Baptista corre contra o tempo para encaixar o time nessa reta final de Brasileirão, está fazendo testes e dando oportunidades. Faz mistério quanto à escalação contra o Corinthians e não contará com Jádson, suspenso.

 

Palpite

Apesar de — devido aos resultados do primeiro turno — Corinthians e Ponte Preta estarem em situações completamente diferentes na tabela, os dois times chegam para o duelo pressionados. No returno, o aproveitamento do Timão caiu de melhor do campeonato para 16º. O da Macaca, de 14º para 18º. E o duelo entre os dois tem toda a cara de empate em 1 a 1.

 

Jogos da 31ª rodada do Brasileirão 2017

Sábado, 28 de outubro
  • 17:00 – São Paulo x Santos
  • 19:00 – Flamengo x Vasco da Gama
  • 21:00 – Atlético-PR x Chapecoense
Domingo, 29 de outubro
  • 17:00 – Fluminense x Bahia
  • 17:00 – Atlético-MG x Botafogo
  • 17:00 – Ponte Preta x Corinthians
  • 18:00 – Sport Recife x Coritiba
  • 18:00 – Vitória x Atlético-GO
  • 19:00 – Avaí x Grêmio
Segunda-feira, 30 de outubro
  • 20:00 – Palmeiras x Cruzeiro

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar