UFC

A verdade por trás da mudança de peso de Rafael Dos Anjos no UFC

Foto: Suhaimi Abdullah/Getty Images for UFC

O corte de peso praticado por lutadores de MMA antes de suas lutas sempre foi um dos assuntos mais polêmicos relacionados à prática da modalidade. O processo agressivo que faz atletas perderem uma média de 10kg em até uma semana, segundo alguns casos, é tão prejudicial à saúde que rende situações perigosas. E a última delas foi revelada por Rafael dos Anjos. Depois de emplacar duas derrotas consecutivas na categoria dos leves, Dos Anjos anunciou a mudança para a categoria. Mas quem pensava que a troca de divisão era por conta da má fase, eis a realidade: o brasileiro chegou a desmaiar cortando peso nos leves e vai em busca de mais conforto.

Para lutar na categoria dos leves um atleta tem de bater 70,3kg; já nos meio-médios, nova divisão de Rafael, um lutador precisa respeitar o limite de 77,1kg. É um conforto de quase sete quilos a menos para perder. Para se ter uma ideia, o ex-campeão dos leves explicou em entrevista ao programa The MMA Hour que costuma pesar cerca de 90kg. O que isso significa? Ele treinava 20kg acima do peso que ia lutar. Agora, essa diferença passa para pouco mais de dez, algo muito mais tranquilo de se trabalhar.

Dos Anjos revelou ao programa que antes de perder o cinturão dos leves contra Eddie Alvarez, em julho passado, em Las Vegas (EUA), ele desmaiou na banheira quente – usada para o corte de peso – durante o corte de peso. Sua equipe chegou perto de cancelar o combate, mas ele acordou após três minutos apagado. Isso é muito grave! Sua performance no octógono acabou afetada pelo episódio e contribuiu para que ele acabasse nocauteado pelo americano. Depois disso ele ainda enfrentou Tony Ferguson, foi superado na decisão após cinco rounds e optou por mudar de peso.

O brasileiro estreia na categoria dos meio-médios no dia 17 de junho, contra Tarec Saffiedine, no UFC Fight Night que acontece em Singapura. É um desafio complicado, mas nada longe do que Rafael pode encarar. Talvez mais pesado e com menos sofrimento para bater o peso da divisão Dos Anjos possa mostrar uma nova versão de um dos lutadores mais habilidosos do Brasil no UFC.

E que o caso ocorrido em Las Vegas sirva de alerta. Aos 32, ainda há tempo de preservar sua integridade física e pensar no futuro.

 

Por que atletas de MMA cortam peso antes das lutas?

Coutinho explica: Para quem não entende o motivo de lutadores cortarem tanto peso antes das lutas, é uma logística simples, apesar de arriscada. Quanto mais pesado, mais forte. E assim um atleta consegue treinar melhor. Se ele treinar no peso em que luta, vai se sentir mais fraco e as chances de lesão são muito maiores. Então a ideia trabalhada é treinar mais forte para “aguentar o tranco” dos treinamentos exaustivos e alcançar o peso apenas na reta final da preparação, quando o número de sparrings (simulação da luta) e a dificuldades dos treinos diminui. E vale lembrar que apesar de cortarem muito peso, do momento da pesagem oficial até a luta, um período de cerca de 36 horas, atletas conseguem recuperar cerca de 70% do peso que cortaram. Existem casos de atletas que recuperaram até dez quilos de um dia para o outro. É claro que tudo isso exige um acompanhamento para lá de profissional tamanho o risco, mas ainda assim existem casos alarmantes. Não tem jeito.

Siga: @luis_coutinho

 

Comentários

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar