Futebol Europeu

Arsenal desafia Chelsea na Copa da Inglaterra em busca de salvação da temporada

Foto: Mike Hewitt/Getty Images

Clássico londrino encerra temporada inglesa e pode significar despedida de Wenger

O torneio mais antigo do mundo, a FA Cup (Copa da Inglaterra), terá sua final neste sábado, colocando frente a frente Chelsea e Arsenal. O Chelsea é o atual campeão da Premier League e tenta conseguir o “double” pela segunda vez em sua história. O Arsenal acabou o campeonato em quinto lugar, ficando fora da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa pela primeira vez em duas décadas.

Será a segunda vez na história que os rivais londrinos farão a final da FA Cup. A outra foi em 2002, quando o Arsenal, já comandado por Arsene Wenger, ganhou por 2 a 0. De lá para cá, ambos disputaram quatro finais da Copa, vencendo todas elas. O Arsenal chega à 20a decisão do torneio, um recorde, e tenta o 13o título, o que o colocaria à frente do Manchester United na lista de maiores campeões. O Chelsea tem sete conquistas.

Na atual temporada, um jogo entre eles marcou a mudança que selou o destino vitorioso do Chelsea. Depois de levar 3 a 0 do Arsenal, ainda em setembro, o técnico Antonio Conte decidiu adotar um sistema tático com três zagueiros e mais liberdade para Hazard no meio. Deu certo demais. A partir daí, o time galopou para o título da Premier, vencendo o jogo do returno contra os Gunners por 3 a 1, em Stamford Bridge.

O Arsenal sofreu nas partidas contra os times mais fortes da Inglaterra e foi eliminado da Champions de forma humilhante pelo Bayern. Mas acabou a temporada com cinco vitórias seguidas, oito em nove partidas, e quase buscou a quarta colocação. Acaba a temporada jogando bem, desde que Wenger copiou Conte e passou a usar uma linha de três defensores atrás.

O problema para Wenger é que a defesa tem muitos desfalques para a decisão. Koscielny está suspenso, e Gabriel Paulista também está fora por lesão. Mustafi é dúvida para o jogo, e o Arsenal pode ter de escalar o alemão Mertesacker, que somou 37 minutos na temporada inteira, como titular. O técnico tem problemas para achar três zagueiros que possam jogar. Já o Chelsea não tem problemas relevantes e a maior dúvida é se Willian começa jogando – ou se Conte irá preferir o espanhol Pedro.

O Arsenal ganhou sete das últimas oito eliminatórias de FA Cup contra o rival. Mas, somadas todas as competições, o Chelsea venceu oito dos últimos 13 jogos contra o Arsenal.

Prognóstico: Jogo bom e muito equilibrado. Chelsea ligeiro favorito, mas acredito em empate por 2 a 2, prorrogação e pênaltis.

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar