Copa Libertadores

Atlético Mineiro define a liderança do grupo na Libertadores contra o Godoy Cruz nesta terça

O Galo joga pela liderança no grupo e o privilégio de decidir o mata-mata em casa.

foto: Bruno Cantini / Atlético

Depois do empate em 1 a 1 com o Flamengo, em jogo da primeira rodada do Campeonato Brasileiro no último sábado, o Atlético Mineiro volta a campo nesta terça-feira, dia 16, a partir das 20h, no Estádio Independência, buscando a liderança do Grupo 6 da Libertadores contra o Godoy Cruz, da Argentina. Ao Galo apenas a vitória interessa, ao passo que para o time argentino basta um empate para classificar-se em primeiro no grupo. No jogo de ida, as equipes empataram em 1 a 1, na Argentina.

 

Atlético-MG

Para a partida de amanhã, o técnico Roger Machado não poderá contar com o volante Rafael Carioca, suspenso por conta do terceiro cartão amarelo. O treinador espera definir na tarde desta segunda-feira quem ficará com a posição.

Além disso, há a expectativa de contar com o retorno do lateral-direito Marcos Rocha, que foi poupado na primeira rodada do Brasileirão. Caso não possa contar com o jogador, é possível que Roger tenha que improvisar alguém na posição, uma vez que o substituto imediato, Carlos César, deixou a partida contra o Flamengo com uma entorse no tornozelo e muito inchaço no local. O técnico também espera poder contar com o zagueiro e capitão Leonardo Silva, que teve uma pequena lesão muscular na coxa e segue em tratamento intensivo.

 

Godoy Cruz (ARG)

Depois de vencer o San Martín de San Juan por 2 a 1, pela 24ª rodada do Campeonato Argentino na última sexta-feira, a equipe do Godoy Cruz chegou a Belo Horizonte no domingo e já está concentrada para a partida. O técnico Lucas Bernardi decidiu poupar os zagueiros Leonel Galeano e Sebastian Olivares, os meio-campistas Angel González, Fabián Henríquez, Gastón Gimenez, Agustín Verdugo e Marcelo Benítez, além do atacante Javier Correa. Todos permaneceram na Argentina recuperando-se fisicamente para os próximos jogos. Como novidades, Bernardi trouxe o atacante Juan Fernando Garro, que cumpriu suspensão no Campeonato Argentino, o volante Walter Serrano e o defensor Brayan Ayetz, promovido das categorias de base.

Para as duas equipes a liderança no grupo vale a vantagem de decidir em casa os jogos da fase de mata-mata da Libertadores.

 

Prognóstico

O Atlético é franco favorito. Joga em casa e, depois de um início de temporada oscilante, ganhou o Campeonato Mineiro e passou a jogar com mais qualidade – sendo, inclusive, um dos candidatos ao título brasileiro.

Por outro lado, o Godoy Cruz vem bastante desfalcado e, com a classificação garantida, dá a impressão de se contentar com um empate – e não se desesperar caso perca o jogo e o primeiro lugar do grupo.

Meu palpite é que o Galo vive um momento melhor e leva essa pelo placar de 2 a 0.

 

Comentários

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Botafogo recebe o Atlético Nacional para avançar na Copa Libertadores | Ganhador.com

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar