Eliminatórias da Copa do Mundo 2018

Com Neymar e Gabriel Jesus, “era Tite” completa um ano e Brasil reencontra Equador nas Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018

Foto: AP Photo/Nelson Antoine

Seleção Brasileira joga contra adversário que deu início à arrancada canarinho rumo à classificação antecipada ao Mundial na Rússia

 

Primeiro país a se classificar para a Copa do Mundo da Rússia em 2018 através das Eliminatórias, o Brasil “cumpre tabela” nas quatro partidas restantes do qualificatório Sul-Americano. A seleção pentacampeã mundial pega o Equador nesta quinta-feira (31 de agosto), em jogo válido pela 15ª rodada, às 21h45, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Apesar da vaga antecipada, a tarefa de Neymar e companhia é manter a invencibilidade da “Era Tite” na competição e continuar jogando em alto nível, já que o treinador canarinho dá cada vez mais indícios de estar concretizando a lista final para o Mundial.

 

Um ano da “Era Tite”

A partida contra os equatorianos marca praticamente um ano do treinador gaúcho à frente da Seleção Brasileira. Em 1º de setembro de 2016, Tite estreou no comando do país, na surpreendente goleada de 3×0 sobre os rivais, na temida altitude de Quito. O embate também foi marcado pela primeira partida do jovem Gabriel Jesus com o time principal. Com o faro de gol apurado, o ex-palmeirense anotou seus primeiros gols – fez logo de cara dois.  Neymar, é claro, também deixou o dele.

Com praticamente uma temporada dirigindo a seleção pentacampeã mundial, Tite devolveu a confiança e autoestima aos brasileiros. Se você não se lembra, o Brasil, de Dunga, estava distante dos líderes das Eliminatórias e corria sério risco de ficar de fora do Mundial na Rússia. O possível vexame durou pouco tempo, pois o treinador gaúcho resgatou o “jeito moleque” do futebol canarinho e, com oito vitórias consecutivas, alcançou a liderança, além, é claro, da vaga antecipada para a competição do próximo ano.

Principal nome do Brasil, Neymar voltou a ser referência com o novo comandante e passou a liderar a equipe. Já peças como Philippe Coutinho, Paulinho e Renato Augusto ganharam espaço e agarraram muito bem as oportunidades que tiveram.

 

Seleção Brasileira no jogo contra a Argentina. Foto: AP Photo/Andre Penner

 

Novas caras

A lista do técnico Tite para os jogos contra Equador e Bolívia teve como principais novidades o goleiro Cássio, do Corinthians, e o atacante Luan, do Grêmio.

O ex-treinador do Timão sempre depositou confiança no arqueiro do líder do Brasileiro. Foi com Cássio que Tite ganhou a Copa Libertadores (2012), o Mundial de Clubes (2012) e o Brasileirão (2015). E se pegarmos a história da camisa 1 na Copa do Mundo, vamos ver que a relação técnico e goleiro é de extrema confiança. Basta lembrarmos de Telê Santana e Waldir Peres, em 1982; Carlos Alberto Parreira e Taffarel, em 1994; e Luiz Felipe Scolari e Marcos, em 2002. Com o goleiro alvinegro em alta, o titular Alisson é quem tem que se preocupar.

Já era hora e finalmente Luan apareceu entre os convocados. O atacante do Grêmio, elogiado por sua aplicação tática, não deve sair mais da relação do técnico brasileiro se mantiver seu histórico. É só também lembrarmos o papel do garoto nas Olímpiadas de 2016, quando foi um dos principais nomes da inédita medalha de ouro brasileira.

 

Philippe Coutinho é dúvida

Ainda sem ter jogado a temporada 2017/2018 pelo Liverpool em razão de dores nas costas – muitos apontam a negociação com o Barcelona como o real motivo da ausência do camisa 10 – , Philippe Coutinho deve começar no banco de reservas o confronto de logo mais. Pesa contra o meia-atacante a falta de ritmo de jogo. Assim, Willian, do Chelsea, pode ganhar uma vaga entre os 11.

 

Equador em situação delicada

O duelo com o Brasil é crucial para as pretensões da equipe dirigida por Gustavo Quinteros. Com 20 pontos e a sexta colocação, o Equador estaria hoje fora da Copa do Mundo. Dois pontos separam o time da Argentina, que com a quinta posição disputaria a repescagem.

Muitos acreditam que o confronto em Porto Alegre já está “perdido”, mas os equatorianos tentarão, ao menos, arrancar um empate. O resultado seria um importante passo para a La Tri voltar a brigar pela Copa, já que na próxima rodada eles encaram o Peru em casa.

O problema é que para o jogo de logo mais Quinteros tem importantes baixas: Orejuela, do Fluminense, e Caicedo, estão suspensos, enquanto Mina e Erazo, este do Atlético Mineiro, estão machucados.

 

Prováveis escalações

Brasil: Provável escalação: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro; Paulinho, Renato Augusto, Willian e Neymar; Gabriel Jesus.

Equador: Banguera; Velasco (Enner Valencia), Achillier, Arboleda e Ramírez; Pedro Quiñonez, Noboa, Antonio Valencia, Cazares e Marcos Caicedo; Fidel Martínez.

 

Palpite

Com vantagem esmagadora no duelo contra os equatorianos – são 25 vitórias contra duas dos rivais sul-americanos, além de outros quatro empates -, a Seleção Brasileira não deve enfrentar dificuldades para alcançar os três pontos. Olho em um placar elástico, com mais de dois gols do melhor ataque da competição com 35 tentos marcados.

 

Jogos da 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo 2018

Quinta-feira, 31 de agosto

  • 18:00 – Venezuela x Colômbia – Palpite: Colômbia
  • 19:30 – Chile x Paraguai – Palpite: Chile
  • 20:00 – Uruguai x Argentina – Palpite: Empate
  • 21:45 – Brasil x Equador – Palpite: Brasil
  • 23:15 – Peru x Bolívia – Palpite: Peru

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Portugal promete nova goleada em cima das Ilhas Faroe nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo 2018 | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar