Ganhador.com

Champions League

Com recorde de clubes ingleses e favoritos derrapando em seus grupos, oitavas da Liga dos Campeões devem ter confronto entre grandes

John Peters -Man Utd/Getty Images

Atual bicampeão Real Madrid e poderoso Bayern de Munique são algumas das equipes que se classificaram em segundo e que podem ser a pedra no sapato dos cabeças de chave

Como era prevista, a sexta e última rodada da Liga dos Campeões terminou ontem com os favoritos às últimas cinco vagas para as oitavas de final cumprindo o seu dever. Liverpool, Basel, Sevilla, Porto e Shakhtar Donetsk abocanharam um lugar no mata-mata e se juntaram a Manchester United, Paris Saint-Germain, Roma, Barcelona, Manchester City, Besiktas, Tottenham, Bayern de Munique, Chelsea, Juventus e Real Madrid. Com recorde de clubes ingleses – cinco no total – e grandes equipes figurando em segundo lugar em suas respectivas chaves, a próxima fase pode ter combates para lá de interessantes. O sorteio acontece apenas na próxima segunda-feira (11 de dezembro), às 9h, em Nyon, na Suíça, mas você confere agora as possibilidades e curiosidades do torneio.

 

Recorde inglês

A boa fase do futebol da Inglaterra – seleção é uma das cabeças de chave na Copa do Mundo de 2018 e a Premier League é a liga mais valiosa do planeta, com valor superior a R$ 5 bilhões segundo o site Transfermarkt – vai finalmente trazendo frutos. Nada mais do que cinco importantes equipes da Terra da Rainha estarão na fase de mata-mata. Chelsea, Liverpool, Manchester United, Manchester City e Tottenham entram para a história da competição ao superarem o número de times de uma mesma nação da temporada 2013/2014, quando a própria Inglaterra havia levado quatro clubes para as oitavas.

Dos cinco ingleses vivos na disputa, quatro terminaram a chave de grupos na liderança: Spurs (Grupo H), Diabos Vermelhos (Grupo A), Citizens (Grupo F) e os Reds (Grupo E), enquanto os Blues ficaram em segundo, no Grupo C. Para sorte das equipes, elas não poderão se enfrentar logo mais, já que o regulamento não permite times do mesmo país duelando nas oitavas ou clubes que estiveram na mesma chave. Ou seja, as quartas de final podem ter todos os ingleses, aumentando assim as chances de o país ganhar a competição, fato que não ocorre desde a temporada 2011/2012, quando o Chelsea se sagrou campeão.

E todas as equipes inglesas pintam como candidatas ao título: o Manchester United, reformulado por José Mourinho, tem ganhado “cancha” com o goleador belga Lukaku. Apesar do “acidente de percurso” na derrota para o Shakhtar, o City aposta no jovem esquadrão formado por De Bruyne, Sergio Aguero, Sterling a Gabriel Jesus. Já o Liverpool deposita suas fichas em Philippe Coutinho, que só não fez chover na última rodada, quando anotou um hat-trick na goleada de 7×0 sobre o Spartak Moscou, colocando o time da cidade dos Beatles de volta ao mata-mata após nove anos. O Chelsea, sempre osso duro de roer, chega calejado após uma dura chave, com Roma e Atlético de Madrid. Mesma situação do Tottenham, que desbancou o Real Madrid na ponta de seu grupo.

 

Hegemonia espanhola

Apesar de viverem momentos distintos, Barcelona e Real Madrid são os favoritaços a vencer a Liga dos Campeões e manter a hegemonia espanhola, que ganhou a competição europeia nas últimas quatro edições. Apesar da saída de Neymar, o Barça se manteve forte e cravou o primeiro lugar do Grupo D, superando a poderosa Juventus. Os blaugranas, com Messi fazendo o que se espera dele em campo, está com tudo em todas as competições que disputa, como a La Liga, na qual lidera.

Já os madrilenhos ainda não encontraram uma sequência de resultados para alavancar a equipe, mas o atual bicampeão continua sendo um duro adversário a ser batido. Ainda mais quando o atual melhor do mundo Cristiano Ronaldo bateu mais um recorde no torneio, tornando-se o primeiro jogador a fazer gols em todos os jogos da primeira fase – nove tentos. Vice-líder do Grupo F, o Real pode encarar já uma pedreira nas oitavas, como United, City, PSG, Liverpool, entre outros.

 

PSG: favorito ao azarão?

As duas derrotas seguidas do Paris Saint-Germain nos últimos dias colocaram uma dúvida na cabeça de muita gente. Será que o time liderado por Neymar é realmente um dos favoritos ao título da Liga dos Campeões ou a equipe está sendo supervalorizada? Fato é que a derrota para o Bayern de Munique na Alemanha não foi bem aceita pela imprensa francesa e agora o clube terá que provar que é sim capaz de se tornar um grande na Europa. Com Cavani, Mbappé e a estrela brasileira, o PSG quer fazer história com o primeiro título europeu.

 

Bayern correndo por fora?

Com o retorno do bom futebol inglês, a até então fase espetacular do PSG e é, claro, o sempre cascudo futebol espanhol, o Bayern de Munique tem sido deixado de lado entre os favoritos. E isso pode até ser positivo à equipe do técnico Jupp Heynckes, que sem o devido holofote vai subindo de produção a cada semana. Bom para Lewandowski, Thomas Muller e Ribéry, que de forma silenciosa, prometem fazer estrago em muito rival na próxima fase. Assim como o Real Madrid, os bávaros surgem como os grandes bicho-papões do Pote 2 do sorteio de logo mais, que tem os segundos colocados de cada chave.

 

Classificados

Pote 1 (primeiros colocados): Manchester United, Paris Saint-Germain, Roma, Barcelona, Liverpool, Manchester City, Besiktas e Tottenham

Pote 2 (segundos colocados): Basel, Bayern de Munique, Chelsea, Juventus, Sevilla, Shakhtar Donetsk, Porto e Real Madrid

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar